Perguntar
Fechar

Quais os sintomas da insuficiência respiratória?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Os sintomas da insuficiência respiratória podem ser muito variados, de acordo com a sua causa. Contudo, três sinais acontecem independentemente do que causou a insuficiência respiratória. São eles:

  • Falta de ar
  • Aumento da frequência cardíaca e
  • Aumento da frequência respiratória.

Outros sintomas que podem ocorrer dependendo da causa e da gravidade da insuficiência são:

  • Coloração azulada da pele (cianose)
  • Irritabilidade
  • Sonolência
  • Confusão mental
  • Convulsão
  • Parada cardiorrespiratória

O que é Insuficiência respiratória?

A insuficiência respiratória é a dificuldade dos pulmões em realizar adequadamente a troca gasosa do organismo. Ou seja, dificuldade em absorver o Oxigênio (O2) e/ou eliminar o Gás carbônico (CO2) produzido pelo metabolismo celular do organismo, resultando em falta de ar.

Logo, a falta de oxigênio e o excesso de gás carbônico na circulação levam o organismo a aumentar seu metabolismo, para compensar esse desequilíbrio, causando diversos sintomas como os descritos acima.

Quais os sintomas da Insuficiência respiratória?

Os sintomas costumam se iniciar com a falta de ar, pela redução de oxigênio; seguido de aumento da frequência cardíaca para melhora da circulação e aumento da frequência respiratória, para ajudar na expulsão do CO2.

Outro sinal comum da insuficiência respiratória é a coloração azulada observada nas extremidades do corpo (cianose), sobretudo na ponta dos dedos e nos lábios. Isso ocorre porque o organismo de forma inteligente e para nossa proteção, desvia a circulação e oxigênio para os órgãos "nobres", mais importantes e que não devem sofrer hipoxemia, como cérebro, rins e coração.

Sinais e sintomas neurológicos

À medida que a oxigenação do corpo se torna mais deficiente, começam a surgir sinais e sintomas neurológicos, como redução das funções cognitivas, perda da capacidade de julgamento, irritabilidade, agressividade, falta de coordenação motora, coma e até mesmo morte.

Essas mesmas manifestações, provocadas pela redução de oxigênio, também podem ser causadas pelo excesso de gás carbônico.

Quando a falta de oxigênio torna-se crônica, a pessoa pode apresentar sonolência, dificuldade de concentração, cansaço, falta de interesse e lentidão para reagir.

Sinais e sintomas cardiovasculares

No sistema cardiovascular, a insuficiência respiratória provoca inicialmente aumento da frequência cardíaca, dilatação dos vasos sanguíneos, entretanto, caso se mantenha o déficit de O2, pode ocorrer redução dos batimentos cardíacos, choque circulatório, arritmia até a parada cardíaca.

O tratamento da insuficiência respiratória aguda e crônica exige atendimento de urgência, pois oferece risco de morte para o paciente.

Podem ser prescritos medicamentos, instalação de oxigênio, por vezes, pode ser necessário cirurgia, desobstrução das vias aéreas e ventilação mecânica, dependendo de cada caso.

O especialista responsável pelo tratamento da insuficiência respiratória é o/a médico/a pneumologista.

Saiba mais em:

O que pode causar insuficiência respiratória?

Como é o tratamento da insuficiência respiratória?