Perguntar
Fechar
Injeção de anticoncepcional pode causar dores nas mamas?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Os contraceptivos injetáveis sejam eles mensais ou trimestrais podem causar dores nas mamas e outros sintomas adversos tais como dores de cabeça, náuseas, tontura, alterações do humor, diminuição na libido, ganho de peso, irregularidade menstrual, sangramento de escape (spotting) entre outros.

Cada mulher responde de uma forma individual aos anticoncepcionais hormonais. Algumas raramente sentem algo diferente, outras apresentam maior sensibilidade a ação hormonal no corpo e têm mais sintomas.

Alguns efeitos colaterais podem ser mais intensos no inicio do uso e reduzir ou cessar com o decorrer do tempo. Outros se mantém, e há ainda algumas mulheres que relatam aparecimento de efeitos adversos apenas após longo tempo de uso.

 Conheça os outros efeitos adversos em: Anticoncepcionais injetáveis tem efeitos colaterais?

Caso apresente dor ou sensibilidade mamária você pode tentar aliviá-la através da aplicação de compressas quentes na mama. Nesse tipo de situação a sustentação dos seios com um sutiã confortável e de alças largas pode ajudar, principalmente para quem tem mamas grandes.

Dores mais intensas também podem ser aliviadas com analgésicos simples, mas nesse caso pode ser mais interessante avaliar a escolha do método anticoncepcional, considerando que há outras opções eficazes sem ação hormonal, como o DIU de cobre.

Converse com o seu médico de família ou ginecologista caso apresente efeitos adversos da pílula muito frequentes e intensos.

Caso ainda tenha dúvidas sobre os anticoncepcionais injetáveis, leia também:

Dúvidas sobre anticoncepcional injetável

Minha namorada está com peito saindo líquido igual água?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Não é um sintoma típico de gravidez, principalmente se isolado, ela deve procurar um ginecologista ou médico de família para uma avaliação inicial.

A saída de secreção ou líquido da mama pode ter diferentes causas, geralmente benignas. Entre as causas mais comuns se destacam:

  • A presença de um tumor benigno, chamado papiloma intraductal;
  • Aumentos dos níveis do hormônio prolactina;
  • Dutos de leite dilatados;
  • Infecções e abcessos;
  • Cistos ou nódulos.
Papiloma intraductal

Os papilomas intraductais são nódulos benignos que se desenvolvem em ductos de leite por trás da aréola mamária. A mulher sente que tem uma nodulação embaixo da aréola, eventualmente pode ocorrer também a saída pelo mamilo de um líquido claro e pegajoso, podendo apresentar um pouco de sangue. É uma das principais causas de saída de líquido mamilar.

Ectasia do duto mamário

A ectasia ductal corresponde a dilatação de um ducto de leite, que fica com as paredes espessadas e rígidas, levando ao acúmulo de líquido, que pode se exteriorizar. Geralmente, a ectasia não causa sintomas intensos e melhora espontaneamente.

Aumento dos níveis de prolactina

O aumento do hormônio da prolactina pode levar a saída de de leite pela mama, já que esse é o hormônio responsável pela produção de leite pelas glândulas mamárias. As causas de aumento de prolactina são variadas, a principal corresponde a amamentação, mas o seu aumento também pode ocorrer em situações de prolactinoma (tumor benigno), distúrbios na hipófise ou no hipotálamo, estímulo dos mamilos, hipotireoidismo e uso de medicamentos.

Infecção ou abcesso da mama

A presença de infecção nas glândulas mamárias ou formação de abcessos pode levar a saída de líquido com pus ou sanguinolento. No entanto, nesse quadro outros sintomas importantes estão presentes como dor mamária, vermelhidão e inchaço.

Secreção mamilar pode ser câncer de mama?

Raramente, em menos de 10% dos casos a saída de secreção da mama pode estar relacionado a presença de câncer de mama.

Alguns fatores relacionados a saída da secreção mamilar leva a uma maior suspeita de câncer de mama como saída de secreção rósea, sanguinolenta ou transparente, em uma única mama, presença de nódulo endurecido na mama e quando ocorre em mulheres acima dos quarenta anos.

Para uma melhor avaliação consulte um médico de família ou ginecologista.

Mamografia: em qual idade começar a fazer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Entre os vários tipos de câncer de mama o carcinoma de mama é o tipo mais comum de neoplasia da mama, seu diagnóstico assim como o diagnóstico precoce dos outros tipos de cânceres de mama pode ser alcançado pela realização do exame chamado mamografia. A orientação geral é começar a fazer o exame preventivamente a partir dos 40 anos de idade com intervalo de 1 a 2 anos para mulheres sem história familiar de câncer de mama; caso haja algum caso na família (avó, mãe, tia ou irmã) a mamografia deve ser realizada a partir dos 35 anos anualmente.

Alguns ginecologistas (ou mastologistas - subespecialidade da ginecologia) costumam orientar suas pacientes a iniciar 5 anos antes ao descrito acima. A critério médico a mamografia pode ser solicitada a qualquer momento, principalmente quando existe alguma suspeita (presença de nódulos ou outras queixas que possam levar o médico a suspeitar de um tumor na mama). 

