Perguntar
Fechar
Estou com pequenas manchas marrom na mão...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não. As manchas marrons nas mãos, também conhecidas por "mancha senil", principalmente no dorso das mãos, são chamadas melanoses e são causadas pela maior exposição solar. Também são encontradas no colo e região das costas. São manchas benignas, ou seja, não evoluem para câncer, mas que não somem espontaneamente.

A intoxicação alimentar, quando chega a causar alterações na pele ocorre por um processo alérgico, por isso as manchas são mais avermelhadas, não acometem só as mãos e causam coceira.

Por fim o câncer de pele, ou melanoma, é um tipo de câncer bastante agressivo, aonde observamos uma lesão única, não se apresenta como várias pequenas manchas, apresenta bordas irregulares e coloração misturada, com mais de um tom de marrom.

Entretanto, por existiram outros tipos de manchas que podem sinalizar doenças ou alterações no nosso corpo, é importante que procure um dermatologista para confirmar o seu diagnóstico e orientar o tratamento mais adequado.

Pode lhe interessar também:

Estou com manchas avermelhadas no couro cabeludo...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Provavelmente é uma micose, mas a maioria das micoses de couro cabeludo são resistentes ao cetoconazol. Para ter certeza do que é o ideal é fazer um exame (raspado de couro cabeludo) volte para o dermatologista.

Existe alguma forma de clarear manchas escuras na pele?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, existem várias formas de clarear manchas escuras na pele, que variam conforme o local, a profundidade e o tipo de mancha. Alguns dos tratamentos indicados para tirar manchas escuras na pele:

  • Proteção solar: Proteger a pele contra os raios solares é fundamental para o sucesso de qualquer tratamento para remover manchas na pele. Para isso, deve-se aplicar um filtro solar com FPS mínimo de 30 nas áreas expostas do corpo. Recomenda-se usar filtros que protegem contra os raios ultravioleta A (UVA) e B (UVB);
  • Laser: Além de estimular a produção de colágeno na pele, o laser dissolve os pigmentos escuros das manchas;
    • Laser de CO2 fracionado: É indicado para tirar manchas escuras na pelecausadas por envelhecimento, exposição ao sol, entre outros fatores. As células atingidas pelo laser evaporam, pois atingem uma temperatura de 100ºC;
    • Laser Quantum: Muito usado para remover manchas avermelhadas do pescoço, também é útil para clarear manchas escuras causadas pelo sol;
    • Laser de Rubi: Este tipo de laser é bastante usado para tratar sardas escuras;
  • Ácido retinoico e hidroquinona: A combinação dessas duas substâncias é muito usada para tirar manchas na pele. Em alguns casos, são adicionados corticoides para potencializar o efeito das fórmulas. As aplicações devem ser feitas à noite, de preferência no inverno, para evitar qualquer tipo de exposição solar. Provoca descamação e deixa a pele levemente rosada;
  • Isolaz: É um método que associa a luz pulsada com sucção, limpando os poros, reduzindo a inflamação e clareando as manchas. É indicado principalmente para clarear manchas escuras causadas por acne;
  • Peeling de Diamante ou Cristal: Através de agentes químicos ou físicos, o peeling faz uma esfoliação, permitindo a formação de uma nova camada de pele. O método é especialmente indicado para tirar manchas causadas pela acne;
  • Luz Pulsada: A cor escura da mancha atrai a luz, que destrói os seus pigmentos; Trata-se de uma luz de alta energia que atua principalmente em manchas na pele provocadas pelo sol, processos inflamatórios, feridas, picadas de inseto e acne;
  • Microcauterização: É uma forma simples e bastante eficiente de clarear manchas e sardas escuras na pele. O tratamento é feito com um aparelho de ponta muito fina e quente, que é aplicada sobre o local e provoca uma descarga elétrica que destrói a mancha;
  • Neve Carbônica: Trata-se de um aparelho com uma ponta congelada que é aplicada sobre a mancha, provocando a sua destruição devido ao frio intenso;
  • Amelan: Pode ser aplicado sob a forma de creme ou peeling, sendo indicado para tratar manchas escuras no rosto. Como contém ácidos, provoca uma leve descamação e vermelhidão;
  • Cremes despigmentantes: Possuem substâncias clareadoras como hidroquinona, ácido glicólico e ácido azeláico. Os resultados só começam a aparecer depois de cerca de 2 meses.

Veja também:

Água oxigenada com bicarbonato de sódio clareia manchas na pele?

Como posso tirar manchas de espinha da cara?

Manchas escuras na pele: o que pode ser?

Mancha escura no pescoço é diabetes?

Para saber qual é o método mais indicado para clarear as manchas escuras que você tem na pele, consulte um médico dermatologista.

