Perguntar
Fechar

Pele

Cortei-me fazendo a higiene íntima, o que fazer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Apertar com força por 10 minutos geralmente para o sangramento, se não parar precisa de pontos, para cicatrização qualquer antisséptico tópico apenas para higiene da pele está ótimo o restante seu corpo sabe o que fazer.

Recebi o resultado de uma biopsia: líquen plano...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Líquen plano é uma doença benigna de característica inflamatória crônica da pele, em raríssimos casos crônicos e ulcerados pode evoluir depois de muitos anos para um câncer de pele.

Boca, mãos e pálpebras inchadas, manchas vermelhas...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Alergia é o mais provável, mas pode ser algum tipo doença infecciosa, doença autoimune ou reação secundária a uso de medicamentos. Consulte um médico para uma avaliação.

A pele pode apresentar diversas reações alérgicas com sintomas muito semelhantes aos que você relatou como inchaço em boca, mãos, pálpebras e manchas avermelhadas pelo corpo que coçam.

Geralmente a causa do processo alérgico, é difícil de ser identificada, mas pode ser decorrente de uso de medicamentos, exposição a alimentos, produtos de limpeza ou higiene pessoal, adereços ou tecidos que entrem em contato com a pele.

Quais são os principais tipos de alergia na pele?

Existem diferentes tipos de alergia e manifestações alérgicas, as principais são: o eczema ou dermatite atópica, a dermatite de contato, a urticária e o angiedema.

Eczema ou dermatite atópica

É a mais frequente alergia da pele, de origem genética, acomete principalmente bebês e crianças pequenas. Manifesta-se através da presença de uma pele muito seca e que coça, pode formar lesões avermelhadas, de aspecto inflamado e endurecido, que pode apresentar escoriações devido a coceira intensa. Pode estar associada a asma, rinite alérgica ou alergia alimentar.

Dermatite de Contato

Esse tipo de alergia ocorre quando a pele entra em contato direto com um alérgeno como por exemplo, metais presentes em bijuterias e adereços, produtos de limpeza ou cosméticos, certos tipos de tecidos sintéticos, plantas ou materiais de construção.

Pode apresentar sintomas diversificados como vermelhidão, coceira, sensação de ardência na pele, inchaço, formação de lesões ásperas e com fissuras. Os sintomas podem aparecer logo após o contato com o agente alérgeno ou demorar dias ou meses para aparecer.

Urticária

A urticária corresponde a um processo inflamatório na pele que ocorre quando há liberação de histamina pelo sistema imunológico. Leva ao vazamento de pequenos vasos sanguíneos que ocasiona a formação de lesões inchadas e vermelhas dispersas pelo corpo, que coçam muito. Pode acontecer após a ingestão de alimentos, uso de medicamentos, picada de insetos, exposição solar intensa ou prática de exercícios.

Leia mais em: O que é urticária?

Angiedema

O angiedema é uma reação inflamatória na pele semelhante a urticária mas que acomete os tecidos mais profundos, portanto é comum ocorrer junto com a urticária. Atinge principalmente tecidos moles como pálpebras, boca ou genitais. Pode ser causado por uma reação alérgica a medicamentos ou alimentos.

Na presença de sintomas sugestivos de alergia na pele consulte um médico de família ou clínico geral para uma avaliação inicial. Eventualmente pode ser necessário o acompanhamento também por um dermatologista ou alergista.

Meu rosto coça e pele do rosto irritada e olhos inchados...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não é possível definir um diagnóstico apenas com o relato. Podemos sugerir como causas prováveis, uma reação alérgica ou desidratação da pele. No entanto, para confirmar essas hipóteses é preciso uma avaliação mais detalhada de dados como tempo dos sintomas, qual a medicação foi aplicada e principalmente, avaliar as características da pele, coloração, aspereza, descamação, qual tipo e etc.

A avaliação médica não só visual, mas também tátil, serão fundamentais para definir a causa desse problema.

Nos casos de alergia, o tratamento é baseado no uso de medicamentos antialérgicos. E principalmente por ser em face, deve-se ter atenção a outros sintomas que sinalizam alergia grave, com risco de vida, como: voz rouca, tosse, dificuldade de engolir ou de respirar.

Nessas situações, deve pedir ajuda e procurar emergência imediatamente.

Nos casos de desidratação da pele, o tratamento será baseado na melhora dos sintomas, com o uso de um bom hidratante para o tipo de pele, com rápida absorção, além do tratamento específico para a causa base. Para isso é preciso que a causa seja identificada. Causas comuns são a exposição ao frio, vento e falta de cuidados adequados.

Independente da causa, a sociedade brasileira de dermatologia, recomenda como medidas preventivas de desidratação da pele as seguintes:

  • Limpar todos os dias o rosto seguindo os passos: água micelar, sabonete leve para rosto e secar delicadamente com a toalha, para já aplicar um hidratante de rápida absorção com a pele ainda úmida, o que facilita a sua penetração. Em seguida finalizar com o filtro solar;
  • Borrifar água micelar algumas vezes por dia no rosto;
  • Evitar banhos muito quentes;
  • Evitar sabonetes em barra, que costumam ressecar mais a pele;
  • Aplicar o hidratante para corpo na pele, logo após o banho, com a pele ainda úmida, pelo mesmo motivo, de promover melhor hidratação.

Contudo, além de desidratação e alergia, esses sintomas podem ser resultado de outras doenças como distúrbios hormonais, endócrinos, como o hipotireoidismo, reumatológicos como a síndrome de Sjogren, ou mesmo apenas o pouco cuidado com a hidratação e limpeza da pele.

Sendo assim, recomendamos procurar um médico clínico geral, dermatologista ou seu médico de família, para uma avaliação e orientações adequadas.

Eu não consigo arregaçar a pele toda do pênis?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

De acordo com a sua descrição, provavelmente você tem fimose. Nesse caso, o mais recomendado é que procure um médico urologista para um correto diagnóstico e início do tratamento.

A fimose não interfere na relação sexual, a não ser que seja um grau importante, o que causaria dor e outros transtornos durante o ato.

O médico urologista, no decorrer da consulta, é capaz de confirmar o diagnóstico e avaliar o grau de acometimento, possibilitando o planejamento do tratamento e orientações mais adequadas ao seu caso. Não faça uso de pomadas por conta própria ou tente resolver o problema sem ajuda médica, pode agravar os sintomas ou causar lesões irreversíveis.

O que é a fimose?

A fimose se caracteriza pelo estreitamento do prepúcio (pele que recobre a glande do pênis), dificultando ou impedindo a sua exposição. Na maioria das vezes é diagnostica e tratada na infância, mas também pode se desenvolver no adulto jovem, por exemplo nos casos de inflamações e infecções recorrentes, durante seu desenvolvimento.

O diagnóstico é clínico, realizado durante o exame médico. Entretanto tem tratamento e cura, que varia desde o uso de pomadas locais, associado à exercícios específicos, ou haver indicação cirúrgica. Dependerá da avaliação médica.

A fimose impede a relação sexual?

Não. A presença de fimose não impede uma relação, porém dependendo da gravidade da fimose, pode causar dor, desconforto e feridas no local.

Por isso o mais indicado é que procure o quanto antes um médico especialista, nesse caso o urologista, para avaliação e tratamento adequados.

Leia também: Fimose impossibilita relações sexuais?

Pele ressecada: o que pode ser?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Pele ressecada é um sinal de que a pele perdeu a sua camada protetora de gordura, que funciona como um hidratante natural. As principais causas de pele seca ou ressecada são:

  • Banhos quentes e demorados, com esponja e muito sabonete;
  • Exposição ao sol sem protetor solar;
  • Vento;
  • Frio;
  • Poluição;
  • Produtos químicos (cloro da piscina, produtos de higiene pessoal, limpeza doméstica ou de trabalho).

Além dos fatores externos, o ressecamento da pele também pode ser causado por:

  • Doenças de pele, como alergias;
  • Suor excessivo;
  • Doenças genéticas;
  • Alteração da glândula tireoide, sobretudo em mulheres;
  • Menopausa.

Desnutrição e anemia também deixam a pele ressecada, principalmente em crianças. Nesses casos, os cabelos também costumam estar muito ressecados sem uma causa aparente.

O envelhecimento é outro fator que deixa a pele ressecada devido aos anos de exposições ao sol e ao próprio envelhecimento natural do corpo.

É importante observar se o ressecamento da pele é temporário ou permanece, pois se persistir pode ser sinal de doenças como câncer de pele e hipotireoidismo.

Leia também: Pele ressecada: o que fazer?

Caso sua pele esteja ressecada, você pode tentar evitar algumas situações como acima descritas ou procurar o/a médico/a de família, clínico/a geral ou dermatologista para uma avaliação completa e identificação das possíveis causas do ressecamento da pele.

Também pode lhe interessar: Lábios ressecados: Quais são as causas e como tratar?

Há anos sofro com dores de cabeça terríveis...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sua dor de cabeça parece ser algum tipo de enxaqueca. Seu problema de pele pode ser algum tipo de alergia. Precisa procurar ajuda para os dois problemas, não acredito que eles possam estar relacionados.

Tinha fimose, mas com o tempo e esforço "rompi" a pele...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O aumento da sensibilidade na glande é um sintoma comum entre os homens que possuem fimose. O tratamento cirúrgico pode reduzir essa sensibilidade devido a exposição da glande que levará a maior resistência da pele e a formação aumentada de queratina local. Porém é preciso procurar um urologista, que após uma avaliação, poderá definir o melhor tratamento a ser seguido.

Glande

A glande é a região mais sensível do pênis. Trata-se de uma região bastante inervada, com objetivo de aumentar os estímulos durante uma relação, levando os impulsos nervosos que são responsáveis pela ereção e ejaculação.

Entretanto, nos casos de fimose, quando a glande passa a maior parte do tempo recoberta, é comum que essas sensações sejam ainda mais exacerbadas no momento em que ela é exposta. Algumas vezes esse aumento de sensibilidade causa desconforto e sensação desagradável.

Jovens que já foram submetidos à cirurgia de fimose, com a retirada do excesso de pele, tem a sua glande mais tempo exposta, o que desenvolve uma proteção e pele mais espessa (queratinização), reduzindo essa sensibilidade local.

Desempenho sexual

O desempenho sexual está mais relacionado ao seu bem estar, segurança e auto confiança. O que provavelmente após a resolução desse desconforto e sensibilidade aumentada, deverá acontecer naturalmente.

De qualquer forma, converse sobre o assunto com seu médico urologista, que poderá descartar outras causas possíveis para o assunto.

Portanto, o mais adequado é que procure um médico urologista, para avaliar a possibilidade de uma cirurgia reduzindo essa sensibilidade. E ainda, poderá orientar outras formas de diminuir esse sintoma.

Fimose

A fimose é a dificuldade em retrair o prepúcio, descobrindo a glande (cabeça do pênis), que pode se caracterizar em graus, leve, moderado e grave. É uma condição comum entre os homens, que costumam ser operar para retirar o excesso de pele ainda na infância.

Contudo, existem casos de fimose secundária, que acontece apenas na idade adulta, decorrente de infecções ou traumatismos, e que devem da mesma forma, passar por uma avaliação e tratamento específico com médico urologista, evitando complicações.

Leia também: Cirurgia de fimose causa aumento ou perda de sensibilidade na glande?

Minha axila esquerda está em carne viva e coçando...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Deve ser algum tipo de alergia ou infecção de pele, se for alergia pode ser por causa do desodorante. Diferentes condições podem desencadear vermelhidão e coceira nas axilas, entre elas tem-se a dermatite de contato, dermatite atópica, infecção por Candida ou mesmo dermatite seborreica. Consulte um médico para uma avaliação da lesão, diagnóstico e tratamento.

Dermatite de contato

A dermatite de contato é uma das principais causas de vermelhidão e coceira na região das axilas. É uma dermatite desencadeada por uma substância alérgena que ao entrar em contato com a pele provoca uma reação. Esse alérgeno pode estar presente em desodorantes, perfumes, sabonetes ou mesmo em tecidos que entrem em contato com a pele.

