Perguntar
Fechar

Quais os melhores remédios para vermes?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Um dos remédios mais indicados no caso de vermes é o albendazol. Isso porque o medicamento tem a capacidade de tratar a maioria das verminoses e parasitoses existentes.

Para as crianças, o albendazol, mebendazol, ivermectina e a nitazoxanida (Annita), são os mais utilizados, sendo que o mebendazol pode ser usado em crianças menores, quando indicado pelo pediatra.

Chamados também de vermífugos, os remédios devem ser prescritos pelo médico, após avaliação dos sintomas, exame clínico e resultado do exame de fezes, para que o tratamento seja realmente eficaz e duradouro.

1. Albendazol, um dos remédios mais indicados para vermes

  • Indicação: O Albendazol 400 mg é um dos vermífugos mais utilizados, por apresentar eficácia comprovada contra o maior número de vermes encontrados na população. Zentel® é um dos recomendados.
  • Cuidados e contraindicações: Mulheres grávidas, amamentando ou que planejam engravidar, e crianças abaixo de 2 anos, não devem tomar a medicação, sem avaliação e prescrição médica.

2. Mebendazol pode ser usado para crianças menores

  • Indicação: Seguido ao albendazol, o mebendazol é mais um vermífugo muito utilizado nos casos de vermioses e parasitoses intestinais, com grande abrangência. O remédio de referência é o Pantelmin® 500mg.
  • Cuidados e contraindicações: A medicação não é recomendada para mulheres grávidas, amamentando ou crianças abaixo de 1 ano, e crianças entre 1 e 2 anos, deve ser avaliado o risco x benefício pelo pediatra. Também não deve ser administrada junto com cimetidina e metronidazol. A interação pode sobrecarregar o fígado e causar efeitos indesejáveis.

3. Ivermectina, o remédio mais usado contra infestação de piolhos

  • Indicação: Medicação utilizada para diversos tipos de parasitose, ainda nos casos de infestação por piolhos e sarna (escabiose). Os medicamentos Revectina® 6 mg é o remédio de referência, mas já existem similares no mercado, como o Ivermec®, com a mesma dosagem. A dose recomendável se baseia no peso corporal.
  • Cuidados e contraindicações: Os efeitos colaterais quando ocorrem, são de diarreia, tontura, coceira e irritação na pele. A medicação não é recomendada para mulheres grávidas ou amamentando, e em crianças abaixo de 15kg.

4. Nitazoxanida pode prevenir as verminoses infantis

  • Indicações: Medicamento indicado nos casos de gastroenterite bacteriana, virais e parasitoses intestinais. Conhecido ainda na faixa etária infantil, como medicamento para prevenção de verminoses, por isso administrado uma vez ao ano por grande parte dos pediatras, especialmente em regiões com saneamento básico inadequado. O medicamento referência é o Annita® 500 mg.
  • Cuidados e contraindicações: A medicação não é recomendada para mulheres grávidas ou amamentando, sem avaliação médica. Deve ser usada de preferência junto com as refeições.

5. Tiabendazol, remédio muito usado para tratar escabiose (sarna) e larva migrans

  • Indicação: Medicação indicada para parasitoses intestinais, ainda, sarna e larva migrans. Pode ser encontrado na forma de comprimidos de 500mg e pomadas tópicas a 5%, podemos citar como exemplos o Foldan® e o Thiaben®.
  • Cuidados e contraindicações: Na formulação oral é indicado tomar após as refeições para reduzir os efeitos colaterais, junto com água, leite ou suco de frutas. A medicação não é recomendada para mulheres grávidas ou amamentando, e também não deve ser administrada em pessoas com história de úlcera gástrica ou gastrite, sem avaliação médica prévia.

