Perguntar
Fechar

Colposcopia

O que é colposcopia com biópsia?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

A colposcopia é um procedimento realizado para examinar a vagina, a vulva e o colo do útero.

A biópsia é realizada durante o exame de colposcopia quando são identificadas lesões suspeitas de serem pré-cancerígenas ou cancerígenas. Geralmente, a colposcopia é realizada quando o exame de papanicolau ou citologia oncótica (exames realizados de rotina no preventivo das mulheres), se apresentam com resultado anormal.

Como é feita a colposcopia?

A colposcopia é realizada com um aparelho semelhante a um microscópio, chamado colposcópio. O colposcópio possui lentes de aumento e luzes, sendo específico para examinar a vagina, a vulva e o colo do útero, pois permite uma melhor visualização de lesões nesses locais.

Durante o procedimento, a mulher fica deitada em posição ginecológica e é introduzido na vagina um espéculo vaginal, conhecido como bico de pato, da mesma forma como é realizado o exame de papanicolau.

Veja também: Colposcopia pode ser feita em virgens?

Em seguida, o colposcópio é posicionado para a realização do o exame visual detalhado da vulva, vagina e do colo do útero, com o uso de líquidos (solução salina, lugol e ácido acético) que irão auxiliar na visualização de anormalidades.

Como é feita a biópsia na colposcopia?

A biópsia consiste na retirada de um pequeno fragmento das lesões ou alterações do colo do útero, da vagina ou da vulva, para realização de análise em laboratório das características celulares. O objetivo da biópsia é diagnosticar o tipo de lesão. 

A duração da colposcopia com biópsia é de 10 a 20 minutos e não dói, mas pode causar um ligeiro desconforto e uma sensação de picada e cólica durante a sua realização.

O ginecologista é o especialista responsável pela realização da colposcopia com biópsia.

O que é Colposcopia?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

A colposcopia é um procedimento realizado para examinar a vagina, a vulva e o colo do útero, com o uso de um colposcópio. Sua realização demora, normalmente, de 10 a 20 minutos e não dói, mas pode causar um ligeiro desconforto. 

Não há contraindicação para a realização da colposcopia em grávidas. Geralmente a colposcopia é realizada quando o exame de papanicolau ou citologia oncótica apresenta um resultado anormal.

Como é feita a colposcopia?

Durante a colposcopia, a mulher fica deitada em posição ginecológica. A seguir, é introduzido na vagina um instrumento conhecido como bico de pato. 

O colposcópio é então posicionado e, através do uso de líquidos específicos, é possível visualizar anormalidades na vagina, na vulva e no colo uterino.

O colposcópio é um aparelho semelhante a um microscópio, dotado de lentes de aumento e luzes, específico para examinar a vagina, vulva e o colo do útero, permitindo uma melhor visualização de lesões nesses locais. Durante o procedimento, o aparelho não é introduzido nem entra em contato com a mulher.

Colposcopia com biópsia

Em alguns casos, a colposcopia pode ser feita com biópsia. No procedimento, é retirado um pequeno fragmento de lesões ou alterações observadas no exame. Depois, o material é analisado em laboratório para diagnosticar o tipo de lesão, conforme as características celulares observadas ao microscópio.

Como é o preparo para a colposcopia?
  • Não aplicar cremes, medicamentos ou duchas vaginais nas 48 horas anteriores ao exame,
  • Não manter relações sexuais nas 48 horas anteriores ao exame;
  • Não estar menstruada;
  • Procurar esvaziar a bexiga antes do exame, para proporcionar um maior conforto durante sua realização.

O uso de medicamentos ou a suspensão deles para a realização do exame vai depender da orientação médica. É importante que a mulher leve os exames anteriormente realizados (papanicolau ou colposcopias) caso o médico não os tenha. 

O ginecologista é o especialista responsável pela realização da colposcopia.

Fiz uma colposcopia e a médica achou uma manchinha...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Na verdade essa "mancha branca" não deve ter relação com a Candida, porém não dá para afirmar que é HPV (pode ser uma das possibilidades), deve fazer a biópsia, já que existe essa indicação da sua médica e então talvez será revelada toda a resposta para sua dúvida.

Colposcopia pode ser feita em virgens?

Não, a colposcopia não pode ser feita em virgens, a menos que seja solicitado apenas uma vulvoscopia. Neste procedimento, é coletado material da vagina com uma pequena escova, sem qualquer risco de romper o hímen, mantendo assim a virgindade.

A colposcopia é um exame realizado com um tipo de microscópio que permite ao médico ver o colo do útero ampliado em até 40 vezes.

Trata-se de um exame parecido com um exame ginecológico convencional. Porém, no exame ginecológico comum o médico examina o colo do útero a olho nú, enquanto que na colposcopia o médico utiliza o colposcópio.

Já na vaginoscopia  e na vulvoscopia ele vê as paredes internas da vagina e a vulva, utilizando o mesmo equipamento. Neste caso, as virgens podem realizar o exame sem problemas.

Para fazer a colposcopia, a mulher deve seguir as seguintes recomendações antes do exame:

  • Não estar menstruada pelo menos 3 dias antes do exame;
  • Não usar cremes vaginais;
  • Não ter relações sexuais;
  • Não fazer lavagem interna da vagina com ducha (o banho normal não interfere com a colposcopia).

Para maiores esclarecimentos, fale com o seu médico ginecologista.

Colposcopia pode ser feita durante a gravidez?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, a colposcopia pode ser feita durante a gravidez.  

A colposcopia é um procedimento indicado para avaliar lesões pré cancerígenas no colo do útero. Normalmente, ela é indicada após a observação de alguma alteração na citologia, exame preventivo ou Papanicolau.  

A colposcopia pode ser feita durante a gravidez sem nenhum problema para o feto ou para a mulher. A diferença é que um dos exames que pode ser feito durante a colposcopia não poderá ser realizado em grávidas. Por isso, é importante informar ao/à médico/a a presença da gravidez antes de se iniciar o exame.  

Durante a gravidez é recomendado realizar adequadamente o pré-natal, bem como os exames solicitados pelo/a profissional assistente. Com isso, a mulher poderá ter uma gravidez bem acompanhada garantindo a sua saúde e de seu/sua bebê.