Perguntar
Fechar

Exame de Sangue

Hemograma pode detectar gravidez?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. O hemograma não detecta gravidez.

O exame de sangue hemograma é utilizado para outros fins. O exame que detecta a gravidez é o beta-hCG. Ele pode ser feito a partir de uma amostra de sangue coletado em laboratório. Outra possibilidade é o exame de urina realizado em laboratório ou feito em casa(teste de farmácia).

O teste de gravidez apenas detecta nível de HCG a partir de 1 semana após a concepção. Se o teste for feito antes desse período, o resultado dará negativo. Se o teste Beta HCG foi realizado depois desse período e deu negativo, provavelmente você não está grávida.

Os testes de farmácia levam algum tempo a mais para ficarem positivos, uma vez que as concentrações do hormônio na urina são bem menores que no sangue. No entanto, se estes testes forem feitos com duas semanas de atraso da menstruação, tem maior possibilidade de presumir um resultado correto.

Caso você queira saber se está grávida, deve informar isso no laboratório ou na consulta médica, pois a partir do hemograma não é possível saber se está grávida.

Leia também: Que doenças o hemograma pode detectar?

O que quer dizer quando meu exame de sangue diz...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não é para você entender, seu médico deve interpretá-lo e então dizer a você o que significa baseado em suas queixas e exame físico. Não posso te ajudar porque você não disse que exame que é e por quais motivos fez.

Qual o significado de trombocitose no hemograma?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Isoladamente esse resultado não significa nada, trombocitose aparece em muitas situações e doenças, inclusive pode aparecer em pessoas "normais".

Bastonetes altos no hemograma, o que pode ser?

Nível de bastonetes alto no hemograma pode ser sinal uma infecção bacteriana aguda. Os bastonetes são neutrófilos (células de defesa) imaturos. Portanto, quando os níveis estão altos, significa que o organismo está solicitando mais neutrófilos da medula óssea, onde são produzidos. O resultado é um aumento do número de neutrófilos jovens (bastonetes) no sangue.

Em geral, quando os bastonetes estão altos, o nível de neutrófilos maduros, chamados de segmentados, também está elevado. Se o aumento de bastonetes vier acompanhado por um aumento do número dos outros glóbulos brancos (eosinófilos, basófilos, linfócitos e monócitos), indica que o organismo está respondendo bem a uma inflamação ou infecção.

Porém, se o número de bastonetes estiver mais alto que o de segmentados, significa que a medula óssea não está conseguindo enviar para o sangue uma quantidade suficiente de neutrófilos maduros, liberando os imaturos. Isso geralmente ocorre em processos inflamatórios e infecciosos mais graves.

Os neutrófilos são um tipo de células do sangue que participam no combate às infecções. A sua quantidade pode aumentar nos casos de infecções (principalmente quando há presença de febre e pus em algum local), inflamações, tumores, sangramentos, uso de certas medicações, entre outras causas. 

Saiba mais em: Nível de leucócitos alto pode indicar uma infecção grave?

O resultado de um exame sempre deve ser interpretado de acordo com os sintomas e sinais clínicos que a pessoa apresenta. Por isso, é importante levar o resultado do exame para que o médico que solicitou faça a correlação adequada e tome as medidas apropriadas em cada caso.

Também pode lhe interessar:

O que significa bastonetes baixos no hemograma?

O que é neutrofilia?

O que é neutropenia e qual o tratamento adequado?

O que significa bastonetes baixos no hemograma?

Níveis de bastonetes baixos no hemograma podem indicar problemas na produção de neutrófilos pela medula óssea ou um aumento da destruição dessas células. As causas são muito variadas, podendo incluir problemas genéticos, uso de medicamentos, infecções, doenças, entre outras.

Os bastonetes são neutrófilos imaturos. Quando se tornam maduros são chamados de segmentados. Os neutrófilos são um tipo de glóbulo branco, células de defesa do sangue que participam no combate às infecções.

O número de bastonetes pode ficar baixo devido a uma rápida utilização ou destruição dessas células, ou ainda por produção insuficiente das mesmas.

Algumas situações mobilizam os neutrófilos que já estão na circulação sanguínea, diminuindo a concentração dessas células no sangue. Alguns exemplos: estresse, uso de medicamentos corticoides, antibióticos, antitérmicos e de tratamento para AIDS, infecções virais, quimioterapia, estresse, entre outras.

Saiba mais em: O que pode causar neutropenia?

Vale lembrar que os bebês com menos de 3 meses de idade possuem uma reserva muito baixa de neutrófilos, o que pode causar uma diminuição do número de bastonetes durante infecções graves ao invés de um aumento.

Veja também: Bastonetes altos no hemograma, o que pode ser?

Níveis de bastonetes baixos aumenta o risco de infecções bacterianas e fúngicas, uma vez que a função dessas células é justamente defender o corpo contra esses agentes infecciosos.

Contudo, o resultado do hemograma deve ser interpretado de acordo com os seus sintomas e sinais clínicos. Por isso, é importante levar o resultado do exame para o médico que o solicitou fazer a correlação adequada e tomar as medidas apropriadas em cada caso.

Também pode lhe interessar: 

O que é neutropenia e qual o tratamento adequado?

Neutrófilos baixos, o que pode ser?

Neutrófilos altos no hemograma: O que significa?

Neutrófilos altos no hemograma: O que significa?

Neutrófilos altos no hemograma podem ser um sinal de infecção bacteriana ou fúngica. Os neutrófilos são um tipo de glóbulo branco, células de defesa do sangue que participam no combate às infecções causadas por fungos e bactérias.

Contudo, o número de neutrófilos também pode estar alto em casos de inflamação, tumor, sangramento, uso de certos medicamentos, entre outros.

Os níveis de neutrófilos também podem estar elevados em algumas situações temporárias, como infarto, após exercícios físicos intensos, pós-operatório, uso de medicamentos (lítio, corticoides, epinefrina), tabagismo, gravidez e recém-nascidos nos primeiros dias após o parto.

Veja também: Bastonetes altos no hemograma, o que pode ser?

Vale lembrar que a neutrofilia (aumento do número de neutrófilos) não é um problema por si só, mas é um sinal de que algum processo está ocorrendo no organismo e a causa deve ser investigada.

Por isso, o resultado do hemograma deve ser interpretado pelo médico que solicitou o exame, de acordo com os sintomas e sinais clínicos que a pessoa apresenta.

Saiba mais em: 

Nível de leucócitos alto pode indicar uma infecção grave?

O que é a leucocitose e quais são as causas?

O que significa bastonetes baixos no hemograma?

O que é neutropenia e qual o tratamento adequado?

Cada vez que faço hemograma as plaquetas estão...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Estando dentro do normal não há com o que se preocupar. Fale com seu médico.

Fiz exames de sangue de TSH e T4 Livre...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Exames dentro do limite do normal. Só não deixe de levar os exames para seu médico ver o resultado.

Tratei sífilis, quando devo fazer novo exame de sangue?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Deve fazer quando seu médico solicitar. Recomenda-se repetir os exames em 6 meses.

Qual exame de sangue para detectar alergia?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Desconheço a existência deste tipo de exame.

O que significa o resultado desse exame de sangue...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Exames dentro do limite da normalidade.