Manchas roxas que aparecem pelo corpo... por que aparecem?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Manchas roxas pelo corpo aparecem por muitos motivos: pode ser até mesmo uma particularidade da própria pessoa (não significando alguma doença ou problema de saúde) ou pode ser causado por doenças, sendo as principais doenças hematológicas ou doenças dos vasos sanguíneos. O ideal é começar com um clínico geral.

O que manchas roxas na pele podem representar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Geralmente representa sangue abaixo da pele, são pequenos "hematomas", pode ser causado por algumas doenças ou ser uma característica da pessoa, a causa mais comum é traumatismo.

Tenho algumas manchas brancas no rosto, pode ser verme?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Provavelmente não. Claro que é fundamental uma avaliação de um médico especialista em pele, o dermatologista, para analisar mais características das "manchas" que refere, mas, em geral, as verminoses causam dores abdominais, mal-estar, falta de apetite, entre outros dependendo do verme em questão.

Contudo, existem algumas verminoses que podem apresentar alterações na pele, especialmente no início da doença, como a esquistossomose, a ancilostomíase e o bicho geográfico (larva migrans).

Na esquistossomose, doença causada pelo Schistosoma mansoni, os sintomas podem incluir na fase aguda, uma dermatite específica, conhecida por dermatite cercariana, pequenas pápulas avermelhadas, que costumam durar de 1 a 3 dias, podendo chegar a 15 dias, associada a coceira intensa, que se assemelha a uma picada de mosquito. Aproximadamente 15 dias após, a ferida desaparece e se iniciam os demais sintomas, como febre, tosse, diarreia, náuseas, vômitos e perda de peso.

A ancilostomose, verminose causada pelo Ancylostoma duodenale ou Necator americanus, é também conhecida como "amarelão", porque os pacientes apresentam a pele mais amarelada, devido à agressão que esses vermes promovem na parede do intestino, causando hemorragias e anemia.

E o bicho geográfico, nome popular da larva migrans, é uma verminose causada pelos vermes Ancylostoma brasiliensis e caninum, decorrente da contaminação por fezes de cães e gatos com o parasita, o que origina "caminhos" avermelhados na pele, por onde ele passa e coceira intensa.

Entretanto, são alterações de pele muito específicas, embora não pareça com o relato, só poderá ser descartado com avaliação médica.

Agende uma consulta com dermatologista, para que possa avaliar melhor suas "manchas" e iniciar o tratamento mais adequado.

Veja também:

Posso eliminar manchas solares com creme de dexametasona?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Não. Não está recomendado fazer isso. A dexametasona é um creme corticoide indicado para diferentes tipos de dermatose, mas não apresenta eficácia no tratamento de manchas solares, além disso, o seu uso pode apresentar efeitos adversos e problemas secundários se for por tempo muito prolongado.

O tratamento de manchas solares é feito através de outros medicamentos ou técnicas dermatológicas. O ideal é consultar um médico dermatologista, para indicar o tratamento mais adequado ao seu tipo de mancha e pele.

Qual o tratamento para manchas solares?Fotoproteção

O primeiro passo para o tratamento de manchas solares é a fotoproteção, feita através do uso de protetor solar diariamente. É essencial a proteção da pele dos raios solares, a fotoproteção previne o aparecimento de novas manchas e também contribui para a eficácia dos demais medicamentos ou técnicas usados no tratamento das manchas solares.

Cremes

Uma segunda etapa é o uso de cremes como a hidroquinona ou os ácidos glicólico, retinoico e azeláico. Estes cremes levam ao clareamento gradual das manchas. Pode-se demorar alguns meses para alcançar um resultado satisfatório.

Em muitas pessoas apenas a fotoproteção e o uso de cremes clareadores já é suficiente para a melhora de pequenas manchas. Contudo, é frequente a necessidade de associar outras técnicas que permitam um resultado mais consistente e duradouro, principalmente quando se trata de manchas solares mais extensas. Entre essas técnicas destacam-se o peeling e o laser.

Peeling

O peeling é uma técnica de esfoliação que leva a descamação e consequente renovação das células da pele, o resultado no clareamento de manchas é mais rápido do que com o uso de cremes.

Laser

Já o laser utiliza um feixe de luz para quebrar os pigmentos que constituem a mancha solar. Alcança-se o resultado de clareamento rapidamente, mas deve ser cuidadosamente administrado por um profissional capacitado para reduzir o risco de pigmentar ainda mais a pele.

Para mais informações consulte um médico dermatologista.

As manchas de catapora podem ser permanentes?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, as manchas de catapora expostas ao sol podem tornar-se permanentes em pessoas mais susceptíveis. Para prevenir e tratar qualquer tipo de mancha na pele, inclusive as da catapora, é fundamental aplicar protetor solar diariamente para proteger a pele dos raios solares.

