Perguntar
Fechar
Tomar antibiótico é suficiente para tratar pneumonia?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Quando uma pneumonia é diagnosticada corretamente, o tratamento sugerido é o uso de antibióticos. O uso do antibiótico prescrito pelo/a médico/a de forma completa e adequada é suficiente para tratar a pneumonia.

Pneumonia é uma infecção pulmonar adquirida na comunidade ou em ambiente hospitalar que pode afetar pessoas em qualquer idade, embora seja mais frequente e mais grave em idosos.

Os sintomas são diversos e podem incluir dificuldade para respirar, dor no peito, respiração curta, febre, tosse, náusea, vômito, etc.

O diagnóstico é feito pelo/a médico/a de família, clínico/a geral ou qualquer outra especialidade.

O tratamento deve ser feito corretamente como indicado na receita e precisa ser completado, ou seja, o/a paciente precisa tomar o antibiótico nos horários recomendados e pelo tempo indicado. Em alguns casos, o/a médico/a pode prescrever um antibiótico e, se não houver melhora dos sintomas, ele/ela pode trocar o tipo de antibiótico e iniciar um novo ciclo de tratamento.

Seguindo a indicação médica, o tratamento será suficiente para curar a pneumonia.

Também pode lhe interessar: Quais são os sintomas da pneumonia bacteriana e qual é o tratamento?

Amoxicilina tira efeito da pílula anticoncepcional?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sim, alguns medicamentos interferem com a eficácia dos anticoncepcionais, a amoxicilina tem pouca interferência (amoxicilina pode ficar tranquila).

Antibiótico e corticoide podem atrasar a menstruação?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim. Corticoides podem atrasar a menstruação, mas os antibióticos normalmente não provocam atraso menstrual, raras exceções. Em geral, a infecção para a qual o antibiótico foi prescrito é que pode atrasar o ciclo, não o medicamento em si.

Os principais medicamentos que podem atrasar a menstruação são os psiquiátricos e neurológicos, sobretudo quando são usados em doses muito elevadas ou por tempo prolongado, pois podem aumentar a secreção do hormônio prolactina e interferir no ciclo menstrual.

Alguns exemplos são os neurolépticos, como Risperidona, Haldol, Melleril e Equilid, com destaque para a Risperidona e o Equilid, que podem atrasar a menstruação mesmo em doses baixas.

Os tranquilizantes benzodiazepínicos normalmente só provocam atraso em doses muito altas e depois de um tempo prolongado de uso.

Já os medicamentos antidepressivos raramente atrasam a menstruação.

Leia também: Antidepressivo pode atrasar a menstruação?

Outros medicamentos que podem interferir no ciclo menstrual são os antipsicóticos, medicamentos quimioterápicos, imunossupressores e anti-hipertensivos.

Para maiores informações sobre o atraso menstrual causado por medicamentos, fale com o médico que receitou a medicação ou com o seu médico ginecologista.

Pode lhe interessar também:

Estou sentindo um bolo na garganta... pode ser refluxo?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Se for algo temporário (somente agora que está tomando os antibióticos) pode usar um antiácido para proteger seu estômago e esôfago, seus sintomas devem desaparecer, se continuarem ou se os sintomas já são de mais tempo deve ir ao médico para correto diagnóstico (fazer exames se necessário) e tratamento.

Tomei uma benzetacil, preciso continuar a amoxicilina?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Provavelmente não. Contudo, é importante seguir o que foi orientado pelo seu médico. Na maioria dos casos, o tratamento das infecções bacterianas de garganta é feito ou com amoxicilina por via oral, por 10 dias, ou através de uma injeção única de penicilina benzatina, a Benzetacil.

Dificilmente, há a necessidade de associar os dois medicamentos, isto porque ambos são beta lactâmicos ou seja, são da mesma classe de antibióticos, sendo que a amoxicilina é considerada um tipo de penicilina semi-sintética e a Benzetacil é um tipo de penicilina G, do grupo das penicilinas naturais.

Há algumas diferenças entre ambas: a forma de administração da amoxicilina é oral e da Benzetacil injetável, porque a penicilina benzatina é pouco absorvida quando administrada através de comprimidos. Além disso, há uma diferença no que ser refere ao espectro de ação, a amoxicilina tem o espectro maior do que o da Benzetacil, ou seja, ela é capaz de combater eficientemente mais perfis de bactérias.

Contudo, no que se refere as faringoamigdalites, que são as infecções de garganta, ambas são eficazes e são considerada primeira opção no tratamento dessa doença. 

Saiba mais sobre esses dois antibióticos em: Penicilina e amoxicilina são a mesma coisa?

Pode também interessar:

Tudo sobre a Benzetacil

Tomei uma Benzetacil posso fazer compressa quente?

Amoxicilina e ibuprofeno interferem na ação do anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não.

Amoxicilina e ibuprofeno não interferem na ação do anticoncepcional.

Quem faz uso de algum anticoncepcional e precisa tomar amoxicilina ou ibuprofeno, pode tomar normalmente como foi prescrito pelo/a profissional de saúde.

A amoxicilina e o ibuprofeno não interferem na ação do anticoncepcional e não diminuem sua eficácia.

