Caxumba

Caxumba é contagiosa? Qual o tratamento?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim. A caxumba, também conhecida como “papeira” ou parotidite infecciosa, é uma doença contagiosa, transmitida pelo contato com secreções das vias aéreas da pessoa infectada.

A transmissão da caxumba ocorre pela disseminação de gotículas de saliva ou secreções nasais infectadas com o vírus, ou seja, provenientes de pessoas infectadas. O contato direto com essas excreções é a forma de transmissão da caxumba.

A caxumba também pode ser transmitida de forma indireta, através do contato com objetos contaminados com saliva ou secreções de alguém que já esteja com caxumba.

O período de incubação do vírus da caxumba varia entre 16 e 18 dias em média. Após esse período surgem os sintomas.

A caxumba já pode ser transmitida no período de incubação, ou seja, 6 a 7 dias antes da manifestação dos sinais e sintomas. O período de transmissão da caxumba só termina depois do 9º / 10º dia de manifestação da doença. O vírus ainda pode estar presente na urina mesmo após duas semanas do início da infecção.

Vale lembrar que depois de adquirir caxumba, a pessoa fica imune contra a doença até ao fim da vida, como se tivesse tomado uma vacina.

Como é o tratamento da caxumba?

Não há um tratamento específico para a caxumba. Podem ser prescritos analgésicos e antitérmicos, para aliviar os sintomas como a dor e a febre, conforme a necessidade do paciente. 

É importante frisar que a pessoa deve permanecer em repouso, afastado de suas atividades escolares e laborais durante o período dos sintomas.

O tratamento da caxumba inclui ainda cuidados com a hidratação e a alimentação. Deve-se evitar alimentos ácidos, que podem causar dor, enjoo e até vômitos. Também é importante manter a pessoa em observação, para identificar eventuais complicações.

Quais são os sintomas da caxumba?

O principal sintoma da caxumba é o aumento de tamanho das glândulas salivares e a febre. Porém, nem todas as pessoas apresentam um aumento aparente das glândulas. Há ainda casos de caxumba que não manifestam sintomas.

A caxumba é mais comum em crianças e adolescentes, mas o vírus pode afetar pessoas de qualquer idade. A evolução da doença normalmente é benigna. Contudo, em casos mais raros, pode haver complicações, com necessidade de internamento e podendo até levar a óbito.

Crianças com menos de 5 anos de idade apresentam desde sintomas que envolvem as vias respiratórias, até, em casos mais graves,a perda de audição. As complicações mais frequentes da caxumba em crianças, embora sejam raras, são as inflamações no cérebro (encefalite) e no pâncreas (pancreatite).

Após a adolescência, a caxumba pode se tornar mais grave e trazer complicações. Em homens adultos, a doença pode causar inflamação dos testículos, causando infertilidade, enquanto nas mulheres a caxumba pode provocar inflamação nas mamas.

Em casos mais raros, pode ocorrer ainda meningite, mas que normalmente não deixa sequelas.

O que é caxumba?

A caxumba é uma doença causada pelo vírus Paramyxoviridae, do gênero Paramyxovirus. O micro-organismo por afetar qualquer tecido que tenha glândulas e nervos no corpo, embora a infecção seja mais frequente nas glândulas parótidas, responsáveis pela produção de saliva. Outras glândulas frequentemente afetadas pela caxumba ficam localizadas próximas ao ouvido.  

Como prevenir a caxumba?

A prevenção da caxumba é feita através da vacina. A vacina é produzida com o vírus inativado e faz parte do calendário de vacinação, fornecida pela rede pública de saúde. 

A vacina contra a caxumba é a tríplice viral (MMR), geralmente administrada entre 12 e 15 meses de vida (1ª dose), 4 e 6 anos (2ª dose) e 11 e 12 anos (3ª dose). 

Mulheres que ainda não tomaram a vacina devem fazê-lo, pois, se a caxumba é adquirida na gestação, pode provocar aborto.

Para tomar a vacina, basta procurar a Unidade Básica de Saúde, com sua carteira de vacinação.

Pode lhe interessar também:

O que é caxumba e quais os sintomas?

O que é sarampo e quais os sintomas?

Quem tem catapora deve evitar o sol por quanto tempo?

Dor no pescoço embaixo da orelha e inchou bastante...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não sei exatamente o que é, este tipo de lesão se faz o diagnóstico pela visualização da lesão, mas não acredito que seja caxumba, você precisa procurar um médico.