O Ministério da Saúde garante a gratuidade do exame de mamografia a todas as mulheres com mais de 40 anos. Existem muitas clínicas credenciadas pelo SUS, a paciente, geralmente, precisa ter uma requisição de exame médico da rede de saúde pública. O exame também pode ser feito particular ou por intermédio de convênio médico (plano de saúde)

Estou entrando na menopausa e sinto muitas dores nas mamas...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O que você tem é a chamada mastalgia (dor na mama) que no seu caso pode ser decorrente das alterações hormonais típicas desse período. É importante manter em dias os exames de rotina (mamografia, por exemplo) e deve sim voltar ao mastologista.

Minha filha tem 4 anos e tem um caroço numa mama?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa levar sua filha no pediatra para ser examinada, na maioria das vezes não é nenhuma doença grave e o tratamento, geralmente, faz o caroço desaparecer, mas primeiro de tudo deve levá-la a um pediatra para o correto diagnóstico e tratamento.

Um nódulo na mama: devo fazer outro ultrassom?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O ultrassom só vai mostrar o que realmente existe em sua mama, dificilmente um novo nódulo vai surgir em tão pouco tempo.

Dor nos seios há três meses o que pode ser?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O que você tem é o que denominamos em medicina de Mastalgia, normalmente está associada com alterações hormonais ou o uso de anticoncepcional, pode também aparecer na gravidez, como em outras situações médicas. Existe tratamento para a mastalgia, com um bom resultado, procure um ginecologista para avaliar a causa da sua Mastalgia e para fazer o tratamento adequado.

Homem com um peito maior que o outro, qual médico ir?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O ideal neste caso seria procurar uma sub-especialidade da Ginecologia, chamada Mastologia. O médico Mastologista é o mais indicado para seu caso. O tratamento (remédio ou cirurgia vai depender basicamente da causa (o que deixou uma mama maior que a outra), mas geralmente é cirurgia. O restante (preço e tempo de recuperação) é o médico que vai operar que vai te responder essas questões.

Apareceu um caroço muito pequeno no meu seio esquerdo, o que eu faço?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Vá ao médico, a maioria dos caroços são decorrentes de lesões benignas, mas todos os caroços em mamas devem ser examinados por um médico que solicitará exames conforme a necessidade e proporá um tratamento em conformidade com o diagnóstico (tipo de lesão).

Apareceu um nódulo embaixo de um dos meus mamilos?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Nódulos em mamas de um homem sempre são preocupantes e há a necessidade de exames para afastar a possibilidade de ser um tumor maligno (não é a hipótese mais comum, mas precisa ser afastada), geralmente esses nódulos são benignos e decorrentes de mudanças ou alterações hormonais muito comuns em um jovem de 16 anos.

Está saindo um líquido esbranquiçado dos meus seios?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Secreção em mamas não é algo "normal", porém nem sempre significa que existe uma doença, procure um ginecologista ou médico de família, para uma avaliação. Pela sua descrição, parece tratar-se de produção e secreção de leite.

A produção de leite que ocorre fora do período puerperal é denominada de galactorreia, pelos médicos, pode ser um processo fisiológico mas também pode ser um sinal de alguma outra doença, procure um médico para uma avaliação mais detalhada.

Quais são as causas de galactorreia?

A galactorreia pode ter inúmeras causas, pode ser desde um processo fisiológico desencadeado por estímulo mecânico, quanto pode corresponder a doenças endócrinas, como o hipotireoidismo ou tumores que produzem ou interferem na produção do hormônio prolactina.

As principais causas são:

  • Estimulação mecânica do mamilo e seio;
  • Uso de medicamentos (antidepressivos tricíclicos, reserpina, metildopa, opioides, metoclopramida, cimetidina, verapamil, entre outros);
  • Hipotireoidismo;
  • Disfunção hipotalâmica;
  • Insuficiência renal;
  • Tumor cerebral (hipofisário ou extra-hipofisário);
  • Tumor produtor de prolactina (rim, pulmão);
  • Lesão torácica;
  • Idiopática (sem causa conhecida).

Vale ressaltar que os anticoncepcionais orais de baixa dosagem não causam galactorreia, portanto, esse sintoma não se relaciona ao uso ou interrupção desse tipo de medicamento.

Qual o tratamento da galactorreia?

O tratamento da galactorreia irá depender da causa, quando há uma doença desencadeando esse tipo de sintoma deve-se tratar a doença, assim a galactorreia tende a desaparecer.

Se a causa for secundária ao uso de medicação deve-se avaliar a possibilidade de substituição do medicamento envolvido.

A galactorreia provocada por estímulo mecânico geralmente é auto-limitada e não exige nenhum tratamento ou intervenção.

Caso a secreção de leite permaneça consulte um médico de família ou ginecologista, para um adequado diagnóstico e tratamento.

Estou sentindo um desconforto nas duas mamas há 2 dias, dói só de encostar, isso pode ser normal?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Nenhuma dor é normal, mas também pode ser que a dor não tenha um significado importante, como no seu caso que pode ser apenas alguma alteração hormonal do período pré-menstrual.