Perguntar
Fechar

Quais são os sintomas da apendicite?

Os sintomas da apendicite aguda incluem:

  • Mal-estar
  • Dor abdominal
  • Febre
  • Náuseas, vômitos
  • Falta de apetite
  • Diarreia ou constipação

dor abdominal

A dor na barriga é o sintoma mais típico da apendicite, e pode se iniciar em qualquer lugar, sendo o mais comum na região do estômago ou ao redor do umbigo, que depois se localiza na região inferior do abdômen, à direita. A dor piora com a tosse, ao andar e movimentos mais bruscos.

A febre costuma aparecer dentro de 1 a 2 dias após a dor abdominal, pode começar baixa, mas com a evolução da doença se torna alta e pouco responsiva aos medicamentos.

Os sintomas da apendicite aguda podem surgir de repente ou de uma forma mais lenta.

O diagnóstico é feito através da avaliação dos sinais e sintomas, exame de sangue e exames de imagem, Rx simples de abdômen, ecografia, tomografia ou ressonância magnética, conforme avaliação da equipe e necessidade. Algumas vezes o exame clínico e rx bastam para definir a doença.

Entretanto, uma vez que os resultados de alguns desses exames podem levar algum tempo, ou ser inconclusivo, pode ser necessário realizar uma intervenção cirúrgica de urgência, principalmente quando a suspeita de apendicite é grande e há risco de perfuração e complicações graves.

O que é apendicite?

A apendicite é uma inflamação do apêndice vermiforme, uma pequena bolsa de formato longo e fino, como um dedo, que se localiza no final do intestino grosso, na região inferior direita do abdômen. Algumas situações podem provocar o seu entupimento como restos de fezes e causar uma inflamação local.

O entupimento do apêndice pode ser causado ainda por doença inflamatória do intestino, infecções, tuberculose, presença de parasitas, corpo estranho, câncer ou o acúmulo de fezes.

A obstrução do apêndice vermiforme leva a uma diminuição da irrigação sanguínea no local, que leva a morte do tecido, necrose e perfuração. Quando ocorre a perfuração, o conteúdo daquela bolsa é liberado no interior do abdômen, resultando em uma infecção generalizada (sepse), se não tratado a tempo.

Qual é o tratamento para apendicite?

O único tratamento efetivo para a apendicite é a cirurgia com remoção do apêndice (apendicectomia). O melhor momento para realizar a intervenção cirúrgica depende da avaliação médica. Na presença de um abscesso, por exemplo, pode ser preciso realizar um tratamento com antibióticos por via endovenosa antes de realizar a cirurgia, embora na maioria das vezes a cirurgia é a indicação emergencial.

É possível prevenir a apendicite?

Alguns estudos sugerem que uma dieta rica em fibras pode diminuir o risco de apendicite. Uma possível explicação para isso é o fato das fibras deixarem as fezes mais moles, o que dificulta o entupimento do apêndice.

Na suspeita de apendicite aguda procure um serviço médico com urgência.

Leia também: Como identificar uma crise de apendicite?