Perguntar
Fechar

Contracep

Tomei Contracep e minha menstruação desceu...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pode acontecer sem que signifique alguma doença ou algo para se preocupar.

Tomei Contracep e a urina com cheiro forte e cor estranha?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Provavelmente não, visto que não há efeito na urina semelhante que já tenha sido relatado após a aplicação do Contracep. Além disso, a mudança na urina ocorreu muito rapidamente após a aplicação da injeção, sendo que o Contracep é uma injeção composta por acetato de medroxiprogesterona um anticoncepcional de longa duração, cuja concentração sanguínea aumenta com o decorrer do tempo. 

Mudanças nas características da urina podem ocorrer por causa de outros motivos como baixa ingesta de água, já que a desidratação pode deixar a urina mais concentrada, com um amarelo bem mais escuro e o odor mais intenso. 

 Uma outra hipótese é a presença de uma infecção urinária, onde a urina pode ficar mais turva e mais escura, podendo mesmo apresentar sangue, contudo nesse caso as alterações na aparência da urina vêm acompanhadas de outros sintomas mais intensos como dor e ardência miccional.

Já em relação ao Contracep os principais efeitos colaterais relatados são: náuseas, tontura, dor de cabeça, desconforto mamário, sensação de inchaço, ganho de peso e irregularidade menstrual.

Para mais informações leia: 

Dúvidas sobre anticoncepcional injetável

Contracep pode servir para tratar e diminuir mioma?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Em teoria sim. Na prática funciona muito bem para algumas pacientes, porém não é 100% efetivo para todas, precisa conversar com seu médico e não deve usar remédios sem receita médica.

Relações depois dos três meses da aplicação do Contracep?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, a aplicação da injeção do Contracep deve ser repetida trimestralmente, de preferência sem atrasos para que a eficácia do efeito anticoncepcional se mantenha. Portanto, se passou o intervalo de 90 dias existe a chance de gravidez.

O risco de gravidez é maior quanto mais tempo se demora para reaplicar a injeção. Caso tenha passado mais de duas semanas da data em que seria necessário reaplicar a injeção o ideal é fazer a aplicação e usar preservativo durante as relações pelo menos por 7 dias, para evitar a gravidez.

O Contracep, é um anticoncepcional injetável composto pelo acetato de medroxiprogesterona, um progestágeno de ação prolongada, ou seja, o seu efeito dura 3 meses, por isso deve ser reaplicado a cada 12 a 13 semanas (no máximo 91 dias).

Leia mais sobre o assunto em: Dúvidas sobre anticoncepcional injetável

Tomo Contracep injetável há 8 anos, posso ter problemas?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Não há grandes problemas relacionados ao uso contínuo e prolongado dos anticoncepcionais injetáveis a base de medroxiprogesterona, como o Contracep. Ele não causa infertilidade, nem problemas no útero.

Pode haver algum atraso na volta dos ciclos menstruais regulares e recuperação da fertilidade após cessar o uso dos anticoncepcionais injetáveis de medroxiprogesterona, no entanto com o tempo a fertilidade retorna e a mulher poderá engravidar normalmente

Portanto, caso queria engravidar imediatamente após o uso do anticoncepcional injetável talvez não seja possível, porque demora um pouco até retornar à fertilidade. Geralmente, as mulheres que usaram anticoncepcional injetável como o Contracep demoram até 4 meses a mais para engravidar do que mulheres que faziam uso de outro método contraceptivo, ou seja, elas engravidam cerca de 10 meses após a última injeção.

O uso do anticoncepcional injetável trimestral também está associado a uma redução da massa óssea durante o seu uso, mas assim que cessa o uso a massa óssea tende a se recuperar e voltar ao normal, portanto o uso desse tipo de anticoncepcional não aumenta o risco de fraturas.

Leia mais em: Dúvidas sobre anticoncepcional injetável

Tomo Contracep há 7 anos e esse mês não consegui comprar a tempo, já passaram 20 dias, posso tomar mesmo assim?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim. Pode voltar a tomar a medicação, mas neste momento você estará recomeçando o tratamento, portanto durante esse primeiro mês você não pode confiar apenas neste método contraceptivo, só a partir do segundo mês de uso.

Lembre-se que o contraceptivo deve ser aplicado sempre na data estipulada, e se passados um dia que seja da data correta é indicado a realização de um teste de gravidez antes de reiniciar o medicamento. Por isso é sempre útil manter uma caixa reserva da medicação em casa para que não aconteça imprevistos. O recomeço da medicação pode causar desequilíbrio hormonal, além de ficar desprotegida.

Importante também lembrar que o contraceptivo previne apenas quanto a uma gestação indesejada, não conferindo qualquer proteção quanto a doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), tão comuns em nossa população. Para prevenção de DSTs a melhor medida é fazer uso de preservativos, como a camisinha, em todas as relações sexuais.

O médico ginecologista deve ser procurado sempre que houver dúvidas em relação ao uso de anticoncepcionais, alterações de ciclo menstrual ou dúvidas quanto a doenças sexualmente transmissíveis.

Leia também:

Posso engravidar na primeira cartela do anticoncepcional?

Tomar anticoncepcional durante muito tempo faz mal?

DST tem cura? Qual é o tratamento?

Quais são os tipos de DST e seus sintomas?

Tenho síndrome de ovários policisticos há 11 anos...
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Na presença dos sintomas elencados, a mulher deve procurar o/a médico/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família para uma avaliação detalhada.

Esses sintomas não são comuns e devem ser avaliados para que a mulher melhore sua qualidade de vida.

síndrome dos ovários policísticos agrega um conjunto de sinais e sintomas que a mulher pode manifestar, provocando alterações nos ciclos menstruais (que podem ficar mais espaçados) e até dificultar a gravidez.

Além de cuidar desses sintomas que agora você está apresentando, a mulher com síndrome dos ovários policísticos deve fazer um acompanhamento médico regular, indo às consultas de rotina, tirando suas dúvidas e realizando o tratamento aconselhado.  

Leia mais em:

Ovários policísticos tem cura? Qual o tratamento?

Múltiplos folículos no ovários esquerdo o que é?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O uso do Contracep continuado por dois anos pode levar a mulher a não ter menstruação como o que está acontecendo com você; e o exame de Ecografia ou Ultrassonografia transvaginal revelou que você tem muitos cistos no ovário esquerdo. Só com esses dados não dá para fazer um diagnóstico. Qual o motivo de fazer o exame? Havia suspeita de alguma coisa? (gravidez, ovário policístico ou ...). Essa suspeita foi afastada ou comprovada?

Tomei o Contracep pela primeira vez e me arrependi
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Terá que esperar o efeito passar.

Tomo Contracep há 02 anos, e nunca veio minha menstruação...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pequenas sangramentos que as vezes duram vários dias são uma ocorrência comum em que usa Contracep.

Tomei Contracep por 2 anos, quanto tempo demora vir a menstruação?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Após o fim do uso do Contracep deve demorar alguns meses até vir a menstruação.

Contracep causa acne?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Para alguns pacientes sim, a Contracep pode causar acne.