Perguntar
Fechar

Anticoncepcional

Iniciei minha primeira cartela de anticoncepcional...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Esse sangramento deve ser a sua "menstruação" ou pode ser por causa da tomada da pílula do dia seguinte, mas independente disso o mais importante é que não está grávida e não deve suspender o anticoncepcional, comece a cartela e fique tranquila que se tomar certinho vai estar protegida da gravidez.

Eu tomo anticoncepcional e tomei 3 vezes pílula do dia seguinte...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Volta a tomar normalmente o seu anticoncepcional no dia certo e pare de tomar pílula do dia seguinte. Se toma anticoncepcional porque tomar a pílula do dia seguinte, você está muito equivocada, além de estar correndo sérios riscos de saúde.

Pomada vaginal corta o efeito de anticoncepcional injetável?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Não, as pomadas vaginais que têm na sua composição anti-inflamatórios, antibióticos ou antifúngicos, e que habitualmente são utilizadas para tratamento de vulvovaginites, tem ação local, tópica, não interferindo com o efeito do anticoncepcional injetável.

O ginecologista ou o obstetra são os especialistas indicados para orientar as dúvidas sobre o uso de anticoncepcionais  ao mesmo tempo em que são utilizados outros medicamentos. 

Quem toma anticoncepcional injetável pode tomar pílula do dia seguinte?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. A mulher que toma anticoncepcional injetável pode tomar a pílula do dia seguinte.

Quando o anticoncepcional é aplicado corretamente, no momento certo (a cada mês ou a cada três meses a depender da medicação) e sem esquecimento, não há necessidade da mulher tomar a pílula do dia seguinte mesmo tendo feito sexo vaginal desprotegido.

O anticoncepcional usado rotineiramente apresenta uma boa segurança para evitar gravidez indesejada.

Vale lembrar que a pílula do dia seguinte contém uma quantidade alta de hormônio capaz de desequilibrar o ciclo menstrual da mulher e não deve ser tomada constantemente.

A mulher que já usa o anticoncepcional injetável só precisa tomar a pílula do dia seguinte na situação:

  • atraso maior de 2 semanas na aplicação da injeção de Medroxiprogesterona (ex: Depo-Provera® ).

Fora dessas situações, não há necessidade de usar os dois métodos em conjunto.

Links úteis:

Pílula do dia seguinte corta efeito do anticoncepcional?

2 pílulas de anticoncepcional tem o mesmo efeito da pílula do dia seguinte?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não, tomar duas pílulas de anticoncepcional não faz o mesmo efeito da pílula do dia seguinte e por isso não serve como método anticoncepcional de emergência. A ideia de que duas pílulas anticoncepcionais podem substituir a pílula do dia seguinte está relacionada com o fato de que ambas as pílulas possuem os mesmos hormônios em suas composições, contudo, as doses hormonais em cada uma delas são muito diferentes.

A quantidade de hormônios presente na pílula do dia seguinte é bastante superior àquela encontrada na pílula da cartela. Para se ter uma ideia, uma pílula do dia seguinte corresponde a cerca de metade da cartela do anticoncepcional convencional. São doses muito elevadas de hormônios, que podem inclusive causar diversos efeitos colaterais, como náuseas, vômitos, dor de cabeça e dor nas mamas.

Por isso a pílula do dia seguinte só deve ser usada em situações de emergência e não regularmente. O seu uso frequente pode desequilibrar os níveis hormonais da mulher. 

Portanto, se teve relação sexual sem proteção durante o período fértil, se a camisinha estourou ou você se esqueceu de tomar a pílula convencional e pretende evitar uma gravidez, deve tomar a pílula do dia seguinte, que é feita especificamente para essas situações.

O uso de duas pílulas de anticoncepcional não produz de forma alguma o mesmo efeito.

Consulte um médico ginecologista, clínico geral ou médico de família para receber indicações e orientações sobre um método contraceptivo que seja adequado para você.

Também podem ser do seu interesse:

Faz mal tomar a pílula do dia seguinte tomando anticoncepcional?

Tomar junto as 2 pílulas do dia seguinte faz mal? Corta efeito?

Tomar duas pílulas de anticoncepcional faz mal?

Anticoncepcional, hora de tomar e eficácia
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Quanto mais exata a hora da tomada, maior a eficácia do anticoncepcional, esquecer por poucas horas não altera a eficácia, esquecer por um dia já diminui um pouco, esquecer por mais de um dia diminui bastante a eficácia do anticoncepcional.

Chá de hibisco diminuiu o efeito do anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. O uso de chá de hibisco juntamente com anticoncepcionais não provoca a diminuição do efeito contraceptivo.

O hibisco ( Hibiscus ​sabdariffa - Malvaceae ) é uma planta medicinal muito potente que tem vários benefícios para a saúde. Geralmente, a parte utilizada é a flor ressecada para fazer infusão.

