Perguntar
Fechar

Palpitações

Palpitação no coração durante a gravidez é normal?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Essa palpitação acelerada no coração que a pessoa sente como se o coração tivesse "pulando para a boca" ou então de uma forma descompassada é frequente e aumentada durante a gravidez.

Por conta de todas as alterações fisiológicas que o organismo da mulher passa durante a gestação, essa espécie de arritmia pode ser mais frequente e, normalmente, não precisa de uma investigação maior quando são isoladas, sem associação com outros sintomas e em mulheres sem problemas no coração.

Para melhorar a palpitação, recomenda repouso, diminuição da ingestão de cafeína e cessação do tabagismo.

A mulher que apresenta história de doenças cardíacas precisa de um acompanhamento especializado para investigar as causas dessa palpitação.

As consultas de pré natal são importantes para a grávida relatar o que está acontecendo de diferente no seu organismo e conversar com o/a profissional de saúde sobre possíveis dúvidas.  

Fraca, sem ânimo, palpitações e acordo com corpo trêmulo?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Muitas doenças podem causar esses sintomas (doenças simples e doenças não muito simples); são sintomas muito genéricos e sugerem uma doença que debilita o seu organismo. A causa mais comum é Depressão (é meu primeiro palpite), mas pode ser anemia ou ...

Sinto palpitação no coração, posso estar com algo grave?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Palpitações sempre nos levam a pensar em algum problema cardíaco, porém em um adulto jovem e sem fatores de risco para doenças do coração, a ansiedade, o estresse e problemas emocionais de uma forma geral são as causas mais comuns para as palpitações.

Palpitação nos olhos: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A palpitação nos olhos é um movimento involuntário dos músculos da pálpebra, que pode durar dias ou meses, com melhora espontânea na maioria dos casos. As principais causas de palpitação nos olhos são:

  • Estresse: Nesses casos, a palpitação no olho melhora com a diminuição das causas do estresse;
  • Privação de sono: Dormir pouco pode gerar espasmos nas pálpebras, que só irão diminuir se a pessoa dormir melhor;
  • Tensão ocular: Não usar óculos quando estes são necessários e a utilização constante de computadores, tablets e smartphones, podem provocar tensão ocular, que leva à palpitação nos olhos. Usar óculos e diminuir o tempo de uso de aparelhos eletrônicos podem reduzir esses episódios;
  • Álcool e cafeína: O consumo excessivo de bebidas alcoólicas, café e chás com cafeína podem aumentar os espasmos;
  • Olho seco: Idosos, utilizadores constantes de aparelhos eletrônicos, pessoas que usam lentes de contato e pacientes que tomam antidepressivos são os mais afetados pelos olhos secos. Para diminuir as palpitações nos olhos, deve-se tratar as causas do olho seco;
  • Falta de nutrientes: A falta de magnésio pode estar relacionada com episódios de espasmos na musculatura palpebral;
  • Alergia: A grande quantidade de histamina liberada por pacientes alérgicos pode estar relacionada com palpitações nos olhos. O uso de colírios anti-histamínicos por um curto período de tempo pode resolver o problema;
  • Problemas neurológicos: Nestes casos, os espasmos não melhoram espontaneamente e o tratamento pode incluir a aplicação de Botox.

Em caso de palpitação nos olhos persistente, recomenda-se consultar o/a médico/a oftalmologista.

Será que o que tenho é depressão? Qual médico procurar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Começo de depressão acho que não. Você está com certeza com depressão e deve procurar um psiquiatra ou qualquer médico que trate depressão (não precisa ser um especialista).

Leia também: Diferenças entre Esquizofrenia e Depressão

Estou sentindo tontura e aceleração no coração...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Preocupado você já está. e com o cigarro deve se preocupar sim. Vários outros fatores precisam ser avaliados para saber se é preocupante ou não (idade, peso, antecedentes pessoais e familiares e os outros fatores de risco).

Estou sentindo meu coração bater forte, o que pode ser?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Pode ser Taquicardia. A taquicardia, popularmente conhecida por palpitações, é o aumento da frequência cardíaca, o que pode ser consequência de diversas doenças, embora a causa mais comum atualmente seja a ansiedade ou alterações emocionais.

O que é a taquicardia?

A taquicardia consiste no aumento do número de batimentos cardíacos em um minuto, a frequência cardíaca. O valor considerado normal para a maioria da população está entre 60 e 100 batimentos por minuto (bpm), portanto, quando a frequência estiver acima de 100 bpm, significa taquicardia.

