Perguntar
Fechar

Anticoncepcional

Tomar duas pílulas diminui a eficácia do anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Tomar duas pílulas juntas não diminui a eficácia do anticoncepcional, porém não há necessidade de tomar mais de uma pílula por dia.

As pílulas anticoncepcionais foram planejadas para serem tomadas 1 a cada dia e de preferência no mesmo horário todos os dias.

Essa situação de tomar 2 pílulas no mesmo dia pode acontecer quando a mulher esquece de tomar uma pílula, e então ela deve tomar a pílula esquecida o mais breve possível. Quando o esquecimento ocorre, alguma falha pode acontecer e é recomendado o uso de outro método anticoncepcional em conjunto como o preservativo masculino ou feminino para garantir a proteção.

Caso a mulher tome duas pílulas no mesmo dia, no dia seguinte ela deve continuar a tomar a medicação normalmente tomando um comprimido por dia. Dessa forma, ela terminará a cartela um dia antes do previsto. Mesmo assim, deve fazer a pausa prevista de acordo com o anticoncepcional (alguns 7 dias e outros 4 dias) e começar a nova cartela como habitualmente.

É normal menstruar usando anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Quem usa a pílula anticoncepcional e realiza uma pausa entre uma cartela e outra menstrua.

Essa menstruação comumente apresenta um fluxo menor do que aquele comparado ao antes de usar a medicação. A duração dos dias da menstruação também pode ser menor.

Esse sangramento é explicado pela privação hormonal que ocorre no período da pausa entre as cartelas ou nos últimos comprimidos da cartela, a depender se a medicação é de 21, 24 ou 28 comprimidos.

Algumas pílulas de baixa dosagem e o uso direto sem intervalos entre cartelas fazem a mulher não menstruar. Isso não significa que o efeito anticoncepcional não esteja ativo.

Na presença de sangramentos abundantes, dores ou outros efeitos secundários, procure o/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para uma avaliação.

Tomei anticoncepcional injetável e continua descendo. É normal?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O anticoncepcional injetável pode ser a causa desse sangramento contínuo. Dentre os efeitos colaterais mais comuns dos anticoncepcionais injetáveis estão os sangramentos e a irregularidade menstrual.

As irregularidades podem surgir em forma de manchas ou sangramentos abundantes.

Cerca de 25% das mulheres que utilizam anticoncepcional injetável trimestral têm sangramentos irregulares, que ocorrem principalmente no 1º ano de uso, sobretudo nos primeiros 6 meses.

Esses sangramentos podem ser tratados com administração de estrogênio ou anti-inflamatórios não hormonais.

Outras reações adversas comuns da injeção anticoncepcional incluem:

  • Dor nas mamas;
  • Dor de cabeça;
  • Tonturas;
  • Aumento de peso.

Veja aqui outros efeitos colaterais do anticoncepcional injetável.

Apesar do anticoncepcional injetável trimestral não afetar a produção e a qualidade do leite materno, sendo indicado para mulheres que estão amamentando, a irregularidade menstrual pode determinar a interrupção do seu uso.

Por isso, você deve falar com a sua médica ginecologista, pois pode ser necessário trocar de anticoncepcional.

Também pode lhe interessar: Parei de tomar o anticoncepcional injetável e deixei de menstruar normalmente. O que fazer?

Anticoncepcional causa dor nos seios?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Alguns anticoncepcionais podem causar aumento da tensão mamária e da sensibilidade nas mamas. A dor é uma sensação pessoal e cada pessoa apresenta um limiar para iniciar a dor.

Dor propriamente dita não é um sintoma causado pelo anticoncepcional, mas como dito anteriormente, cada pessoa apresenta um limiar da dor e, sendo assim, uma sensibilidade aumentada nas mamas pode ser percebida como dor.

Se esta sensação está lhe causando incômodo, é importante consultar o/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para avaliar a possibilidade de mudança do anticoncepcional por uma outra medicação ou por um outro tipo de método.

Minha namorada começou a tomar este mês anticoncepcional...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não há problema nenhum em ter começado apenas no terceiro dia (apesar que o ideal seria no primeiro dia, principalmente que começou a tomar agora), se ela tomou certinho todos os dias (não esqueceu nenhum), provavelmente não deve estar grávida, apesar que não costumamos confiar totalmente na primeira cartela do anticoncepcional, geralmente a mulher deve se cuidar com camisinha no primeiro mês... Agora o jeito é fazer o exame para gravidez.

Posso mudar a hora de tomar meu anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Se você está tomando a pílula em um horário inconveniente, você pode fazer a mudança para outro horário. Essa mudança pode ser feita de um dia para o outro, por exemplo, se o seu horário era 14:00 e passa a ser 22:00, você deve tomar 1 pílula no horário das 14:00 e, no dia seguinte, tomar 1 pílula já no horário novo às 22:00, respeitando sempre 1 pílula por dia, todos os dias.

O importante é, após realizar a troca de horário, manter esse novo horário para os próximos comprimidos e não realizar trocas com muita frequência.

A pílula anticoncepcional deve ser tomada 1 por dia sempre no mesmo horário para evitar sangramentos de escapes e falha no método anticoncepcional.

Se você deseja mudar de método anticoncepcional procure o/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família para melhor lhe orientar sobre as opções disponíveis e a melhor alternativa no seu caso.

Existe algum chá que corta o efeito do anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não existe nenhum chá que corta o efeito do anticoncepcional. Portanto, não há contraindicações quanto ao uso de qualquer tipo de chá por mulheres que tomam anticoncepcional, seja ele pílula, adesivo ou injetável.

Suco, álcool ou leite também não cortam o efeito do anticoncepcional. Recomenda-se moderação quando ao consumo de bebidas alcoólicas para evitar sobrecarregar o fígado, pois tanto o álcool como o medicamento são metabolizados nesse órgão.

