Perguntar
Fechar

Anticoncepcional

Quando devo voltar a tomar o anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A mulher que parou de tomar o anticoncepcional e deseja voltar a usar, pode iniciar uma nova cartela desde que excluída a possibilidade de gravidez.

Ao excluir essa possibilidade, a mulher pode começar a tomar 1 comprimido por dia da pílula, sempre no mesmo horário.

Caso a mulher tenha deixado de tomar algumas pílulas da cartela recentemente, ela pode voltar a tomar a medicação até terminar a cartela e iniciar uma nova cartela sem realizar a pausa programada.

Nesse período, é recomendado o uso de outro método contraceptivo de apoio como, por exemplo, o preservativo.

Os primeiros três meses do uso da pílula anticoncepcional são de adaptação hormonal à nova medicação bem como a adequação da mulher aos horários da tomada. Sendo assim, pode haver alguma falha nesse processo, resultando em gravidez indesejada. É indicado o uso de outro método anticoncepcional nesse período de adaptação como, por exemplo, o preservativo feminino ou masculino. 

A pílula anticoncepcional deve ser usada corretamente e não é indicado realizar interrupções frequentes como usar por alguns dias, parar de tomar e voltar a usar. Dessa forma, ela não terá uma eficácia adequada e não fará seu efeito contraceptivo esperado.

Leia também:

Posso engravidar na primeira cartela do anticoncepcional?

Posso mudar a hora de tomar meu anticoncepcional?

Antibióticos cortam o efeito do anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O único antibiótico que de fato corta o efeito do anticoncepcional é a rifampicina utilizada no tratamento da tuberculose, hanseníase e meningite, seja o anticoncepcional injetável, em pílula ou adesivo.

Outros tipos de antibióticos, não demonstraram comprovação científica em limitar a eficácia do anticoncepcional.

Se a mulher precisar tomar qualquer tipo de antibiótico, ela deve informar ao/a médico/a de que usa anticoncepcional, para que o médico possa avaliar a associação de algum método de barreira com o anticoncepcional que ela já está tomando.​

Fluoxetina corta o efeito do anticoncepcional?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Não, a fluoxetina não corta o efeito do anticoncepcional porque não interfere na absorção ou no mecanismo de ação deste. 

Porém, existem outros medicamentos que podem alterar a ação do anticoncepcional. São eles: Hidantal, Gardenal, Tegretol, Rifampicina, Penicilinas, Tetraciclinas e Griseofulvina.

O ginecologista deve ser informado sobre a utilização de outros medicamentos durante o uso do anticoncepcional.

Saiba mais em: Quais os efeitos colaterais da fluoxetina?

Injeção anticoncepcional interrompe a gravidez?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Injeção anticoncepcional não é abortiva (até porque se fosse não seria vendida no Brasil, já que o aborto é proibido em nosso país).

Tomei injeção anticoncepcional, tive relação no outro dia...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, o risco de engravidar é pequeno, mas existe. Há um pouco de controvérsia sobre quando o anticoncepcional injetável começa a fazer efeito, alguns médicos referem que logo após a aplicação já existe proteção contra a gravidez, outros consideram que a proteção definitiva ocorre após 1 semana do começo do uso do anticoncepcional, semelhantemente ao que ocorre com a pílula em comprimido.

De maneira geral, existe a recomendação de usar um outro método de barreira, como a camisinha, pelo menos durante a primeira semana após a aplicação da injeção.

Leita também: Quantos dias depois de tomar o anticoncepcional injetável posso ter relação?

Caso tenha dúvida sobre gravidez é possível realizar um teste de gravidez ao se confirmar o atraso menstrual. Ao contrário do que comumente se pensa os anticoncepcionais não alteram o resultado. 

Consulte o seu médico ginecologista ou médico de família caso apresente mais dúvidas.

Pode também interessar:

Vantagens e desvantagens do anticoncepcional injetável

Dúvidas sobre anticoncepcional injetável

Anabolizantes cortam o efeito do anticoncepcional?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, anabolizantes podem cortar o efeito do anticoncepcional. Uma vez que os anabolizantes são hormônios, eles podem interferir com a metabolização dos hormônios presentes no anticoncepcional, anulando o seu efeito.

A ação dos anabolizantes no fígado é imprevisível e é este o órgão responsável pelo metabolismo dos hormônios que estão no anticoncepcional e no anabolizante.

Os anabolizantes, por serem quase sempre derivados da testosterona, um hormônio masculino, diminuem o efeito dos hormônios femininos.

Mulheres que usam anabolizantes e tomam anticoncepcional devem utilizar outro método para evitar uma gravidez.

veja também: Anabolizantes podem suspender a ovulação e causar infertilidade?

Além disso, caso fique grávida, existe um grande risco de haver malformações fetais, com alterações no desenvolvimento dos genitais do bebê.

O uso de anabolizantes pode prejudicar gravemente a saúde da mulher, podendo causar:

  • Menopausa precoce;
  • Osteoporose;
  • Aumento do colesterol ruim (LDL) e diminuição do bom colesterol (HDL), aumentando o risco de infarto e derrame;
  • Câncer de fígado;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Comprometimento de fígado e rins;
  • Aumento da agressividade, ansiedade e competitividade;
  • Transtorno bipolar;
  • Aumento do clitóris;
  • Angina de peito.

Para maiores informações e esclarecimentos sobre o uso de anabolizantes, consulte um médico endocrinologista.

Pode lhe interessar também:

Posso tomar anticoncepcional para regular a menstruação?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Uma das formas de regular sua menstruação é o uso de anticoncepcional, porém o mais importante é procurar um ginecologista para descobrir a causa dessa irregularidade e tratar a causa do problema.