Para saber qual é a sua frequência cardíaca, basta palpar o pulso do punho ou do pescoço, após se manter em repouso por alguns minutos, colocando as pontas dos dedos médio e indicador, levemente, sobre o pulso, e contar durante um minuto os batimentos.

Vale ressaltar que o mais fidedigno é mesmo contar com calma durante o minuto inteiro, contar por 15 segundos ou 30 e depois multiplicar pode não ser confiável, porque nem sempre a frequência é regular.

Nas situações de ansiedade, febre, entre outras menos graves, a frequência não costuma ultrapassar 140 bpm. Nos casos de sepse e fibrilação atrial, a frequência ultrapassa os 200 batimentos, impossibilitando a contagem manual.

Inclusive, a fibrilação atrial é a frequência aumentada e descompassada do coração, ou seja, o coração bate de maneira irregular, podendo acumular sangue dentro do coração, com formação de coágulos, aumentando consideravelmente o risco de parada cardíaca e/ou tromboembolismo (maior risco de infarto do coração e de acidente vascular cerebral - AVC).

Portanto, nos casos de suspeita de sepse ou fibrilação atrial, doenças consideradas emergências médicas, o serviço de urgência deverá ser chamado imediatamente.

Leia também: O que é arritmia?

Causas de taquicardia?

Diversas são as situações que podem causar taquicardia, as mais comuns são:

  • Ansiedade
  • Anemia
  • Febre, Sepse
  • Fibrilação atrial
  • Exercício físico
  • Ingestão de cafeína (presente em café, chá, refrigerantes)
  • Tabagismo
  • Uso de outras drogas, especialmente cocaína
  • Hipertireoidismo
  • Uso de certos medicamentos
  • Desidratação, entre outras.

Devido a grande quantidade de causas existentes para o sintoma de palpitação, e sabendo que algumas são de alto risco para a saúde, recomendamos que na presença desses sintomas, procure sempre um médico/a clínico geral ou médico/a de família para avaliação e orientações adequadas.

Leia também: Tenho Taquicardia, o que fazer?

Faz uns 2 dias que venho sentindo palpitações no coração...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não sei qual sua idade e nenhuma informação sobre as coisas que são importantes na análise da possibilidade de risco para o coração (idade, cigarro, obesidade, sedentarismo, drogas, história familiar de eventos cardíacos...), então fica difícil dizer qualquer coisa. O importante é você saber que uma pessoa jovem (menos de 40 anos) sem fatores de risco, normalmente esses sintomas são decorrentes de problemas emocionais sendo o principal a ansiedade.

Porque o coração acelera quado fico nervosa ou levo susto?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Porque você está viva e isso faz parte do seu sistema de proteção defesa\ataque, a descarga de adrenalina em situações de risco faz seu coração acelerar para melhorar sua capacidade de resposta aos estímulos que lhe parecem ofensivos.

Palpitações podem estar relacionadas com cirurgia de vesícula?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Provavelmente as sua palpitações não são decorrentes da sua cirurgia, palpitação é um sintoma que em pessoas jovens está muito associado com ansiedade ou anemia (no seu caso até algum tipo de fraqueza pela fato de voçê estar amamentando).

Venho sofrendo com algumas palpitações há alguns anos...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sei de sua condição e no exterior sempre é um pouco mais difícil o acesso a medicina, porém não posso fazer diagnóstico ou tratamento pela internet. Palpitações em pessoas jovens estatisticamente na maioria das vezes está associado a problemas de ansiedade. Ibuprofeno é um anti-inflamatório e como tal ele pode fazer mal ao estômago se usado em excesso, porém problemas gástricos e dormência em pessoas jovens também pode estar associado com ansiedade. Problemas emocionais são o que chamamos muitas vezes de diagnóstico por exclusão (excluindo as doenças físicas sobram somente os problemas emocionais), por isso a consulta com um médico é tão importante, para afirmar que é um problema de ansiedade as outras causas precisam ser afastadas primeiramente.

Há dois anos tive depressão bipolar fiquei afastada...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Precisa voltar para seu médico ou para um outro que possa te ajudar, seus sintomas são nitidamente compatíveis com um quadro de depressão (não chega a ser uma bipolaridade como foi no passado), mas precisa procurar ajuda novamente antes que as coisas tomem proporções maiores e a situação fique pior.