Os anticoncepcionais podem ter seu efeito reduzido quando a mulher faz uso de determinados antibióticos, anti retrovirais e anticonvulsivantes.

Saiba mais em:

Existe algum chá que corta o efeito do anticoncepcional?

É muito importante usar o anticoncepcional adequadamente sem falhas para que o efeito contraceptivo seja garantido.

O que pode acontecer se eu emendar a cartela do anticoncepcional?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Ao emendar a cartela do anticoncepcional você deixará de menstruar, mas isso não faz mal à saúde. O uso contínuo da pílula pode inclusive ajudar no tratamento de sintomas causados por problemas como a endometriose, ou a Síndrome Pré Menstrual, sendo indicado pelo médico nesses casos..

No entanto, ao se tomar a pílula sem pausa é possível ocorrer um pequeno sangramento de escape (spotting) diário, esse efeito se inicia geralmente após emendar 3 ou mais cartelas. Nesses casos, recomenda-se interromper o uso por uma semana, esperar pela menstruação e reiniciar.

O uso ininterrupto do anticoncepcional não aumenta o risco de gravidez, não engorda e também não prejudica a fertilidade. Contudo, você pode sentir-se mais inchada devido à retenção de líquidos ou apresentar efeitos colaterais como náuseas, vômitos, dor de cabeça, entre outros.

Para prevenir esses possíveis efeitos colaterais, como escapes e inchaço, existem pílulas que são específicas para serem usadas de forma contínua, pois possuem uma dose menor de hormônios.

O importante é consultar o seu médico ginecologista ou médico de família antes de decidir emendar a cartela do anticoncepcional, para saber se a sua pílula é indicada para isso ou se existe um outro anticoncepcional mais adequado para o seu caso.

Esqueci de tomar 3 comprimidos do anticoncepcional...
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Com esquecimento de 2 ou mais comprimidos, pode haver falha no método contraceptivo e, portanto, há chances da mulher estar grávida.

Quando a mulher esquece 2 ou mais pílulas, ela deve continuar tomando as pílulas da sequência da cartela até o final e começar a nova cartela sem fazer a pausa programada, ou seja, emendar as cartelas. Nesse caso é recomendado usar algum outro método contraceptivo associado (ex: preservativo) pelo menos durante os próximos 7 dias.

No seu caso, como já passou muito tempo do esquecimento, é recomendado a realização do teste de gravidez para descartar a possibilidade da gestação ou confirmar a gravidez.

Leia também:

Perdi uma pílula do anticoncepcional, posso engravidar? O que fazer?

Tomo anticoncepcional injetável (Mesigyna) e meu rosto...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pode ser efeito do anticoncepcional, se for realmente do anticoncepcional precisa parar de usar. O diagnóstico definitivo da causa das suas lesões de pele deve ser feito pelo seu médico, a suspensão ou troca do anticoncepcional (se for necessário) deve ser feita pelo seu médico.

Anticoncepcional provoca aborto?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. O anticoncepcional não provoca aborto. O anticoncepcional pelos seus diversos mecanismos impede que ocorra a gravidez.

A gravidez é o processo no qual um embrião, formado pela união do óvulo com o espermatozoide, desenvolverá no útero da mulher.

Os métodos anticoncepcionais atuam de diversas formas para não haver o contato entre o óvulo e o espermatozoide e, consequentemente não ocorrer a formação do embrião. Caso haja a junção do óvulo com o espermatozoide, o anticoncepcional não impedirá a formação do embrião. Por isso, o anticoncepcional é um método que previne a concepção.

Aborto acontece quando há perda do embrião que já foi formado. Ou seja, a gravidez já está instalada e, por algum motivo, ocorre a perda do embrião.

Cada método anticoncepcional atua de uma forma diferente para evitar esse encontro entre o óvulo e o espermatozoide. Há os métodos de barreira ( preservativo, diafragma); os métodos hormonais (pílula, injeção, adesivo, anel vaginal); métodos comportamentais (fertilidade consciente, tabelinha) e métodos permanentes (vasectomia e ligação das tubas uterinas). Nenhum deles provoca aborto.

Leia também:

Pílula do dia seguinte causa aborto?

Chá de maconha causa aborto?

Anticoncepcional injetável engorda?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O uso de anticoncepcional injetável pode levar ao ganho de peso.

Um dos efeitos colaterais relatado pelas mulheres que usam anticoncepcional injetável é o ganho de peso. Isso se deve principalmente pelo acúmulo de líquido provocado pelo hormônio do anticoncepcional. A média do ganho de peso pode ser em torno de 2 a 4 kg a depender da mulher, da atividade física praticada e da alimentação.

Leia também:

Anticoncepcional injetável tem efeitos colaterais?

Anticoncepcional engorda?

Geralmente, o efeito benéfico contraceptivo sobrepassa o efeito colateral do aumento do peso.

Antes de começar um novo tipo de anticoncepcional é recomendado procurar o/a médico ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para indicação do melhor método contraceptivo para você.