O que é caxumba e quais os sintomas?
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Dr. Marcelo Scarpari Dutra Rodrigues
Médico

A caxumba, também conhecida como parotidite infecciosa, é uma doença infecciosa causada por um vírus da família Paramyxovirus. Ela causa a inflamação das glândulas salivares (parótidas, submandibulares e sublinguais), levando ao seu inchaço, motivo pelo qual é popularmente conhecido como "papeira".

É uma doença altamente contagiosa. A transmissão ocorre após o contato direto com secreções das vias aéreas da pessoa contaminada, de dois até nove dias depois do início dos sintomas. O período de incubação (período entre o contágio e o início dos sintomas) dura de 14 a 25 dias.

É uma doença mais comum na infância, nos meses de inverno e começo da primavera. Normalmente tem um curso benigno, mas pode haver algumas complicações, como inflamação dos testículos e ovários, meningite, pancreatite e surdez.

Em geral, uma vez infectada, a pessoa torna-se imune à doença.

O sintomas são:

  • Inchaço doloroso abaixo do pescoço e próximo da mandíbula;
  • febre;
  • dor de cabeça, dor de garganta, perda do apetite, enjoo e vômitos.

Na presença de dor testicular ou no baixo ventre; vômitos que não cessam, associados à forte dor na barriga; dor de cabeça intensa e dificuldade para fletir a cabeça, deve-se suspeitar das complicações e procurar imediatamente um pronto atendimento.

Na presença de algum destes sintomas, deve-se procurar um pronto atendimento.

Não há tratamento específico.

Homem que teve caxumba e ficou estéril tem tratamento?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O primeiro passo é fazer o exame de espermograma para verificar "a esterilidade" masculina, confirmada a esterilidade, deve-se procurar um Urologista que vai providenciar o restante da investigação para saber se o homem realmente não pode ter filhos ou se existe algum tratamento para ser feito. Em caso de esterilidade total, não existe tratamento.

Fui diagnosticada com caxumba e me mantive em repouso...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

É pouco provável que volte o inchaço, se os sintomas já regrediram você já entrou na fase de remissão da doença e pode voltar ao trabalho após 5 dias do aparecimento do inchaço, pois após esse período já não há rico de transmissão da doença.

O que é a caxumba e quais os seus sintomas?

A caxumba é uma doença viral, causada pelo vírus Paramyxoviridae. Ela acomete principalmente as glândulas salivares, sendo a glândula parótida frequentemente acometida. A caxumba causa inchaço e dor nessas glândulas.

O inchaço da parótida pode desencadear ainda dor de ouvido e dor na região temporomandibular. Outros sintomas que podem estar presentes na caxumba são sensação de mal estar, febre baixa, dores musculares, inapetência e dor de cabeça.

Qual o tratamento para a caxumba?

Não existe um tratamento especifico para a caxumba. Geralmente, recomenda-se repouso e hidratação, além disso, são usados medicamentos para aliviar os sintomas de dor e febre. Quando o vírus acomete também os testículos o uso de suspensório escrotal pode aliviar a dor e o desconforto.

Geralmente, os sintomas duram cerca de 10 dias, tendem a nesse período se resolverem espontaneamente. É raro a ocorrência de complicações.

Algumas medidas são orientadas para evitar a propagação da caxumba, entre elas:

  • Permanecer em casa e afastar-se das atividades laborais e de estudo por 5 dias;
  • Higienizar as mão;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Usar uma máscara cirúrgica quando for preciso fazer deslocamentos.
Como prevenir a caxumba?

A principal forma de prevenção da caxumba é através da vacinação. Ela está indicada para crianças com 12 meses na tríplice viral ou para crianças com 15 meses na tetraviral.

Atualmente se recomenda também uma segunda dose em adultos entre os 20 e 29 anos. Adultos entre os 30 e os 19 anos também podem se vacinar com a tríplice viral dose única.

É válido ressaltar que a vacina não está indicada em gestantes e imunodeprimidos. Por isso, mulheres que planejam engravidar deve se vacinar antes da gravidez.

Para mais informações sobre a caxumba consulte o seu médico de família ou clínico geral.

Após caxumba tenho dificuldade de ereção o que eu faço?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa procurar um médico Urologista para fazer uma avaliação do seu caso e tratar a dificuldade de ereção e qualquer outro problema que você tenha relacionados aos testículos e pênis.