Perguntar
Fechar

Quais os sintomas da aterosclerose?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Os sinais e sintomas da aterosclerose vão depender do grau de obstrução ou interrupção que ela cause em um vaso sanguíneo. Depende ainda, do local aonde tenha ocorrido a diminuição desse fluxo. Se a obstrução ocorrer por exemplo, na artéria coronária, responsável pela irrigação sanguínea do coração, a aterosclerose causa um infarto agudo do miocárido (IAM); nas artérias cerebrais, provoca acidente vascular cerebral (AVC); quando o entupimento afeta os membros inferiores, é comum a pessoa mancar e sentir dor nas pernas ao caminhar, devido a uma trombose.

aterosclerose

Se a aterosclerose desencadear um infarto agudo do miocárdio (IAM), poderão estar presentes sinais e sintomas como, dor intensa no peito, que pode irradiar para braço (sobretudo o esquerdo), pescoço, ombro e maxilar, falta de ar, transpiração fria, palidez, náuseas, vômitos, entre outros.

Saiba mais em: Saiba como identificar um infarto cardíaco e conheça os sintomas

Em caso de "derrame" ou AVC, pode haver perda de força, dormência ou paralisia na face, braços ou pernas (geralmente em apenas um lado do corpo), alterações visuais, dificuldade para falar ou compreender o que foi dito, tontura, falta de equilíbrio, dificuldade para andar ou engolir e dor de cabeça intensa.

Leia também: O que é um AVC e quais os sintomas ou sinais?

A trombose pode se apresentar com dor súbita e aguda, que só melhora com o repouso, ou com edema e dificuldade de deambulação gradativa.

Porém, é importante frisar que a aterosclerose não manifesta sintomas e não é identificada no eletrocardiograma nas fases iniciais. Trata-se de uma doença silenciosa, cujos sinais se manifestam em estágios avançados, quando já ocupam tamanho suficiente para interromper o fluxo, e causar complicações potencialmente fatais, como em casos de infarto do coração e acidente vascular cerebral.

Para diagnosticar a doença no início, é recomendado o acompanhamento regular com médico da família ou clínico geral, que saberá indicar os exames de rotina a serem realizados anualmente.

Saiba mais em:

Quais as causas da aterosclerose?

Qual é o tratamento para aterosclerose?