6. Tinidazol para vermes e vaginoses bacterianas

  • Indicação: Medicamento utilizado contra alguns tipos de parasitoses e também para vaginoses bacterianas. São exemplos de tinidazol, o Pletil® e o Amplium®, ambos de 500 mg.
  • Cuidados e contraindicações: A medicação pode interagir com bebidas alcoólicas e anticoagulantes, por isso é importante que informe ao médico se faz uso de anticoagulação e não consumir nenhuma bebida alcoólica, até 3 dias após o término do tratamento, para evitar complicações neurológicas. A medicação não é recomendada para mulheres grávidas ou amamentando, e crianças abaixo de 3 anos.

7. Praziquantel, o mais indicado para esquistossomose e taenias ("solitárias")

  • Indicações: Antiparasitário e anti-helmíntico, o medicamento é indicado para casos de teníase, esquistossomose, cisticercose e outras parasitoses. Encontrados no mercado como Cestox® 150 mg e Cisticid® 500 mg.
  • Cuidados e contraindicações: A medicação não é recomendada para mulheres grávidas ou amamentando, e crianças abaixo de 4 anos. E de preferência, fazer uso junto com as refeições.

8. Metronidazol, indicado para gastroenterites e verminoses

  • Indicações: Medicamento indicado para vaginites, infecção dentária e infecções intestinais. Comercializado como Flagyl®, com dosagens de 250 e 400 mg.
  • Cuidados e contraindicações: Gestantes e mulheres amamentado, devem ser avaliadas pelo médico, visto que a medicação atravessa a barreira placentária e passa pelo leito materno. A medicação não deve ser misturada com bebidas alcoólicas. Além disso, pode aumentar a ação de medicamentos anticoagulantes e antipsicóticos. Não deixe de informar todas as medicações que faz uso regularmente, ao seu médico.

9. Levamisol, remédio para acabar com as "lombrigas"

  • Indicações: A medicação é indicada para a ascaridíase, popularmente conhecida por lombrigas, com a vantagem de ser eficaz com dose única. Ascaridil® é o seu nome comercial, nas doses de 80 e 150mg.
  • Cuidados e contraindicações: A medicação não é recomendada para mulheres grávidas ou amamentando, sem avaliação médica. Não deve ser usado em crianças abaixo de 6 meses. E as doses devem ser prescritas pelo médico pediatra.

10. Pamoato de Pirantel indicado para lombrigas e outras parasitoses

  • Indicações: Parasitoses intestinais como ascaridíase (lombriga), ancilostomíase, enterobíase e oxiúros. Encontrado com os nomes Ascarical® ou Combantrin®, 750mg ou suspensão oral com 45 ml.
  • Cuidados e contraindicações: Não deve ser usado em crianças abaixo de 2 anos, em gestante e pessoas com doença hepática grave. Os familiares e coabitantes também devem ser tratados.

11. Piperazina, vermífugo indicado contra lombrigas e oxiúros

  • Indicações: Medicamentos indicado para parasitoses comuns como ascaris (lombriga) e oxiúros. Veroverme® é o seu nome comercial, nas doses de 100mg comprimidos ou suspensão oral, para crianças, com frasco de 100mg/ml.
  • Cuidados e contraindicações: A medicação deve ser tomada em jejum, ou 2h após a refeição. A medicação não é recomendada para mulheres grávidas ou amamentando, sem avaliação médica prévia, assim como para pacientes portadores de epilepsia.

Como evitar as verminoses?

A contaminação por vermes costuma ocorrer em situações de falta de saneamento básico, cuidados de higiene e preparação de alimentos inadequados. Por isso a medida mais eficaz é manter hábitos de higiene adequados.

Medidas de higiene a serem seguidas:

  • Lavar as mãos com frequência, principalmente após ir ao banheiro e antes das refeições;
  • Beber água filtrada ou fervida;
  • Evitar roer as unhas e mantê-las sempre limpas e cortadas;
  • Evitar andar descalço;
  • Lavar bem os alimentos antes de consumi-los, principalmente os que serão consumidos crus, como frutas, verduras e legumes;
  • Evitar o consumo de carne crua, especialmente a carne de porco.

Leia também: Qual o tratamento para quem tem vermes?

Referência:

  • FBG - Federação Brasileira de Gastroenterologia
  • SBI - Sociedade Brasileira de Infectologia