Perguntar
Fechar
Cefalexina e tenoxicam, mas estou amamentando?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Pode e deve tomar sim, não vão fazer mal para seu bebê.

A Cefalexina e o Tenoxicam não são medicamentos contra-indicados durante a amamentação. Ou seja, a mulher pode fazer uso dessa medicação durante a amamentação conforme recomendação médica.

A cefalexina é um antibiótico indicado após a cesariana e deve ser usado pelo tempo indicado na receita médica.

O tenoxicam é um anti-inflamatório e irá contribuir na recuperação inflamatória do pós parto e também no controle da dor.

As duas medicações podem ser usadas ao mesmo tempo pois uma não anula o efeito da outra. Além disso, elas não afetam a amamentação e podem ser usadas normalmente pela mulher que está amamentando. A quantidade excretada pelo leite materno não irá fazer mal ao seu bebê.

Por isso, é importante você utilizar as medicações de forma correta no período indicado e durante o tempo previsto na receita médica. Em caso de dúvidas, converse com o/a médico/a durante a consulta de pós parto.

Cefalexina e anticoncepcional, posso engravidar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A cefalexina pode ter um pequeno efeito sobre os anticoncepcionais orais, porém é pequeno e como estava menstruada, dificilmente engravidou nessa situação.

Grávida pode tomar paracetamol e cefalexina?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Faça o que seu médico disse para fazer, siga a receita do seu médico, pode tomar esses remédios na gravidez. Tanto a cefalexina quanto o paracetamol são medicamentos seguros para serem tomados durante a gravidez, portanto, pode realizar o tratamento conforme as orientações médicas sem preocupação.

A cefalexina é um antibiótico usado para o tratamento de infecção urinária e outras infecções. Na classificação utilizada de risco de uso de medicamentos na gravidez a cefalexina é de categoria B, isso significa que foram feitos teste em animais que não mostraram riscos do uso do medicamento, embora não tenham sido feito testes em humanos.

Remédios da categoria B são possíveis de serem usados durante a gravidez, contudo apenas sob prescrição e orientação médica.

O paracetamol é um analgésico e antitérmico também de categoria B na gravidez, portanto, também pode ser utilizado sem grandes riscos desde que sob supervisão médica.

Quais são as categorias de risco de uso de medicamentos na gestação?

De modo a orientar melhor a prescrição de medicamentos durante a gravidez a agência americana Food and Drug Administration (FDA) criou uma classificação para os fármacos, quanto aos seus efeitos durante a gestação. São cinco categorias A,B,C,D e X.

Categoria A

Estes medicamentos são considerados seguros durante a gestação, porque foram feitos estudos com gestantes e não ficou demonstrado risco do seu uso durante a gestação.

Categoria B

Estes medicamentos são seguros, mas devem ser usados somente sob orientação e supervisão médica, pois foram feitos estudos que não demonstraram riscos, mas a apenas em animais.

Categoria C

Estes medicamentos devem ser usados apenas quando os benefícios superarem os possíveis riscos, isto porque são medicamentos que não foram estudados adequadamente em gestantes, ou foram estudados em animais e apresentaram riscos, mas os mesmos testes não foram feitos em gravidas.

Categoria D

São comumente contraindicados na gestação, já que foram feitos estudos e ficou claramente demonstrado risco para o feto, mas podem ser usados se de fatos os benefícios superarem os riscos.

Categoria X

São totalmente contraindicados na gestação, já que as pesquisas realizadas tanto em animais quanto em humanos mostraram alterações fetais.

Durante a gravidez evite tomar medicações sem orientação médica, procure o seu médico de família ou obstetra para mais esclarecimentos.

Tomar Cefalexina estando grávida prejudica o bebê?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A Cefalexina pode ser tomada pela mulher grávida pois ela não prejudica o bebê.

Porém, vale ressaltar que qualquer antibiótico somente deve ser usado com recomendação médica e pelo período e dosagem indicados na receita médica. O uso de antibióticos de forma não segura e sem uma necessidade pode causar resistência antibiótica.

Os antibióticos são indicados em casos de infecções causadas por bactérias. Em alguns casos, o medicamento é usado para prevenir infecções bacterianas, como em pós-operatórios, por exemplo.

Vale lembrar que os antibióticos não servem para tratar doenças causadas por vírus, como gripes, Dengue, amigdalites virais, entre outras.

O uso incorreto do antibiótico, como no caso do antibiótico não ser adequado para aquela infecção bacteriana específica, não elimina as bactérias infecciosas e pode fazer com que as bactérias desenvolvam resistência a antibióticos.

Para evitar a resistência das bactérias ao antibióticos, é fundamental seguir o tratamento até ao fim, no tempo e nas doses prescritas pelo médico, mesmo que os sintomas tenham aliviado ou desaparecido.

Como a Cefalexina foi prescrita pelo seu médico, você pode tomar na dosagem, frequência e tempo recomendados na receita. Essa medicação é uma medicação segura e liberada para ser utilizada na gestação.

Em casos de outras dúvidas, converse com o/a médico/a durante suas consultas de pré-natal.