Ao utilizar o antibiótico e o anti-inflamatório, a mulher deve continuar o uso habitual do anticoncepcional: 1 comprimido por dia, no mesmo horário.

Leia também:

5 coisas que podem cortar o efeito do anticoncepcional

Antibióticos cortam o efeito do anticoncepcional?

Estou amamentando, posso tomar Amoxicilina?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pode sim. Não há contra-indicações da amoxicilina na amamentação (salvo caso de alergias ou outras situações especiais constatadas pelo pediatra).

Estou com cândida na boca, candidíase recorrente...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Minha única dica para você é: se não tem nenhuma doença grave que cause baixa imunidade (HIV, por exemplo), após a sua ida ao infectologista, procure um homeopata, remédios homeopáticos vão melhorar sua imunidade e vão livrar você dessa candidíase recorrente.

Qual o risco de tomar antibióticos durante a gravidez?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O risco dos antibióticos durante a gravidez é presente nos casos de uso de algum tipo não autorizado durante a gestação. Todo antibiótico deve ser usado com cautela e apenas quando receitado pelo/a médico/a.

Algumas classes de antibióticos não são autorizadas durante a gestação justamente por causar algum tipo de dano no embrião. Esse dano pode ser maior no primeiro trimestre quando a formação do embrião é mais intensa e a consequência do uso de alguns antibióticos pode provocar teratogenia ou má formação.

Os riscos para o feto podem ser:

  • Deficiência no crescimento dos ossos;
  • Coloração anormal nos dentes;
  • Problemas no desenvolvimento das cartilagens;
  • Problema no desenvolvimento das estruturas do ouvido provocando surdez;
  • Toxicidade nos rins.

O uso apropriado e bem indicado do antibiótico é importante no combate de várias infecções que afetam a gestante e a saúde do feto. Esse uso adequado pode salvar a vida das pessoas e evitar a transmissão de doenças para o feto e evitar problemas como parto prematuro.

A gestante deve fazer o acompanhamento pré natal com consultas frequentes ao/à médico/a de família, enfermeiro/a de família, obstetra ou clínico/a geral e realizar as orientações feitas pelo/a profissional bem como fazer uso dos antibióticos apenas com receita e pelo tempo total recomendado.

Cefalexina e anticoncepcional, posso engravidar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A cefalexina pode ter um pequeno efeito sobre os anticoncepcionais orais, porém é pequeno e como estava menstruada, dificilmente engravidou nessa situação.

Em quanto tempo Benzetacil faz efeito?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A Benzetacil® começa seu efeito pouco tempo após a sua aplicação, em média 15 a 30 minutos, porém os efeitos são realmente percebidos decorridos 24 a 48 horas.

No caso dos sintomas permanecerem após 48h, o médico deverá ser informado.

Os sintomas causados por uma infecção, ou doença com indicação de tratamento com antibióticos, devem iniciar uma melhora do quadro nas primeiras 24 a 48h. Entretanto, devido à presença de bactérias multirresistentes em nosso meio, ocasionadas entre outras coisas, pelo uso excessivo e incorreto de antibióticos, alguns casos podem não responder ao benzetacil®.

Portanto, nos casos de não haver melhoras dos sintomas ou até piora, dentro desse período de 24 a 48h, o médico deverá ser imediatamente informado. Poderá ser necessário uma reavaliação da medicação, ajuste de doses ou associação de outro antibiótico.

Pode lhe interessar também: Tudo sobre Benzetacil

Ciprofloxacino pode alterar o ciclo menstrual?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não. A ciprofloxacino é um antibiótico que não interfere no ciclo menstrual.

No entanto, a infecção para a qual foi prescrito, dependendo da gravidade e localização, pode interferir no ciclo menstrual e com isso causar um atraso na menstruação.

As infecções, viroses, dietas restritivas, exercício físico extenuante e até o estresse emocional, podem interferir no ciclo menstrual. Entre os medicamentos, aqueles que mais influenciam na menstruação são os corticoides, antipsicóticos, antidepressivos e benzodiazepínicos (quando usados por tempo prolongado).

Posso tomar antibióticos durante a menstruação?

Sim. Os antibióticos podem ser usados no período menstrual, desde que seja prescrito pelo médico. A ciprofloxacina®, norfloxacina® e a maioria dos antibióticos não corta a eficácia do anticoncepcional e nem interfere no ciclo menstrual.

Raros são os antibióticos que podem diminuir a ação dos anticoncepcionais, mas um deles é a rifampicina®, se estiver em uso dessa medicação, deve informar ao médico.

O que fazer no caso de atraso da menstruação?

Se a menstruação está atrasada, especialmente se houve relação sem proteção, é importante que faça um teste de gravidez e procure seu ginecologista, para uma avaliação.

Vale ressaltar que para ser considerado atraso menstrual, a menstruação deve estar ao menos 15 dias atrasada. Antes disso, não é considerado um atraso.

Para mulheres que fazem uso regular de anticoncepcionais, um atraso de poucos dias, que chamamos de irregularidade menstrual, é um efeito colateral comum da medicação, e não deve causar maiores preocupações.

Saiba mais sobre esse assunto nos artigos:

Referência:

FEBRASGO - Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.