O filtro solar ideal deve ter um fator de proteção solar de no mínimo 30 (FPS), e proteger  contra os raios UVA e UVB.

Em alguns casos pode ser muito difícil tratar as manchas e as cicatrizes deixadas pela catapora. Mas há várias opções de tratamento dermatológico que podem amenizá-las como: laser, peelings, dermoabrasão, clareadores, entre outros tratamentos.

O laser pode estimular a produção de colágeno e deixar o relevo e a coloração da pele mais uniforme, tornando as marcas da catapora menores, menos evidentes e profundas.

Na dermoabrasão, é feita uma raspagem das camadas mais superficiais da pele que deixa a superfície da pele mais suave e ameniza as irregularidades das marcas da catapora.

Outra opção para suavizar as manchas da catapora são os cremes despigmentantes, que contêm substâncias clareadoras como a hidroquinona, o ácido glicólico e o ácido azeláico.

Já os peelings, como o de diamante ou cristal, melhoram a textura da pele e corrigem as irregularidades das cicatrizes, diminuindo as manchas da catapora. O tratamento pode ser feito com uma uma única aplicação.

Saiba mais em: Existe alguma forma de clarear manchas escuras na pele?

Para maiores informações sobre os possíveis tratamentos para as manchas da catapora, consulte um médico dermatologista.

Estou com manchas avermelhadas que coçam na virilha...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pela sua descrição (parabéns pela descrição consegui mentalmente visualizaras lesões), provavelmente, é uma infecção de pele causada por um fungo (micose) deve ir a um médico para fazer o tratamento.

Quanto tempo demora para as manchas da catapora sumirem?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Manchas de catapora que ainda tem atividade inflamatória podem desaparecer, manchas já cicatrizadas demoram mais para sumir ou não desaparecem mais. O tempo é muito variável dependendo da pessoa e do doença.

Vai demorar para sair as manchas de catapora?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

As manchas podem demorar para sumirem, mas muitas delas podem não desaparecer mais, principalmente se o doente tomar sol quando está com catapora.

Boca, mãos e pálpebras inchadas, manchas vermelhas...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Alergia é o provável, mas pode ser algum tipo doença infecciosa, doença autoimune ou reação secundária a uso de medicamentos. Consulte um médico para uma avaliação.

A pele pode apresentar diversas reações alérgicas com sintomas muito semelhantes aos que relatou como inchaço em boca, mãos, pálpebras e manchas avermelhadas pelo corpo que coçam.

Geralmente a causa do processo alérgico, é difícil de ser identificada, mas pode ser decorrente de uso de medicamentos, exposição a alimentos, produtos de limpeza ou higiene pessoal, adereços ou tecidos que entrem em contato com a pele.

Quais são os principais tipos de alergia na pele?

Existem diferentes tipos de alergia e manifestações alérgicas, as principais são: o eczema ou dermatite atópica, a dermatite de contato, a urticária e o angiedema.

Eczema ou dermatite atópica

É a mais frequente alergia da pele, de origem genética, acomete principalmente bebês e crianças pequenas. Manifesta-se através da presença de uma pele muito seca e que coça, pode formar lesões avermelhadas, de aspecto inflamado e endurecido, que pode apresentar escoriações devido a coceira intensa. Pode estar associada a asma, rinite alérgica ou alergia alimentar.

Dermatite de Contato

Esse tipo de alergia ocorre quando a pele entra em contato direto com um alérgeno como, por exemplo, metais presentes em bijuterias e adereços, produtos de limpeza ou cosméticos, certos tipos de tecidos sintéticos, plantas ou materiais de construção.

Pode apresentar sintomas diversificados como vermelhidão, coceira, sensação de ardência na pele, inchaço, formação de lesões ásperas e com fissuras. Os sintomas podem aparecer logo após o contato com o agente alérgeno ou demorar dias, ou meses para aparecer.

Urticária

A urticária corresponde a um processo inflamatório na pele que ocorre quando há liberação de histamina pelo sistema imunológico. Leva ao vazamento de pequenos vasos sanguíneos que ocasiona a formação de lesões inchadas e vermelhas dispersas pelo corpo, que coçam muito. Pode acontecer após a ingestão de alimentos, uso de medicamentos, picada de insetos, exposição solar intensa ou prática de exercícios.

Leia mais em: O que é urticária?

Angiedema

O angiedema é uma reação inflamatória na pele semelhante a urticária, mas que acomete os tecidos mais profundos, portanto é comum ocorrer junto com a urticária. Atinge principalmente tecidos moles como pálpebras, boca ou genitais. Pode ser causado por uma reação alérgica a medicamentos ou alimentos.

Na presença de sintomas sugestivos de alergia na pele consulte um médico de família ou clínico geral para uma avaliação inicial. Eventualmente pode ser necessário o acompanhamento também por um dermatologista ou alergista.