Anticoncepcional

A pílula ciclo 21 é boa?

Sim. É um bom anticoncepcional, barato e eficiente, tem poucos efeitos colaterais e a maioria das pacientes se adaptam bem. Não está entre os melhores, mas é boa.

Anticoncepcional provoca aborto?

Não. O anticoncepcional não provoca aborto.

O anticoncepcional pelos seus diversos mecanismos impede que ocorra a gravidez.

A gravidez é o processo no qual um embrião, formado pela união do óvulo com o espermatozoide, desenvolverá no útero da mulher.

Os métodos anticoncepcionais atuam de diversas formas para não haver o contato entre o óvulo e o espermatozoide e, consequentemente não ocorrer a formação do embrião. Caso haja a junção do óvulo com o espermatozoide, o anticoncepcional não impedirá a formação do embrião. Por isso, o anticoncepcional é um método que previne a concepção.

Aborto acontece quando há perda do embrião que já foi formado. Ou seja, a gravidez já está instalada e, por algum motivo, ocorre a perda do embrião.

Cada método anticoncepcional atua de uma forma diferente para evitar esse encontro entre o óvulo e o espermatozoide. Há os métodos de barreira ( preservativo, diafragma); os métodos hormonais (pílula, injeção, adesivo, anel vaginal); métodos comportamentais (fertilidade consciente, tabelinha) e métodos permanentes (vasectomia e ligação das tubas uterinas). Nenhum deles provoca aborto.

Leia também:

Pílula do dia seguinte causa aborto?

Quanto dias depois de tomar o anticoncepcional injetável posso ter relação?

A mulher pode ter relações sexuais quando ela desejar, desde que de forma protegida. Caso ela queira evitar uma gravidez e estiver iniciando o uso do anticoncepcional injetável, é recomendado usar outro método adicional de apoio, como o preservativo, durante as relações sexuais no primeiro mês após a primeira injeção

O anticoncepcional injetável não previne doenças sexualmente transmissíveis (DST). Por isso, é aconselhável o uso de preservativos durante todas as relações sexuais para prevenir as DSTs. 

Após o primeiro mês de uso do anticoncepcional injetável, a medicação já produz o efeito contraceptivo.

Em geral, quando a mulher vai iniciar o método anticoncepcional injetável, é recomendado ela aplicar a primeira injeção nos primeiros dias da menstruação. Isso é indicado para assegurar que a mulher não está grávida e pode assim começar um método anticoncepcional. 

Quando a mulher já faz uso regular de outro tipo de método anticoncepcional e irá trocar para o injetável, ela pode aplicar a injeção sete dias antes de parar o contraceptivo antigo. 

No início do uso do anticoncepcional injetável (primeira injeção), um método contraceptivo adicional (camisinha) deve ser utilizado, especialmente no primeiro mês e principalmente nos casos em que a injeção foi aplicada após os sete primeiros dias da menstruação. 

Eu tomo anticoncepcional há 5 meses e há 15 dias tive...

Se não houve relação com penetração sem proteção não há motivo para preocupação,além de que, mesmo que vocês tivessem relação, você está protegida porque toma o anticoncepcional. Não há motivo para você ficar preocupada.

Antibióticos cortam o efeito do anticoncepcional?

O único antibiótico que de fato corta o efeito do anticoncepcional é a rifampicina utilizada no tratamento da tuberculose, hanseníase e meningite, seja o anticoncepcional injetável, em pílula ou adesivo.

Outros tipos de antibióticos, não demonstraram comprovação científica em limitar a eficácia do anticoncepcional.

Se a mulher precisar tomar qualquer tipo de antibiótico, ela deve informar ao/a médico/a de que usa anticoncepcional, para que o médico possa avaliar a associação de algum método de barreira com o anticoncepcional que ela já está tomando.​

Tenho um mioma e quero engravidar o que fazer?

Um mioma só atrapalha a gestação se ele estiver no miométrio (camada interna do útero), caso ele seja intramural ou externo não há necessidade de fazer nada. Muitas mulheres engravidam e tem seus filhos sem nenhum problema mesmo tendo vários miomas.

Você não pode ficar o mês inteiro sangrando, então precisa mudar ou parar de tomar esse remédio ou mudar o tratamento (cirurgia, se for realmente necessário).

Anticoncepcional pode mudar a coloração da menstruação?

Pode sim. Quando a mulher começa a tomar anticoncepcional, geralmente sua menstruação muda de características (tanto em número de dias, quantidade e aspecto do fluxo menstrual.

Anticoncepcional causa espinha, engorda e diminui o desejo?

Esses sangramentos são sangramentos de escape e podem acontecer com o uso de alguns anticoncepcionais. Não dá para saber se o anticoncepcional que você está usando diminui o desejo sexual (foi sua primeira vez), porém isso pode acontecer. Alguns anticoncepcionais causam espinhas e engordam.

Com a injeção anticoncepcional trimensal a menstruação vem normal ou não vem?

Nos primeiros meses a menstruação costuma vir normal e com o passar do tempo a menstruação não vem mais, eventualmente pequenos sangramentos podem ocorrer em períodos irregulares, estes sangramentos podem durar vários dias ou semanas.

Usando Contracep vou continuar mestruando normalmente?

Duas coisas podem acontecer, você simplesmente pode menstruar como sempre menstruou sem nenhuma alteração, como pode ter irregularidade menstrual (menstruar duas vezes em um mesmo mês ou ficar um tempo sem menstruação), é claro que após parar de usar o Contracep, há uma tendência de retorno a normalidade que pode já ser no primeiro mês como pode levar alguns meses para a menstruação voltar ao normal.

Menstruei apenas um dia e usava anticoncepcional...

Esse sangramento que teve deve ser sua menstruação que pode estar desregulada (comum de acontecer), o ideal é continuar seu anticoncepcional e esperar até o próximo ciclo, se caso não descer, deve procurar um médico.

Minha menstruação é irregular e fica 3 ou 4 meses sem vir...

Deve perguntar isso ao seu ginecologista, isso acontece porque algo está errado: funcionalmente (alterações hormonais) ou anatomicamente (alterações na estrutura dos seus órgão). Antes de qualquer tratamento precisa de um diagnóstico, qual é o seu diagnóstico para que seu ginecologista tenha começado este tratamento? Se não funcionou ou o diagnóstico está errado ou o tratamento está errado, precisa voltar ao seu médico ou a outro se assim preferir.