Perguntar
Fechar

Gagueira

Risperidona qual dosagem ideal começar e em que horários?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Independente de eu escrever aqui a dosagem que você deve tomar o remédio chamado Risperidona ou o horário que você vai tomar o remédio (0,5 a 2mg dependendo da doença e geralmente tomado à noite), você precisa procurar um médico, Neurologista ou Psiquiatra que vai dar a receita deste ou quem sabe até outro remédio que possa te ajudar a resolver seu problema. Jamais se auto-medique. Nunca tome remédios sem Receita Médica. A auto-medicação é desnecessária e pode ser perigosa.

Risperidona fluoxetina podem alterar meus exames?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Provavelmente não, podem alterar um pouco o eletroencefalograma, mas não alterações significativas, se estiver muito preocupado pode suspender os remédios por uns dias antes de fazer os exames e depois retorna o tratamento normalmente. Boa Sorte no seu novo emprego e parabéns.

Gagueira infantil: Como identificar e tratar?

Os sinais e sintomas da gagueira infantil normalmente aparecem na idade pré-escolar, entre 2 anos e meio e 3 anos de idade. A gagueira infantil caracteriza-se por repetições de sons ou sílabas das palavras, que resultam em bloqueios ou prolongamentos da fala, principalmente entre as palavras.

Crianças com gagueira infantil geralmente apresentam alguns tiques nos momentos de bloqueio e usam palavras de apoio muitas vezes nas frases, mesmo que essas palavras não se enquadrem no contexto. Também é comum que evitem falar na presença de outras pessoas.

Além de prejudicar a comunicação verbal, a gagueira muitas vezes vem acompanhada de timidez, medo associado à fala e ansiedade em algumas situações.

Contudo, crianças com idade entre 2 anos e meio e 3 anos podem gaguejar devido à ansiedade na hora de falar, o que pode alterar a fluidez da fala. Essa ansiedade é normal nessa fase de desenvolvimento da fala e aumento do vocabulário. 

Nesses casos, a gagueira faz parte do desenvolvimento e muitas vezes desaparece espontaneamente, sem necessidade de tratamento. Quanto mais nova for a criança e menor o tempo de duração da gagueira, maiores são as chances dela se recuperar espontaneamente.

Porém, se a criança começa a gaguejar quando está aprendendo a falar e o distúrbio dura mais de 12 meses e vai piorando com o tempo, a gagueira infantil já não é considerada parte do desenvolvimento. O distúrbio é classificado como crônico e patológico e precisa ser tratado.

Não há um medicamento específico para tratar a gagueira. O tratamento da gagueira infantil é feito com fonoaudiologia. O objetivo é ajudar a criança a falar de forma mais lenta, suave e fluente. A inclusão da família no tratamento pode aumentar as chances de sucesso e deve ser estimulada.

Uma importante orientação que é dada aos familiares é para que falem devagar com a criança. Diminuir a velocidade da fala facilita a fluência de quem gagueja. Por outro lado, falar em ritmo acelerado exige mais do sistema de compreensão da fala e do sistema linguístico que elabora e produz a resposta, contribuindo para que haja bloqueios. 

A gagueira é um distúrbio de fluência caracterizado por interrupções ou prolongamentos da fala que impedem que a pessoa fale de forma contínua, fluida e sem esforço. Pode ser causada por fatores hereditários, sociais, psicológicos, linguísticos (crianças que falam 2 línguas ou mais) ou ainda atraso no desenvolvimento da linguagem.

A gagueira infantil pode persistir até à fase adulta. Quanto mais cedo o problema for diagnosticado e tiver início o tratamento, melhores e mais rápidos serão os resultados.