Perguntar
Fechar

IgM

O que é IgG e IgM e qual a diferença entre os dois?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

IgG (Imunoglobulina G) e IgM (Imunoglobulina M) são anticorpos que o organismo produz quando entra em contato com algum tipo de micro-organismo invasor. A diferença entre eles é que o IgM é produzido na fase aguda da infecção, enquanto que o IgG, que também surge na fase aguda, é mais específico e serve para proteger a pessoa de futuras infecções, permanecendo por toda a vida.

O exame sorológico de IgG e IgM serve para detectar o estágio de diversas doenças, entre elas a toxoplasmose, rubéola e a infecção pelo citomegalovírus:

  • IgG negativo (não reagente)  e IgM negativo (não reagente): nunca entrou em contato com o patógeno (nunca teve a doença ou nunca tomou vacina) e está susceptível a ter a doença;
  • IgG negativo e IgM positivo: infecção aguda (dias, semanas);
  • IgG positivo (reagente) e IgM positivo (reagente): infecção recente (semanas ou meses);
  • IgG positivo e IgM negativo: infecção antiga (meses ou anos) ou sucesso da vacina; a pessoa está protegida para essa doença.

 A presença dessas imunoglobulinas no sangue marca que a pessoa já teve contato com o patógeno causar da doença em algum momento da vida (contraindo a doença ou por meio de vacinação). Depois desse contato o sistema imunológico cria uma memória que fica presente para o resto da vida.

Cada exame tem uma forma específica de ser interpretado a depender da doença em questão. Por isso, procure o/a médico/a que solicitou o exame para que possa explicar corretamente cada caso.

Saiba mais em: 

Qual é a função da Imunoglobulina A (IgA)?

Imunoglobulina A (IgA) alta ou baixa: O que pode ser?

Entendendo os valores de IgG e IgM nos exames
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os valores de IgG e IgM nos exames são utilizados para diagnosticar o estágio de diversas doenças infecciosas, como toxoplasmose, rubéola e citomegalovirose, principalmente em mulheres grávidas. Nos exames sorológicos, os valores de IgG e IgM são analisados da seguinte forma:

  • IgM negativo e IgG positivo: Indica imunidade à doença (por infecção antiga, de meses ou anos, ou vacinação);
  • IgM positivo e IgG negativo: Indica uma infecção aguda, de dias ou semanas;
  • IgM negativo e IgG negativo: Significa que a pessoa nunca entrou em contato com o agente infeccioso;
  • IgM positivo e IgG positivo: Indica uma infecção recente, de semanas ou meses.

IgM e IgG são anticorpos produzidos pelo organismo em resposta a um micro-organismo invasor. O primeiro anticorpo a ser produzido é o IgM, sendo, então, seguido pela produção de IgG.

Os anticorpos da classe IgM permanecem no organismo por um curto período de tempo, normalmente desaparecendo cerca de 3 a 6 meses depois da infecção, enquanto que os anticorpos IgG ficam presentes durante um longo período, às vezes por toda a vida.

Assim, a presença de anticorpos IgM num exame indica uma infecção aguda ou recente, enquanto que a presença apenas de IgG, significa uma infecção passada.

Fiz exame para sífilis e deu o VDRL reagente...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, de acordo com os seus resultados, vocês está curada, embora seja fundamental que esse exame seja avaliado e validado pelo médico que o solicitou.

Entendendo os resultados dos exames: VDRL e FTA-ABS

O VDRL é o exame mais utilizado para o rastreio inicial e depois, para o acompanhamento pós tratamento, pois seus valores caem gradativamente sempre que o tratamento for bem sucedido.

Já o FTA-ABS é o exame mais específico para diagnosticar a doença. Na suspeita de sífilis, seja por feridas nos órgãos genitais, ou pelo exame de VDRL positivo, o exame de FTA-ABS deve ser solicitado.

Entretanto, o FTA-ABS é um exame que se mantém positivo (ou reagente) para o resto da vida, como uma "marca" no sangue, demostrando que houve contato com a doença. Por isso seu resultado reagente não responde se houve ou não a cura. Para isso o VDRL é mais sensível, quando estiver reduzindo seus títulos e até negativar, quer dizer que houve sim a resposta ao tratamento.

Ainda existem dois tipos de resultados para o FTA-ABS, que são as imunoglobulinas M e G. No caso de doença recente ou em atividade, o FTA-ABS IgM estará reagente; no caso de doença crônica ou curada, o FTA-ABS IgG estará positivo, ou reagente.

De acordo com seus resultados: VDRL indetectável, FTA-ABs IgM negativa (não reagente) e IgG positiva (reagente), podemos concluir que sua doença está devidamente tratada.

Vale ressaltar que só o médico que pediu o exame, poderá te dar essa certeza, após avaliação de seu exame físico e dos exames complementares, além de oferecer demais orientações.

