Perguntar
Fechar
Até quando os seios se desenvolvem?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Os seios se desenvolvem 1,5 a 6 anos depois do aparecimento do broto mamário. O tempo de crescimento e desenvolvimento é variável de mulher para mulher, no entanto, a maioria das adolescentes já apresentam as mamas totalmente desenvolvidas por volta dos 17 anos de idade. Portanto, no seu caso, é possível que os seios ainda se desenvolvam mais no decorrer de alguns anos.

No entanto, é importante ressaltar que o desenvolvimento não corresponde diretamente ao tamanho das mamas. É possível ter mulheres com mamas pequenas, mas que já que já apresentam os seios plenamente desenvolvidos e outras com as mamas grandes mas que ainda precisam passar por etapas de desenvolvimento. Características genéticas individuais influenciam nesse processo.

Quando se inicia o desenvolvimento dos seios?

O desenvolvimento das mamas geralmente se inicia por volta dos 8 a 13 anos de idade nas meninas, a média de idade é em torno dos 11 anos. O aparecimento do broto mamário, uma pequena nodulação embaixo do mamilo, é uma das primeiras modificações da puberdade, a partir desse momento as mamas passam por diferentes mudanças no decorrer do tempo. Esse processo inteiro pode durar até 6 anos.

Como ocorre o desenvolvimento dos seios?

No início da puberdade as glândulas que compõem o tecido mamário passam a crescer e se desenvolver, o tecido adiposo composto por gordura também aumenta, aos poucos os seios ficam maiores e mais arredondados. Algumas mudanças também ocorrem na aréola mamilar, que fica mais pigmentada e mais destacada da pele. Os mamilos também sobressaem. Aparecem ainda os tubérculos de Montgomery, que são pequenas nodulações na aréola mamilar.

Os seios ainda se desenvolvem depois da puberdade?

Depois da puberdade mudanças ainda podem ocorrer nos seios principalmente no decorrer do ciclo menstrual devido as mudanças hormonais que passam a ocorrer ciclicamente nas mulheres, pode ocorrer ainda aumento do tecido adiposo caso a mulher ganhe mais peso. Além disso, mudanças importantes acontecem durante a gravidez e a lactação, com maior desenvolvimento dos dutos mamários.

Para uma avaliação sobre o desenvolvimento mamário de adolescente consulte um médico de família, pediatra ou ginecologista.

Apareceu um nódulo no meu seio direito, é perigoso?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Nódulos em mamas podem representar tanto doenças benignas como doenças malignas, a gravidade depende do tipo de nódulo, precisa levar esse exame ao ginecologista.

Fiz um exame das mamas e deu... Estou com câncer?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Segundo este exame você não tem câncer de mama. Foram encontradas alterações benignas na mama que não sugerem câncer. É importante levar o exame ao médico que o solicitou, que poderá avaliá-la dentro do seu contexto clínico.

Como entender o laudo da mamografia?

O exame de mamografia pode encontrar nódulos ou alterações sugestivos ou não de malignidade, ou seja, alterações benignas ou malignas. De modo a melhor agrupar essas alterações usa-se o sistema BIRADS de classificação do resultado. Essa classificação vai de 0 a 6 e mostra as alterações que foram encontradas no exame pelo radiologista.

  • BIRADS 0: o resultado do exame não permite conclusões, geralmente é necessário complementar a mamografia com outros exames, como ultrassom.
  • BIRADS 1: Não foi encontrada nenhuma alteração no exame, portanto, o resultado é de normalidade.
  • BIRADS 2: Foram encontradas alterações, mas todas benignas, resultado também pode ser considerado normal.
  • BIRADS 3: Foram encontradas alterações provavelmente benignas, mas é necessário um acompanhamento mais próximo, o médico pode indicar repetir o exame em 6 meses.
  • BIRADS 4: Foram encontradas alterações com suspeita de malignidade. Nessa situação está indicada biópsia para esclarecimento do diagnóstico.
  • BIRADS 5: Alterações com alta suspeita de malignidade, é essencial a realização de uma biópsia para investigação.
  • BIRADS 6: É o resultado em pacientes que já apresentam câncer de mama e necessitam fazer mamografia para acompanhamento.

É válido lembrar que todo e qualquer exame deve ser interpretado pelo médico que o solicitou que irá levar em consideração outros fatores clínicos para o correto diagnóstico.

Quais são as alterações benignas mais frequentes da mama?

A mama pode apresentar diferente alterações estruturais benignas no decorrer da vida das mulheres. As mais frequentes são os fibroadenomas, cistos, papiloma intraductal e tumor filoide.