O que pode cortar o efeito do anticoncepcional são alguns medicamentos antibióticos, anticonvulsivantes e anti retrovirais.

Leia também: 5 Coisas que Podem Cortar o Efeito do Anticoncepcional

Todos os chás podem ser utilizados pelas mulheres em uso de anticoncepcional. Se você usa alguma dessas medicações citadas, converse com seu/sua médico/a para tirar as dúvidas sobre os possíveis efeitos de alimentos e remédios nos anticoncepcionais.

Parar o anticoncepcional no meio da cartela, tem problema?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não há problema parar o anticoncepcional no meio da cartela.

Se você usa o anticoncepcional para efeitos contraceptivos, é importante se planejar para o uso de outro método como, por exemplo, preservativo, DIU (Dispositivo Intra-Uterino), anel vaginal, injeção, etc.

Caso você utilize o anticoncepcional para outros efeitos, é recomendado uma consulta médica para avaliar a disponibilidade de outro tratamento que possa substituir o efeito da pílula.

A mulher que deseja parar o uso da pílula anticoncepcional pode parar a qualquer momento. Você não precisa aguardar o término da cartela para interromper a medicação.

Para quem está iniciando o uso da pílula anticoncepcional, vale ressaltar que ela pode demorar em torno de 3 meses para promover a adaptação hormonal e sua efetividade contraceptiva. Além disso, a taxa dos efeitos colaterais é maior no primeiro ano de uso da pílula. Por isso, a mulher que quer usar a pílula por um tempo prolongado, não é desejável interrupções frequentes do uso.

Tendo em conta isso, é importante um planejamento adequado sobre quais outros métodos contraceptivos a mulher terá como opção no momento da parada do uso da pílula.

Tomar anticoncepcional durante muito tempo faz mal?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Não, tomar anticoncepcional durante muito tempo não faz mal à saúde. Se a mulher estiver bem adaptada à pílula, não sofrer efeitos colaterais e tomar o anticoncepcional com acompanhamento do seu médico de família ou ginecologista, ela pode usar o medicamento continuamente, pelo tempo que quiser e sem necessidade de trocar de pílula.

Porém, apesar do anticoncepcional ser seguro, o seu uso por tempo prolongado produz um pequeno aumento da pressão arterial, que volta ao normal com a suspensão do medicamento.

Por essa razão, recomenda-se que mulheres hipertensas utilizem um método contraceptivo não-hormonal, pois mesmo um pequeno aumento da pressão arterial pode ser prejudicial para quem tem hipertensão.

Também se sabe que o risco de trombose em usuárias de anticoncepcionais orais é quatro vezes maior quando comparadas com mulheres que não tomam a pílula.

Leia também: Todas as mulheres podem tomar anticoncepcional?

Apesar de alguns riscos, que são avaliados pelo médico de acordo com a história clínica de cada paciente, o anticoncepcional pode trazer alguns benefícios para algumas mulheres, como:

  • Prevenção de câncer de ovário e de útero;
  • Diminuição do fluxo menstrual, das cólicas e da TPM.
Tomar anticoncepcional por muito tempo dificulta a gravidez?

Não, o uso contínuo de anticoncepcional não dificulta a gravidez. A ideia de que tomar anticoncepcional por muito tempo seguido pode causar infertilidade está associada à chamada síndrome pós-pílula, que ocorre quando a mulher deixa de tomar e a menstruação não desce.

Saiba mais em: Dúvidas sobre Anticoncepcional

Como ela não menstrua, acha que deixou de ovular e ficou infértil por causa do anticoncepcional. Contudo, na grande maioria dos casos, esse problema se resolve espontaneamente em até 6 meses.

A síndrome pós-pílula também não está relacionada com o tempo que a mulher tomou a pílula, mas sim com o comportamento do seu organismo em relação ao medicamento.

Para maiores esclarecimentos sobre os riscos e benefícios do uso de anticoncepcional oral, consulte um médico ginecologista ou médico de família.

Leia também: A menstruação vai continuar regulada se eu parar de tomar anticoncepcional?

Anticoncepcional pode desregular a menstruação?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Anticoncepcional pode sim desregular sua menstruação, não é o mais comum (normalmente anticoncepcionais regulam a menstruação), porém pode acontecer irregularidade menstrual por causa do anticoncepcional.

Tomei anticoncepcional dois meses sem pausa posso engravidar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não, é justamente para isso que você tomou o anticoncepcional, para não engravidar. Se sempre tomou certo o fato de ter emendado não altera a eficácia do anticoncepcional. As chances de ficar grávida são somente as chances do seu anticoncepcional falhar (algo que é bem pequeno).

Injeção anticoncepcional causou dor fora do normal, é possível ter sido mal administrada e não funcionar?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

A aplicação da injeção anticoncepcional com dor fora do normal pode ser o resultado de falha na administração, embora a dor também possa ser causada pela característica oleosa (viscosa) do líquido dos anticoncepcionais. A técnica correta de aplicação do anticoncepcional injetável deve ser por via intramuscular profunda, no músculo do bumbum (glúteo) e não se deve massagear ou aplicar qualquer tipo de compressa no local. Desta forma, os hormônios presentes na injeção ficam depositados no músculo, sendo absorvidos pela corrente sanguínea e liberados gradual e continuamente de modo a prevenir a gravidez.

Caso haja a formação de uma espécie de calombo no local da aplicação, significa que houve uma aplicação muito superficial e isso interferirá na ação do anticoncepcional.

Em caso de dúvida sobre a ação adequada do anticoncepcional injetável deve-se utilizar um outro método para prevenir a gravidez, como a camisinha, e consultar um ginecologista.