Quais os riscos de hipertireoidismo na gravidez?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Um controle não adequado do hipertireoidismo durante a gravidez pode ocasionar: aborto espontâneo, parto prematuro, natimorto, peso baixo ao nascer, pré-eclâmpsia, insuficiência cardíaca.

Se a paciente tem hipertireoidismo e no momento faz tratamento com iodo radioativo, recomenda-se aguardar pelo menos 6 meses após o fim do tratamento para tentar engravidar.

Caso a paciente já tenha o diagnóstico de hipertireoidismo e está grávida deve procurar o obstetra, endocrinologista ou clínico geral para realizar os ajustes das doses, dos medicamentos e fazer o acompanhamento das taxas hormonais ao longo da gestação.