Perguntar
Fechar
O que é ovulação tardia? Atrasa a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ovulação tardia é uma ovulação que acontece após o período esperado, o que pode atrasar a menstruação. Mesmo mulheres que têm um ciclo bem regulado podem ter alguma variação num determinado mês e ovular um pouco mais tarde que o habitual.

Em geral, uma ovulação ocorre cerca de 14 dias antes do início do próximo ciclo. Na ovulação tardia o óvulo é liberado mais tarde, geralmente a partir do 21º dia do ciclo, embora isso varie de mulher para mulher.

A ovulação tardia mostra que não é seguro confiar na tabelinha para prevenir uma gravidez ou tentar engravidar, pois pode haver variações no ciclo menstrual.

Para ter a certeza de que está ovulando, a mulher pode comprar um teste de ovulação vendido em farmácias.

No entanto, é preciso lembrar que o conceito de ovulação tardia não é aceito de forma unânime pelos/as médicos/as. Casos de ciclos anormalmente longos ou alterados devem ser avaliados pelo/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral. 

Anabolizantes podem suspender a ovulação e causar infertilidade?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, anabolizantes podem suspender a ovulação e causar infertilidade, pois os hormônios presentes nos anabolizantes inibem a produção do hormônio FSH, responsável pela maturação dos óvulos. Sem ovulação, a mulher deixa de menstruar e já não pode engravidar.

Os anabolizantes quase sempre são feitos com testosterona, um hormônio masculino que, em grandes quantidades no corpo da mulher, diminui a ação dos hormônios femininos.

Como resultado, a mulher começa a desenvolver características masculinas:

  • A voz fica mais grossa;
  • O corpo perde as suas formas arredondadas;
  • Os pelos crescem além do normal;
  • O maxilar fica mais largo.

Além disso, o clitóris fica maior, os seios menores e o apetite aumenta.

Porém, suspendendo o uso do anabolizante, a mulher volta a ovular e a menstruação fica regularizada. Cerca de 3 meses depois da interrupção, o organismo volta ao normal.

O uso de anabolizantes também dificulta a fixação do embrião na parede do útero, provocando abortos. No caso da gravidez vingar, há maiores riscos de malformação fetais, pois prejudica o desenvolvimento dos órgãos genitais do bebê.

Veja também: Anabolizantes cortam o efeito do anticoncepcional?

Quais são os outros efeitos colaterais dos anabolizantes?

Tanto em homens como mulheres, os anabolizantes produzem os seguintes efeitos colaterais:

  • Aumento de acnes;
  • Queda do cabelo;
  • Distúrbios na função do fígado;
  • Explosões de raiva ou comportamento agressivo;
  • Paranoia;
  • Alucinações;
  • Psicoses;
  • Coágulos sanguíneos;
  • Retenção de líquido;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Aumento do colesterol ruim (LDL) e diminuição do bom colesterol (HDL);
  • Aumento do risco de câncer de fígado.
O uso de anabolizantes é sempre contraindicado?

Os hormônios presentes nos anabolizantes podem ser usados ocasionalmente, para reposição hormonal em homens, desde que sejam prescritos e usados sob orientação de um médico endocrinologista.

Mesmo quando há necessidade, os pacientes tomam apenas doses mínimas de hormônios, o suficiente para regular a sua disfunção.

O uso de anabolizantes sem orientação médica é proibido e traz grandes riscos para a saúde.

Cólica fraquinha depois da ovulação, será sinal de gravidez?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Esse seu sintoma não tem nenhum significado no sentido de desconfiar de gravidez. Até pode estar grávida, mas o sintoma mais importante será o atraso menstrual, ou seja ainda terá que esperar alguns dias para saber.

Existe alguma forma de estimular a ovulação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, existem formas de estimular a ovulação com medicamentos orais ou injetáveis que melhoram a qualidade e a quantidade de óvulos, aumentando as chances de gravidez.

Os principais medicamentos utilizados para estimular a ovulação são:

  • Comprimidos:

    • Citrato de clomifeno, comercializado com os nomes Clomid, Serofene e Indux;
    • Letrosol, vendido com o nome comercial de Femara;
    • Corticoides (Meticorten) também podem ser usados no tratamento para induzir a ovulação;
  • Medicamentos injetáveis:
    • Gonadotrofina coriônica: São as injeções mais utilizadas. As gonadotrofinas são fabricadas com os hormônios provenientes da urina da mulher na menopausa ou fabricados pela engenharia genética;
    • Hormônios FSH e LH (Puregon, Gonal, Luveris, Menopur, Bravelle, Gonadopin.

O uso de estrogênio e progesterona visa apenas complementar hormônios e não induzir a ovulação.

O objetivo da estimulação da ovulação é fazer ovular as mulheres que não ovulam normalmente ou buscar a ovulação múltipla naquelas que já produzem normalmente 1 óvulo por ciclo.

As doses de medicamento variam de acordo com o objetivo do tratamento, a idade e os antecedentes clínicos da mulher.

O tratamento geralmente dura 10 dias, podendo variar entre 5 e 35 dias.

Existe alguma forma de estimular a ovulação naturalmente?

Embora não haja ainda comprovação científica, há indícios de que o consumo de inhame pode eventualmente estimular a ovulação de forma natural, influenciando a fertilidade das mulheres.

Isso porque o inhame possui um fito-hormônio chamado diosgenina, que estimula os ovários, além de ajudar a equilibrar os níveis hormonais das mulheres na menopausa.

O inhame pode ser consumido cru ou cozido, embora o seu efeito seja potencializado na forma de chá feito com a sua casca.

Para maiores esclarecimentos sobre os possíveis métodos de estimular a oculação, fale com o seu médico ginecologista.

É possível que haja ovulação na pausa da pílula?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Depende. No caso da pausa de 7 dias entre as cartelas de anticoncepcional, a resposta é não, não acontece a ovulação, porque não houve pico hormonal para preparar e expelir o óvulo. Os dias de pausa inclusive são os dias da descamação do endométrio, ou seja, a menstruação, exatamente por não ter havido ovulação e tampouco fecundação.

Mas, caso esteja falando de uma pausa mais longa, quando interrompe o uso do anticoncepcional por um tempo, a resposta é sim, no mês seguinte, dependendo do organismo de cada mulher, pode voltar a ovular. O ciclo menstrual pode se reorganizar em tempo variado, independente de quanto tempo fez uso do medicamento, depende mesmo de cada organismo.

Como os anticoncepcionais agem no organismo?

Os anticoncepcionais orais agem no organismo principalmente de três maneiras:

  1. Bloqueando o eixo hipotálamo hipofisário, o que gera a inibição dos picos hormonais de FSH e LH. Com isso, os folículos ovarianos não amadurecem, não produzem estrogênio e não ocorre a ovulação;
  2. Promovendo mudanças na composição do muco cervical, que dificulta a ascensão dos espermatozoides;
  3. Alterando o PH vaginal, mais uma vez dificultando a mobilidade dos espermatozoides;
  4. Reduzindo o estímulo endometrial, causando hipotrofia/atrofia da parede; e por fim
  5. Ocorrem alterações no transporte ovular pelas trompas.

Por todo o descrito, no caso da pausa de 7 dias entre as cartelas, conforme recomendado na maioria das pílulas anticoncepcionais orais, não há possibilidade de ovulação. A não ser que o uso da pílula esteja incorreto.

Para mais esclarecimentos, procure seu médico ginecologista.

Posso engravidar na pausa do anticoncepcional?

Dúvidas sobre anticoncepcional

Muco cervical: o que indica nas diferentes fases do ciclo menstrual?

Referência

FEBRASGO. Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Quais os sinais ou sintomas da ovulação?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Os sintomas de ovulação e período fértil podem ser identificados com facilidade e podem ocorrer antes, durante ou após a ovulação. A ovulação causa as seguintes mudanças no organismo:

  • Secreção vaginal: é o primeiro indicador da aproximação da ovulação e do período fértil. Nessa altura, é libertado estradiol, um hormônio que aumenta a lubrificação vaginal normal. Neste caso a mulher vai notar uma secreção vaginal muitas vezes comparada com a clara de ovo crua.

  • Subida da temperatura: acontece porque os folículos libertam os óvulos, havendo um aumento da progesterona, um hormônio que causa um pequeno aumento de temperatura na mulher. Quando é medida corretamente, a temperatura pode ser um indicador de que ocorreu a ovulação. A temperatura deve ser medida todos os dias, quando a mulher acorda, antes de se levantar da cama.

  • Dores pélvicas: além de vários outros sintomas, algumas mulheres podem sentir dores pélvicas ou cólicas, geralmente de fraca intensidade, o que é a confirmação que está no período ovulatório.
  • Aumento da libido e do apetite: acontece graças à subida dos níveis de progesterona, o que faz com que a mulher se sinta mais atraente e com maior desejo sexual.

  • Irritação e instabilidade emocional: algumas mulheres relatam irritabilidade e mudanças emocionais, outras ainda referem aumento da disposição e boa auto-estima.

Consulte seu ginecologista ou médico de família para quaisquer dúvidas adicionais sobre ovulação e período fértil.

Tenho SOP e comecei a tomar metformina, estou com um mês de atraso menstrual, posso estar grávida?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

É possível sim.  Apesar da Síndrome de ovário policístico (SOP) ser sabidamente uma causa comum de infertilidade, a mulher que mantém relações sem uso de contraceptivo também corre o risco de engravidar. Depende de muitas variáveis, uma dela é a relação de medicamentos que faz uso regular, como a metformina.