Exame de VDRL

O exame de VDRL (Venereal Disease Research Laboratory) é realizado através de uma amostra de sangue, para o diagnóstico da sífilis, uma doença sexualmente transmissível, infectocontagiosa de alto risco. Nessa amostra, são pesquisados anticorpos para a doença.

O resultado pode ser:

Positivo ou Reagente - quando foram evidenciados anticorpos para sífilis, ou

Negativo ou Não-reagente - quando não forem evidenciados anticorpos para a doença.

Ainda, os resultados são descritos em forma de títulos, quanto maior o título, maior a quantidade de anticorpos no sangue testado e portanto mais fidedigno o diagnóstico. Por exemplo, os títulos 1/2, 1/4 e 1/8 podem ser considerados negativos ou "falso-positivos", quando aumentam por outra doença que não a sífilis, por isso são valores levemente aumentados.

Já os títulos 1/16, 1/64 ou mais, praticamente confirmam o diagnóstico. Contudo, o VDRL pode levar mais tempo para se apresentar no sangue, assim como reduz progressivamente após o tratamento e cura da doença. Por isso é o método utilizado como rastreio inicial, e o método FTA-ABs para confirmação diagnóstica.

Exame de FTA-ABS

O exame de FTA-ABS, (fluorescent treponemal antibody absorption test), também é uma pesquisa de anticorpos contra o Treponema pallidum, responsável pelo desenvolvimento da sífilis, através de uma amostra de sangue.

É o teste mais fidedigno e por isso deve sempre ser realizado como teste confirmatório, antes de iniciar a terapêutica indicada. Os resultados assim como o VDRL, são:

Positivo (ou reagente) - quando existe anticorpos para a doença, ou caso de outras doenças que fazem a resposta "cruzada", que chamamos de "falso-positivo"., e

Negativo (ou não reagente) - quando não são encontrados anticorpos, excluindo quase definitivamente a doença.

Leia também: O que é exame VDRL?
Exame de Toxoplasmose com IgG + e IgM -, é bom ou ruim?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

IgG positivo com IgM negativo significa que você já teve a doença, para quem quer engravidar é ótimo porque não vai pegar mais durante a gravidez.

Estou grávida de 14 semanas e o meu CMV IgG e IgM deu...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

IgG positivo significa que já teve a infecção e foi curada, IgM positivo significa infecção recente e Igm negativo significa sem infecção recente, provavelmente você teve citomegalovírus e já está curada, pelos seus exames já deve fazer um bom tempo (só precisa descobrir se foi a mais de 14 semanas) fale com seu obstetra, mas fique tranquila.

Estou gravida de 7 semanas e o resultado do exame para citomegalovírus (IgG e IgM) deram positivo, deve ser infecção recente?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Provavelmente sua infecção não está ativa, não é recente. Apesar da sorologia nos casos de citomegalovirus (CMV) não ser tão simples de responder, porque este é um vírus que apresenta uma resposta imunológica diferente da grande maioria dos vírus conhecidos.

A presença do IgM positivo para a maioria das doenças, indica uma infecção aguda (recente), está na fase ativa de infecção, que seria a pior resposta para uma gestante e o feto. A presença de IgM e IgG positivos, nos aponta uma infecção subaguda (não é muito recente, já estão sendo produzidos anticorpos contra esse germe, porém ainda não está resolvido o processo). Quando existe apenas o IgG positivo dizemos que já houve a resolução da infecção e o corpo já tem uma memória imunológica (anticorpos) para esse determinado agente infeccioso, não contamina mais.

Entretanto no caso de CMV a imunoglobulina M (IgM) pode permanecer positiva por até 12 meses, por isso, provavelmente o seu exame permanece com IgM positiva, com taxas baixas, e altos níveis de IgG.

Portanto, provavelmente seu médico/a ginecologista/obstetra, irá acompanhar esses valores periodicamente, e poderá esclarecer mais dúvidas que venham a surgir sobre o assunto.

Toda gestante deve realizar seu pré-natal rigorosamente, para que a sua gestação corra de maneira saudável e prazerosa.

Saiba mais sobre esse assunto nos links abaixo:

Meu exame de herpes simplex IgG de reativo o que significa?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O exame isolado não tem nenhum significado. Deve ter um motivo para ter feito esse exame e este motivo junto com o que o exame diz (neste caso positivo) é que vai dar o diagnóstico, então (lesão semelhante a herpes + suspeita clínica de herpes + exame positivo para herpes), provavelmente deve ser herpes... Leve o exame de volta ao seu médico é ele quem deve dar o seu diagnóstico.

Estou grávida de 12 semanas, fiz o exame de toxoplasmose...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Você teve toxoplasmose, seu médico somente está tentando descobrir quando isso aconteceu.

Grávida de 7 semanas e meu exame de CMV deu...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

IgG Positivo significa que já teve a doença, perigoso somente é quando pega a doença durante a gestação.

Meu teste de rubéola deu IgG 43,9 o que significa?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Significa que já teve rubéola.