Mulher com ovários policísticos pode engravidar se tomar anticoncepcional de forma irregular?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A mulher com ovários policísticos pode engravidar mesmo nessas condições.

O uso incorreto e irregular do anticoncepcional não garante sua eficácia e, portanto, é possível ocorrer uma gravidez.

As mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos podem ter dificuldade de engravidar pois apresentam o ciclo menstrual irregular.

Devido ao desequilíbrio hormonal, alguns ciclos menstruais não apresentam ovulação, o que pode levar um tempo maior para a mulher com síndrome dos ovários policísticos engravidar.

Em geral, após 12 meses consecutivos de tentativa de engravidar, a mulher juntamente com seu companheiro devem procurar uma consulta com médico/a de família, clínico/a geral ou ginecologista para uma avaliação da fertilidade do casal.

O uso do anticoncepcional tanto para fins de evitar gravidez como para tratamento para ovário policístico deve ser feito adequadamente, tomando 1 pílula por dia sempre no mesmo horário para não haver flutuações hormonais capazes de inabilitar a ação da medicação.

Se você faz tratamento para ovários policísticos e pretende engravidar, converse com seu/sua médico/a para melhores orientações.

É possível tomar laxante sem cortar efeito do anticoncepcional oral?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Sim, é possível tomar laxante sem cortar o efeito do anticoncepcional oral, desde que não ocorra diarreia nas quatro horas a seguir da tomada do anticoncepcional.

Laxantes suaves que não causam diarreia não interferem na ação do anticoncepcional oral. No entanto, diarreias intensas e vômitos que ocorrem nas quatro horas seguintes após ter tomado o anticoncepcional oral podem alterar sua ação. Nesse caso, é importante utilizar um outro método de proteção nas relações sexuais, como a camisinha, até o final da cartela.

O médico ginecologista é o responsável pelas orientações à respeito da ação dos anticoncepcionais e suas interações com outros medicamentos.

Tomar anticoncepcional faz aumentar os seios?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O uso de anticoncepcional pode ocasionar retenção de líquidos e, consequentemente, uma sensação de tensão mamilar e aumento nos seios. Isso é mais frequente acontecer durante o uso de anticoncepcionais contendo estrogênio.

A sensação de aumento nos seios não deve ser um impedimento para continuar o uso do anticoncepcional. Normalmente, essa situação é adaptável após os primeiros meses do uso da medicação.

Caso essa situação esteja lhe incomodando, consulte o/a clínico geral, médico/a de família ou ginecologista para avaliar uma possível troca de método ou medicação anticoncepcional.

Leia também:

Anticoncepcional deixa os seios inchados?

Anticoncepcional engorda?

Atrasei o anticoncepcional mais de 1 hora posso engravidar?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não, muito difícil que esse pequeno atraso reflita de forma significativa na eficácia do anticoncepcional.

Como utilizar o anticoncepcional?

O uso adequado do anticoncepcional deve ser diariamente, sempre que possível, em um mesmo horário.

Tem problema atrasar o anticoncepcional? Quantas horas posso atrasar sem correr riscos?

O ideal é não atrasar o comprimido, para manter a eficácia estimada de quase 99% de proteção. Entretanto, segundo a maioria dos fabricantes, até 12h de atraso praticamente não altera a eficácia, a não ser que os atrasos se tornem frequentes, porque dessa maneira os níveis de hormônio no sangue vão oscilar muito e então poderá sim interferir na ação da medicação.

O que fazer quando atrasar o anticoncepcional?

Quando houver o esquecimento, ou atraso do anticoncepcional por menos de 12 horas, o recomendado é que tome a pílula que foi esquecida assim que lembrar, e continue tomando as demais, conforme seu horário planejado.

Mas, no caso de já ter passado de 12 horas, a eficácia do medicamento pode ter diminuído, e nesses casos, está recomendado ler a bula do medicamento em uso, e seguir as orientações do fabricante.

O consenso mais utilizado atualmente, está baseado na fase do ciclo menstrual em que a mulher se encontra. No caso do esquecimento nos primeiros 15 dias da cartela, ou menos, a recomendação é de tomar assim que se lembrar, porém acrescentar um método contraceptivo pelos próximos 7 dias, por exemplo, a camisinha. Para efetivamente evitar a gravidez.

No caso do esquecimento ter ocorrido após o 15º dia, recomenda-se interromper o uso do anticoncepcional e usar outro contraceptivo, até nova menstruação e então reiniciar o anticoncepcional.

Visto que a quantidade de anticoncepcionais disponíveis no mercado é extensa, o melhor é buscar a orientação na bula do seu medicamento em questão, ou sempre que possível, fazer contato com seu médico ginecologista assistente.

Amoxicilina corta o efeito do anticoncepcional?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não. Apesar de alterar a flora intestinal, assim como outros antibióticos, o que poderia causar uma absorção menor do hormônio estrogênio do anticoncepcional no trato gastrointestinal, reduzindo a ação do medicamento, esse efeito não foi comprovado cientificamente no caso da Amoxicilina. 

O único antibiótico que reduz a eficácia dos anticoncepcionais comprovadamente é a Rifampicina, utilizado no tratamento para tuberculose, meningite e hanseníase.

O uso correto do anticoncepcional, 1x ao dia, buscando manter o mesmo horário, sem falhas, alcança 99% de segurança de contracepção. Caso precise fazer uso de outras medicações em conjunto é importante comunicar ao médico que está prescrevendo, todos os medicamentos que faz uso, para não correr riscos de interação medicamentosa ou redução do efeito de um deles.

Saiba mais sobre esse assunto nos links: