Perguntar
Fechar

Pele

Pênis com cortes inexplicáveis, dói muito o que pode ser?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Uma inflamação na pele decorrente de alguma infecção ou alergia, pela sua descrição parece um eczema, dermatite ou uma infecção por fungo. Sem ver a lesão é difícil fazer o diagnóstico, você precisa consultar um médico.

Bolinha em bolsa escrotal o que fazer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Se for somente na pele pode ser uma inflamação ou infecção de pele se for algo mais interno dai já deve ser algo problemático. Se for na pele precisa ir ao dermatologista e se for algo mais interno precisa ir ao urologista.

Caroços internos na coxa, vermelho e sensível...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pela sua descrição parecem ser nódulos inflamatórios ou infecciosos o ideal é procurar um médico para fazer o correto diagnóstico e tratamento.

Pele verde: o que pode ser?

Pele verde ou de tom amarelo-esverdeado pode ser sinal de algum problema no fígado. Essa alteração na cor da pele e dos olhos é chamada icterícia.

A icterícia é causada pelo acúmulo de bilirrubina no sangue. Trata-se de uma substância de coloração amarela-esverdeada, que resulta do metabolismo da hemoglobina (substância responsável pela cor vermelha das células do sangue).

Em excesso, a bilirrubina se deposita na pele, na parte branca dos olhos e nas mucosas, deixando pele e olhos amarelados.

Porém, se a icterícia for muito acentuada ou de longa duração, a pele adquire uma coloração esverdeada devido à transformação da bilirrubina em biliverdina.

Algumas doenças que podem deixar a pele amarelada:

  • Doenças hepáticas e biliares, como hepatites, cirrose, cálculos ou tumores biliares, câncer de fígado;
  • Hemocromatose: doença genética que aumenta excessivamente a absorção de ferro;
  • Síndrome de Gilbert: condição genética que provoca um aumento dos níveis de bilirrubina;
  • Anemia falciforme;
  • Câncer de pâncreas.
Pele esverdeada é sempre sinal de doença?

Não. Se for uma mancha esverdeada pode ser uma equimose, que geralmente é causada por pancadas ou alterações na coagulação do sangue.

A equimose ocorre quando vasos sanguíneos muito pequenos (capilares) se rompem e o sangue extravasado se espalha e infiltra-se nos tecidos ao redor.

Dentre as possíveis causas de uma equimose estão:

  • Traumas;
  • Distúrbios da coagulação;
  • Efeitos colaterais de medicamentos;
  • Cirurgias;
  • Injeções;
  • Longos períodos em posturas forçadas.

Uma equimose recente geralmente tem uma coloração arroxeada, tornando-se depois amarelo-esverdeada, até ir desaparecendo gradualmente.

Consulte um médico clínico geral ou médico de família se a sua pele estiver amarelada ou esverdeada.

Leia também: Olhos amarelados, o que pode ser?

Pele oleosa pode ser sintoma de gravidez?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, pele oleosa pode ser sintoma de gravidez.

As alterações na pele, que pode ficar mais oleosa ou mais ressecada, dependendo da mulher, são observadas durante a gravidez.

Além do aumento (ou diminuição) da oleosidade da pele, o início da gestação também é marcado pelas seguintes alterações:

  • Atraso menstrual;
  • Mamas doloridas e inchadas;
  • Escurecimento dos mamilos;
  • A mulher começa a urinar com mais frequência;
  • Enjoos e vômitos;
  • Pequeno sangramento (nem sempre), acompanhado por cólicas uterinas;
  • Cansaço;
  • Sonolência.

Leia também: Sintomas de Gravidez; Sintomas de gravidez só aparecem após o atraso menstrual?

A gravidez também deixa a pele mais luminosa e viçosa, devido ao aumento das células de gordura do corpo, que esticam a pele e melhoram o seu aspecto. Porém, se a mulher já tiver tendência para ter pele oleosa, ela poderá desenvolver espinhas.

Contudo, pele oleosa também pode ser sintoma de síndrome do ovário policístico, uma doença nos ovários que também provoca acne, aumento dos pelos do corpo e obesidade.

Veja mais sobre o assunto em Pele e cabelo oleosos: o que pode ser e o que fazer?

Para saber se está mesmo grávida, o melhor é esperar pela menstruação. Se ela atrasar, faça um teste de gravidez de farmácia. Se estiver grávida, consulte o/a médico/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família. Caso contrário, procure o/a médico/a dermatologista, clínico/a geral ou médico/a de família para fazer uma avaliação da pele oleosa.

Manchas escuras na pele: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Manchas escuras na pele podem ter diversas causas. Na maioria dos casos, elas não representam nada de grave, como é o caso do melasma e das manchas causadas pelo sol, pela idade ou por queimadura de limão. No entanto, uma mancha escura na pele também pode ser sinal de melanoma, um tipo de câncer de pele agressivo e potencialmente fatal.

Dentre os principais tipos de manchas escuras na pele estão:

Melasma: Manchas de coloração castanha que surgem principalmente no rosto de mulheres com idade entre 30 e 50 anos. O melasma pode ter origem em fatores genéticos e externos, como uso de anticoncepcionais hormonais, gravidez e exposição solar sem proteção.

Sardas: Pequenas manchas escuras de coloração castanha, que surgem principalmente no rosto, braços e ombros. As sardas são comuns em pessoas de pele clara e ocorrem sobretudo nos locais que ficam mais expostos ao sol. Pessoas com muitas sardas podem ter mais chances de desenvolver câncer de pele, por isso é muito importante a utilização de protetor solar desde a infância, já que as sardas costumam surgir na adolescência. 

Manchas relacionadas com a idade: As manchas senis são mais escuras e maiores que as sardas. São mais comuns em adultos que ficaram muito expostos ao sol e surgem sobretudo no rosto, nos braços e nas mãos.

Queimadura de limão: Ocorre após a exposição solar da pele que teve contato prévio com limão. No início, o local apresenta vermelhidão intensa, enquanto que nos casos mais graves podem até surgir bolhas. Depois aparece a mancha escura de coloração castanha e cinzenta. Saiba mais em: Queimadura de limão: o que fazer e como tratar?

Manchas após lesões: Após a cicatrização de feridas, queimaduras, acne e outras lesões na pele, pode surgir uma mancha escura no local. Essas manchas são formadas pela melanina (substância que dá cor à pele) que extravasou das células destruídas pela ferida. Em geral, essas manchas diminuem com o tempo.

Pintas: Podem surgir em qualquer parte do corpo e estarem presentes desde o nascimento. As pintas podem apresentar tamanhos variados e uma coloração que pode ir do castanho-claro ao preto. Uma pinta também pode ser um sinal de câncer de pele, por isso é importante estar atento a qualquer tipo de alteração na forma e na cor da mancha.

Melanoma: Trata-se de um tipo de câncer de pele agressivo e que pode ser potencialmente fatal se não for diagnosticado precocemente. A mancha pode ter formato e coloração variados e não apresentar relevo. Manchas escuras com bordas irregulares, que aumentam de tamanho e apresentam diferentes tons de castanho ou preto devem ser vistas por um especialista o mais rápido possível.

O/a médico/a dermatologista é o/a especialista capacitado/a para diagnosticar o tipo de mancha e indicar o tratamento mais adequado em cada caso.

Também podem lhe interessar:

Mancha escura no pescoço é diabetes?

Existe alguma forma de clarear manchas escuras na pele?

Manchas escuras nos olhos: o que pode ser?

O que manchas roxas na pele podem representar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Geralmente representa sangue abaixo da pele, são pequenos "hematomas", pode ser causado por algumas doenças ou ser uma característica da pessoa, a causa mais comum é traumatismo.

Como tratar erupções na pele causadas por estresse?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Habitualmente, para tratar as erupções na pele causadas por estresse ou por outra causa são usados anti-histamínicos e anti-inflamatórios de ação local ou no corpo todo (sistêmica), que devem ser prescritos pelo médico segundo as características das erupções e a sua origem. Também é importante que sejam tomadas medidas para o alívio e controle do estresse, se esta for a causa do aparecimento das erupções. 

O estresse é uma situação psicológica que causa um desgaste físico e emocional no organismo levando-o à uma diminuição das suas defesas (resposta imunológica) e deixando-o mais predisposto ao aparecimento de doenças como a herpes, psoríase e  problemas alérgicos que causam erupções na pele. Por isso é importante que as erupções sejam diagnosticadas para que o seu tratamento seja adequado.

As erupções na pele, para serem tratadas, devem ser identificadas segundo suas características tais como a coloração, se são aumentadas, planas ou pontos vermelhos, se têm bolhas, se há presença de pus, se descamam, em que local do corpo estão localizadas, se coçam, ardem ou queimam, quando isso ocorre e há quanto tempo surgiram. 

O dermatologista é o especialista indicado para tratar das lesões na pele.

Saiba mais em: Erupção cutânea pode ser o quê?

Existe alguma forma de clarear manchas escuras na pele?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, existem várias formas de clarear manchas escuras na pele, que variam conforme o local, a profundidade e o tipo de mancha. Alguns dos tratamentos indicados para tirar manchas escuras na pele:

  • Proteção solar: Proteger a pele contra os raios solares é fundamental para o sucesso de qualquer tratamento para remover manchas na pele. Para isso, deve-se aplicar um filtro solar com FPS mínimo de 30 nas áreas expostas do corpo. Recomenda-se usar filtros que protegem contra os raios ultravioleta A (UVA) e B (UVB);
  • Laser: Além de estimular a produção de colágeno na pele, o laser dissolve os pigmentos escuros das manchas;
    • Laser de CO2 fracionado: É indicado para tirar manchas escuras na pelecausadas por envelhecimento, exposição ao sol, entre outros fatores. As células atingidas pelo laser evaporam, pois atingem uma temperatura de 100ºC;
    • Laser Quantum: Muito usado para remover manchas avermelhadas do pescoço, também é útil para clarear manchas escuras causadas pelo sol;
    • Laser de Rubi: Este tipo de laser é bastante usado para tratar sardas escuras;
  • Ácido retinoico e hidroquinona: A combinação dessas duas substâncias é muito usada para tirar manchas na pele. Em alguns casos, são adicionados corticoides para potencializar o efeito das fórmulas. As aplicações devem ser feitas à noite, de preferência no inverno, para evitar qualquer tipo de exposição solar. Provoca descamação e deixa a pele levemente rosada;
  • Isolaz: É um método que associa a luz pulsada com sucção, limpando os poros, reduzindo a inflamação e clareando as manchas. É indicado principalmente para clarear manchas escuras causadas por acne;
  • Peeling de Diamante ou Cristal: Através de agentes químicos ou físicos, o peeling faz uma esfoliação, permitindo a formação de uma nova camada de pele. O método é especialmente indicado para tirar manchas causadas pela acne;
  • Luz Pulsada: A cor escura da mancha atrai a luz, que destrói os seus pigmentos; Trata-se de uma luz de alta energia que atua principalmente em manchas na pele provocadas pelo sol, processos inflamatórios, feridas, picadas de inseto e acne;
  • Microcauterização: É uma forma simples e bastante eficiente de clarear manchas e sardas escuras na pele. O tratamento é feito com um aparelho de ponta muito fina e quente, que é aplicada sobre o local e provoca uma descarga elétrica que destrói a mancha;
  • Neve Carbônica: Trata-se de um aparelho com uma ponta congelada que é aplicada sobre a mancha, provocando a sua destruição devido ao frio intenso;
  • Amelan: Pode ser aplicado sob a forma de creme ou peeling, sendo indicado para tratar manchas escuras no rosto. Como contém ácidos, provoca uma leve descamação e vermelhidão;
  • Cremes despigmentantes: Possuem substâncias clareadoras como hidroquinona, ácido glicólico e ácido azeláico. Os resultados só começam a aparecer depois de cerca de 2 meses.

Veja também:

Água oxigenada com bicarbonato de sódio clareia manchas na pele?

Como posso tirar manchas de espinha da cara?

Manchas escuras na pele: o que pode ser?

Mancha escura no pescoço é diabetes?

Para saber qual é o método mais indicado para clarear as manchas escuras que você tem na pele, consulte um médico dermatologista.

Pele e cabelo oleosos: o que pode ser e o que fazer?

A principal causa de pele e cabelo oleosos é o aumento da produção de sebo pelas glândulas sebáceas, que estão presentes em quase todo o corpo, sobretudo no couro cabeludo e no rosto.

Esse aumento da oleosidade pode ocorrer devido a:

  • Predisposição genética;
  • Alterações hormonais, como gravidez e síndrome dos ovários policísticos;
  • Exposição excessiva ao sol;
  • Estresse;
  • Alimentação rica em alimentos gordurosos.
Como diminuir a oleosidade do rosto?
  • Utilizar cremes e sabonetes matificantes, que absorvem a oleosidade excessiva da pele e diminuem o brilho devido ao zinco e às vitaminas presentes nos mesmos;
  • Lavar o rosto com sabonetes que possuem ácido retinoico, salicílico ou glicólico para diminuir a formação de cravos e estimular a renovação celular;
  • Utilizar protetor solar sem óleo e que tenha ação matificante (filtro solar não deixa a pele mais oleosa e ajuda a controlar a oleosidade, desde que seja adequado para esse tipo de pele!);
  • Não lavar o rosto muitas vezes ao longo do dia para evitar o "efeito rebote", que seria o aumento da oleosidade da pele;
  • Evitar produtos com fragrância que podem favorecer irritações na pele;
  • Utilizar hidratantes livres de óleo, que não provoquem cravos (com ácido retinoico) e não obstruam os poros, de preferência em loção, emulsão ou gel-creme, pois têm uma textura mais suave.
Como diminuir a oleosidade do cabelo e couro cabeludo?
  • Lavar a cabeça com shampoos que tenham ácido salicílico e que sejam em gel;
  • Usar água morna para lavar o cabelo (evitar água quente);
  • Massagear suavemente o couro cabeludo ao lavar o cabelo, evitando esfregar;
  • Não usar condicionador e shampoos 2 em 1; quem tem cabelos compridos deve aplicar o condicionar apenas nas pontas;
  • Evitar secar o cabelo com o secador quente.

O cabelo e a pele oleosos podem ocorrer em conjunto ou de forma isolada e não precisam estar necessariamente relacionados. Casos severos de oleosidade podem necessitar também de tratamento com medicamentos via oral.

Leia também: Pele oleosa pode ser sintoma de gravidez?

O diagnóstico e o tratamento do excesso de oleosidade nos cabelos e na pele são da responsabilidade do médico dermatologista.

Surgiram rachaduras nas plantas dos meus pés...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Geralmente rachaduras na planta dos pés podem ser decorrentes de infecções (como as causadas por fungos), inflamações de pele (como as alergias ou eczemas) ou excesso de formação de pele (hiperceratose plantar), no seu caso a segunda e terceira opções parecem ser as mais prováveis.

Mancha na pele, coça, descama, parece verruga é câncer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Câncer de pele é um tipo de lesão que pode ter várias apresentações (mancha, ferida, verruga, coça, descama, sangra), descrevendo da maneira como você descreveu pode ser câncer de pele sim, porém as lesões malignas de pele são mais comuns em pessoas de meia idade e idosos, geralmente de cor branca e olhos claros (mas pode ocorrer em todos) e com história de exposição ao sol. No seu caso precisa procurar um dermatologista, para fazer o correto diagnóstico.