Fibroadenomas

Os fibroadenomas são as lesões de causas benignas mais frequentes na mama. Geralmente é um nódulo móvel, de consistência elástica, com bordas regulares e lisas, é pouco ou não doloroso. Costumam crescer um pouco mais na gestação. Também oscilam de tamanho conforme o ciclo menstrual.

Cistos

Os cistos são nódulos regulares e amolecidos por conterem líquido dentro. Podem causar dor se crescerem rapidamente ou atingirem grandes proporções. Além disso, podem crescer ou desaparecer espontaneamente.

Papiloma intraductal

O papiloma intraductal é uma alteração benigna dos ductos subareolares da mama, o seu principal sintoma é a saída de secreção mamilar sanguinolenta.

Tumor filoide

São tumores móveis, lobulados e indolores, apresentam semelhanças com os fibroadenomas, mas o seu crescimento é mais rápido e costumam ser maiores. São tumores mais raros.

Na presença de nódulos mamários ou outras alterações da mama consulte sempre o seu médico de família ou ginecologista.

Qual probalidade de nódulo de mama não ser maligno?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Essa probabilidade em números é muito difícil de dizer, porém os tumores benignos são muito mais comuns que os malignos. As chances de ser benigno é várias vezes maior que as chances de ser maligno.

Tenho 17 e desde cedo tenho problema com meus seios...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa ir num ginecologista que examinará seus seios e dirá para você o que pode ser feito a respeito e se é ou não "normal". Apenas pela sua descrição é difícil dizer qualquer coisa, neste caso você realmente precisa ser examinada, apesar de que pode sim ser uma característica do seu corpo essas alterações e podem não representar nenhuma doença, talvez sejam esteticamente "anormais".

Apareceu uma veia grossa e dolorida embaixo do seio?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Você deve procurar um médico neurologista, dermatologista ou clínico geral para avaliação.

Os sintomas descritos sugerem uma doença chamada Herpes Zoster, ou "cobreiro". O herpes zoster se caracteriza pelo acometimento de um nervo, causado pela reativação do vírus da catapora (varicela).

Os principais sintomas do cobreiro são inicialmente uma dor intensa, que desenha o trajeto de um nervo, no seu caso o nervo dorsal, e após alguns dias a região se torna avermelhada, com o aparecimento de bolhas, vesículas, secas ou com conteúdo liquido no interior, além de crostas por todo trajeto.

A dor geralmente é descrita como queimação, impedindo o uso de roupas principalmente na região dorsal, o uso de sutiã ou camisetas mais justas.

O diagnóstico é clínico, e o tratamento deve ser iniciado o quanto antes, visando reduzir o risco de dor crônica e outras sequelas inerentes à doença.

O tratamento se baseia no uso de antivirais, como aciclovir® e valaciclovir®, em comprimido ou pomadas, e analgésicos potentes.

Leia também: O que é cobreiro e quais os sintomas?

Contudo, outras causas também devem ser afastadas, como doença vascular, articular, doenças reumáticas, dermatológicas, reações alérgicas, entre tantas outras que apenas mediante um exame clínic poderão ser descartadas.

O médico neurologista, dermatologista ou clínico geral, são igualmente capacitados para realizar o diagnóstico e tratamento. Procure o quanto antes um atendimento médico.

Pode lhe interessar também: Dor no peito: o que pode ser e o que fazer?

Minha avó teve câncer de mama, isso quer dizer que vou ter?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Se sua avó teve câncer de mama significa que as suas chances de ter câncer de mama são maiores do que as chances de uma mulher sem história familiar de câncer de mama, mas não quer dizer que vai ter, apenas as chances são maiores. Nenhuma dor é normal.

Como é o diagnóstico e tratamento da ginecomastia?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Primeiro de tudo precisa ir ao médico, geralmente quem cuida dessa parte é o Mastologista que é uma sub-especialidade da ginecologia, mas pode procurar qualquer ginecologista, ele fará o exame da suas mamas e então decidirá o que fazer. Provavelmente terá que fazer uma ultrassonografia das mamas e a partir do resultado desse exame é que provavelmente vai dar para definir se o tratamento é cirúrgico ou com remédios.

Faço sempre o auto-exame das mamas e encontrei um caroço?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Um caroço na mama é apenas um caroço e nada mais até que se dê um nome para ele (um diagnóstico), precisa procurar um médico, ser examinada e ao seu critério fazer os exames necessários, somente depois disso o médico vai dar um nome ao seu caroço, e assim saberá o que é e se é maligno ou benigno, mas fique tranquila. Apenas faça o que deve ser feito, vá ao médico.

Tenho 18 e nódulos no seios, tenho chance de ter câncer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sim, assim como todas as mulheres, porém nem sempre a existência de nódulos benignos é um indicativo de uma chance maior.