Perguntar
Fechar

RDW alto no hemograma pode ser anemia?

RDW alto no hemograma é sinal de que os glóbulos vermelhos do sangue têm tamanhos variados, o que pode indicar defeitos na forma dessas células. Apesar de ser um achado comum no eritrograma, resultados com níveis altos de RDW podem indicar anemia.

RDW é a sigla em inglês para Red Cell Distribution Width (Amplitude de Distribuição dos Glóbulos Vermelhos). É um índice que indica a variação de tamanho entre os glóbulos vermelhos, também chamados de eritrócitos ou hemácias.

Serve para avaliar numa amostra a distribuição dessas células em relação ao seu diâmetro, mostrando assim o grau de heterogeneidade entre elas. Para classificar a anemia, deve ser usado em conjunto com o VCM. Os valores de referência do RDW ficam entre 11% e 14%.

Em casos de anemia, a falta de ferro impede a formação de hemoglobina. Trata-se de uma proteína de cor vermelha que está presente nessas células e cuja função é se ligar ao oxigênio para que este seja transportado dos pulmões para os tecidos do corpo.

Veja também: Anemias Causas, Sintomas e Tratamentos – Anemia Ferropriva

Assim, uma pessoa com anemia pode apresentar RDW alto, já que a baixa produção de hemoglobina leva a formação de glóbulos vermelhos menores.

A Amplitude de Distribuição dos Glóbulos Vermelhos (RDW) é um dos índices hematimétricos utilizados no hemograma para avaliar as características das hemácias.

O demais índices hematimétricos usados no eritrograma são o VCM (Volume Corpuscular Médio) e o CHCM (Concentração da Hemoglobina Corpuscular Média). O VCM serve para medir o tamanho da célula, enquanto que o CHCM serve para avaliar a quantidade de hemoglobina presente nos eritrócitos.

Saiba mais em:

RDW baixo no hemograma, o que pode ser?

O que significa CHCM no hemograma?

No hemograma, o que significa VCM, HCM e RDW?

Para que serve o eritrograma e quais os valores de referência?