Perguntar
Fechar
Cloridrato de ciprofloxacino: posso tomar na gravidez?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Pode, se já estiver com mais de 3 meses de gestação, ou por orientação médica, a qualquer momento da gravidez.

O remédio cloridrato de ciprofloxacino pode ser tomado a partir do 4º mês de gravidez, com maior segurança, e sempre com devida orientação médica. Antes disso não deve ser usado. Considerada droga classe "C" de segurança na gestação, o que significa que o medicamento pode ser usado apenas quando os benefícios superam os riscos, já que estudos mostraram que ultrapassa a barreira placentária e pode causar alterações no sistema osteoarticular do bebê.

Para que serve o cloridrato de ciprofloxacino?Adultos

Em adultos, o cloridrato de ciprofloxacino é indicado no tratamento de infecções causadas por micro-organismos (sobretudo bactérias) sensíveis ao medicamento.

Dessa forma, pode ser indicado para tratar: infecções respiratórias, otites (infecção de ouvido), sinusites, infecção nos olhos (conjuntivite - forma de colírio ou oral), infecção urinária ou renal, nos órgãos reprodutores, próstata (prostatite), intestinal, cavidade abdominal, trato biliar, pele, ossos, articulações e infecção generalizada (septicemia).

O cloridrato de ciprofloxacino serve ainda para prevenir infecções em pessoas com o sistema imunológico comprometido ou que tenham um número reduzido de células de defesa no sangue.

Crianças e adolescentes 

Para crianças a partir dos 5 anos e adolescentes até os 17 anos de idade, o cloridrato de ciprofloxacino é indicado no tratamento de infecção aguda na fibrose cística.

A fibrose cística é um distúrbio hereditário que aumenta a produção de secreções nos brônquios e no trato digestivo, deixando-as mais viscosas. 

Para maiores informações sobre o uso de cloridrato de ciprofloxacino durante a gravidez, consulte um médico obstetra.

Leia também: Quais remédios posso tomar na gravidez?

Ciprofloxacino pode alterar o ciclo menstrual?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não. A ciprofloxacino é um antibiótico que não interfere no ciclo menstrual, ou seja, o antibiótico não tem relação com atraso da menstruação.

No entanto, a ciprofloxacina é um remédio indicado para infecções, que podem ser a causa do atraso, como uma infecção urinária ou doença inflamatória pélvica (DIP), por exemplo.

Assim, a causa do atraso pode ser o processo infeccioso que está ativo e não a medicação em uso.

O que pode causar atraso na menstruação?
  • Gravidez
  • Infecções
  • Viroses
  • Estresse
  • Exercício físico extenuante
  • Dietas restritivas
  • Uso de medicamentos (rifampicina, corticoides, antipsicóticos, antidepressivos e benzodiazepínicos, quando usados por tempo prolongado).

Embora a gravidez seja a principal causa de um atraso menstrual, existem inúmeras outras causas que devem ser investigadas. Os antibióticos raramente interferem no ciclo menstrual, mas uma das exceções é a rifampicina.

Por todo o descrito, recomendamos que sempre informe ao médico, todos os medicamentos que faz uso, mesmo que não seja de forma regular, para evitar a interação de medicamentos e problemas de efeitos colaterais.

O que fazer no caso de atraso da menstruação?

No caso de atraso menstrual por mais de 15 dias, independente do uso de medicamentos, o recomendado é que realize um teste de farmácia ou exame de sangue, para descartar a gravidez, especialmente se houve relação sem proteção nesse período.

Vale ressaltar que para ser considerado atraso menstrual, a menstruação deve estar ao menos 15 dias atrasada. Antes disso, não é considerado um atraso.

Para mulheres que fazem uso regular de anticoncepcionais, um atraso de poucos dias, que chamamos de irregularidade menstrual, é um efeito colateral comum da medicação, e não deve causar maiores preocupações.

Posso tomar antibióticos durante a menstruação?

Sim. Os antibióticos podem ser usados no período menstrual, desde que seja prescrito pelo médico. O cloridrato de ciprofloxacina ou de norfloxacina não cortam a eficácia dos anticoncepcionais e nem interfere no ciclo menstrual. Assim como a maioria dos antibióticos do mercado.

A rifampicina é um dos raros casos de redução da ação dos anticoncepcionais. Se houver indicação de usar a rifampicina, converse com o seu médico e faça uso de mais um contraceptivo, de barreira como a camisinha, durante o período de tratamento, para evitar uma gravidez não planejada.

Saiba mais sobre esse assunto nos artigos:

Referência:

FEBRASGO - Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Pode tomar Ciprofloxacino na gravidez?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O uso do ciprofloxacino já foi liberado para o terceiro trimestre da gestação, pode tomar sem medo, seu obstétra está correto.

Estou com suspeita de gravidez, posso tomar ciprofloxacino?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não deve tomar esse medicamento se está com suspeita de estar grávida.

Uso de ciprofloxacino na gravidez pode afetar bebê?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O ciprofloxacino apresenta classificação de risco C para gravidez, isso significa que seu uso pode ser feito desde que os benefícios superem os riscos, não há evidências de má formações fetais com seu uso, então a princípio não precisa se preocupar, mas você e seu médico "comeram bola" porque todos os dois foram relapsos, você porque não contou a ele a possibilidade dessa gravidez e ele porque não perguntou.

Tomando cloridrato de ciprofloxacino, posso ter relação?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não existe contraindicação para este caso, entretanto a maioria dos médicos especialistas no sistema urinário, não recomendam relações sexuais durante o tratamento de infecção urinária.

Um dos motivos para que não seja recomendado, é que a infecção pode ser transmitida para o/a parceiro/a, dependendo da bactéria, levando a quadros de infecção de repetição e bactérias mais resistentes.

Uma outra questão, é que a infecção urinária por si só, causa um desconforto genital, especialmente nas mulheres, o que pode tornar uma relação incômoda e dolorosa, ao invés de um ato prazeroso. Pode ainda haver piora dos sintomas, devido ao atrito da penetração.

Portanto, embora não haja contraindicação absoluta, o mais recomendado é que aguarde o final do tratamento para voltar a manter relações, sem maior risco para sua saúde.

Leia também: Infecção urinária é contagioso?

Tomei Cloridrato de Ciprofloxacino antes do 3º mês de gravidez, quais os riscos para o bebê?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Apesar de ser contra indicado seu uso antes do terceiro mês de gravidez, não há evidências de que o cloridrato de ciprofloxacino cause malformações no bebê.

Estou tentando engravidar e tomando ciprofloxacino... mas eu li que grávida não pode tomar, o que faço?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Se existe a possibilidade de você estar grávida, não deveria tomar esse remédio, se você fosse minha paciente eu mandaria você parar de tomar imediatamente.

Minha esposa está grávida de 12 semanas e a médica receitou Ciprofloxacino. O que eu faço?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Em teoria o uso de Ciprofloxacino está liberado a partir do segundo semestre de gestação, ou seja gestações com 12 semanas ou mais.

Estou tomando ciprofloxacino, posso começar fluoxetina?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Se o seu médico receitou sim, caso contrário não.

Posso tomar amoxicilina ou ciprofloxacino estando grávida?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Amoxicilina não faz mal. Ciprofloxacino talvez faça mal.