A SOP se caracteriza por irregularidade menstrual, sinais como obesidade leve, acne, hirsutismo (excesso de pelos grossos e escuros, em regiões mais comuns nos homens), além do aumento da resistência à insulina e exclusão de outras doenças. Como opções de tratamento, devido o aumento da resistência à insulina, um dos tratamentos habituais é o uso regular de metformina. 

Entretanto a metformina, prescrita na intenção de auxiliar na redução do peso e na regularidade dos ciclos menstruais, possibilitando a ovulação, aumenta as chances de engravidar. Portanto, as mulheres que não desejam engravidar neste período, devem fazer uso de algum anticoncepcional.

No caso de suspeita de gravidez deve procurar atendimento de ginecologista/obstetra, o quanto antes, realizar testes de gravidez e seguir as orientações de acordo com o resultado encontrado.

Pode lhe interessar também:

Qual o dia mais provável de ocorrer a ovulação? Posso ovular logo no primeiro mês que parar a pílula?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, a mulher pode ovular no mês seguinte que interrompeu a pílula, normalmente.

O dia mais provável da ovulação, é o dia localizado bem no meio do ciclo menstrual, sabendo que o primeiro dia do ciclo é o dia em que a menstruação acontece, terminando no dia anterior do ciclo seguinte.

Por exemplo, se sua menstruação vier no dia 01 de janeiro, e a próxima no dia 29 de janeiro, saberá que o primeiro ciclo durou de 01 de janeiro a 28 de janeiro, considerado então o dia 1 como primeiro e o dia 28, o último dia do ciclo. O dia 29 já será o primeiro dia do novo ciclo. Nesse caso, o dia mais provável da ovulação, será dia 14 de janeiro.

Em média, os ciclos variam entre 28 a 30 dias, podendo ser mais curtos ou mais longos.

Porém esse cálculo não é específico, estando sujeito a falhas, devido às mudanças que ocorrem dia a dia no organismo da mulher, principalmente no caso das mulheres que não dispõe de ciclos regulares. Por isso, quando houver necessidade de investigar a ovulação, como na pesquisa de causas para infertilidade, seu/sua médico/a provavelmente pedirá exames complementares para uma melhor avaliação.

O período fértil é a fase do mês em que há mais chances de ocorrer uma gravidez, já que é o período em que ocorre a ovulação.

Para calcular o período fértil, como discutimos acima, é preciso saber quantos dias tem o seu ciclo menstrual, além de algumas outras características. Para entender melhor como calcular o seu período fértil leia também o link: Como calcular o Período Fértil?

Vale lembrar mais uma vez, que o cálculo do período fértil através da “tabelinha” só é válido para mulheres com ciclos regulares. Saber o dia da ovulação quando os ciclos são irregulares é mais difícil e incerto.

Pode lhe interessar também:

Ciclo menstrual desregulado: Como calcular o período fértil?

O período fértil pode mudar de mês para mês?

Fiz tratamento da SOP, parei de tomar anticoncepcional...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Caso tenha tido relação sexual desprotegida no seu período fértil é possível que esteja grávida, nessa situação recomenda-se aguardar o atraso menstrual e após uma semana de atraso deve-se fazer um teste de gravidez para confirmar a hipótese.

Uma leve dor abdominal não é um sintoma muito frequente de inicio de gravidez, é possível acontecer por conta de uma gestação ou ser por outro motivo. Para descobrir se é uma gestação gemelar ou não estaria indicado fazer um ultrassom, caso se confirme a gravidez.

Alguns sintomas comuns no começo de uma gestação são:

  • Atraso menstrual: é geralmente o primeiro e um dos mais importantes sintomas do começo de uma gestação, portanto caso persista por mais de uma semana indica-se a realização de um teste de gravidez.
  • Náuseas, vômitos: é um sintoma também frequente principalmente nos primeiros meses de gravidez.
  • Sensibilidade mamaria: algumas mulheres podem queixar-se de uma maior sensibilidade na mama ou mesmo de dor ou desconforto, isto porque os seios durante a gestação tendem a aumentar de tamanho por conta do desenvolvimento das glândulas mamárias.
  • Sonolência ou cansaço: algumas mulheres podem queixar-se de sonolência ou cansaço durante o começo da gravidez, esse sintomas se devem as mudanças hormonais que ocorrem nesse período.
  • Dores pélvicas ou cólicas: é possível apresentar algum tipo de dor ou desconforto pélvico no começo da gravidez, embora esse sintoma não seja muito frequente.
  • Sangramento de implantação: esse sangramento acontece raramente, consiste em um pequeno sangramento rosa claro ou amarronzado, que ocorre alguns dias depois da concepção, é auto limitado, dura no máximo três dia e pode vir ou não acompanhado de cólica.

Os sintomas de gravidez podem variar de mulher para mulher e são muito individuais, existem mulheres que durante a gestação toda apresentam poucos sintomas, enquanto outras podem apresentar uma grande variedade de sintomas durante a gestação.

Caso persista a dúvida sobre uma possível gestação consulte o seu médico de família ou ginecologista.