Geralmente, a pessoa nota uma associação entre o uso de um produto e o aparecimento das lesões que pode ser imediato ou demorar meses. Na presença de dermatite de contato é essencial suspender o uso do desencadeador dessa alergia, para que seja possível melhorar os sintomas.

Dermatite atópica ou eczema

O eczema é uma dermatite que geralmente se inicia ainda na infância, não é desencadeado por nenhuma substância alérgica em particular, mas sim por uma predisposição genética, que leva a uma reação alérgica na pele, provocando vermelhidão e intensa coceira.

A pele na dermatite atópica apresenta um aspecto ressecado. O eczema pode apresentar períodos de melhora ou de intensificação dos sintomas. As lesões são mais comuns nas regiões de dobras do corpo, como atras dos joelhos, no interior dos cotovelos ou nas axilas.

Candida

A candidíase é uma doença provocada pela presença da Candida na pele, um fungo, que se manifesta em regiões do corpo que são úmidas e quentes, por isso a região das axilas é um lugar comum de ser acometido pela Candida.

Esse tipo de infecção é mais frequente justamente durante o verão e períodos de maior calor, quando a sudorese intensa e o uso de roupas sintéticas e pouco ventiladas podem tornar a região das axilas propensas a adquirirem esse fungo.Os principais sintomas são erupção cutânea avermelhada, coceira intensa e inchaço da região.

Dermatite seborreica

É uma dermatite provocada pela produção excessiva de sebo e óleo na pele, acomete principalmente o couro cabeludo e o rosto, no entanto, outras áreas do corpo como axilas, nádegas e virilha também podem ser acometidas. Ocasiona vermelhidão, formação e descamação de placas amareladas ou esbranquiçadas de aspecto oleoso.

Caso apresente lesões nas axilas consulte um médico de família, clínico geral ou dermatologista para uma avaliação e tratamento mais adequado.

Tenho manchas escuras na boca, existe tratamento?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

O tratamento de qualquer situação ou doença médica é baseado num diagnóstico, a partir do estabelecimento do diagnóstico segue-se o tratamento que na medicina costuma ser específico e já pré definido, então você precisa ir a um médico, preferencialmente um dermatologista, esse médico fará o diagnóstico pela visualização da lesão e então vai propor a você um tratamento.

Existe método de postectomia que remova excesso de pele?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim. A postectomia pode ser realizada para correção da fimose ou para a retirada do excesso de pele.

Postectomia

A postectomia é um procedimento cirúrgico bastante antigo, realizado por cirurgião pediátrico ou urologistas. O procedimento consiste na retirada de excesso de prepúcio.

O excesso de pele pode causar a dificuldade de expor a glande, conhecida por fimose, ou causar desconforto estético, dificuldade na higiene pessoal, com maior frequência de infecções fúngicas e está também relacionado a maior incidência de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

As indicações da cirurgia devem ser avaliadas por um médico especialista.

E os benefícios descritos da cirurgia incluem: prevenção de infecção urinária e suas complicações, redução de risco de câncer de pênis, acredita-se que devido a menor frequência de infecções e também reduz o risco de DSTs.

As complicações relacionadas a cirurgia são raras, porém são descritas. As mais comuns são sangramento e estenose da glande pós operatória.

Prepúcio

O prepúcio é uma camada de dobra de pele e mucosa, que recobre a glande (cabeça do pênis), promovendo proteção e lubrificação ao órgão.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o prepúcio tem como principais funções, a de "manter a glande úmida, protegendo o pênis em desenvolvimento no útero e aumentar o prazer sexual, devido à presença de receptores nervosos."

O médico urologista e cirurgião pediátricos (para crianças), são os responsáveis por indicar e realizar o procedimento. Para mais informações agende uma consulta.

Pode lhe interessar também: Quando deve ser feita a postectomia?

Estou com manchas vermelhas pelo corpo o que pode ser?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Pela sua descrição parece um tipo de alergia (urticária) ou até uma infecção de pele. Outras causas possíveis de lesões vermelhas que causam coceira são a escabiose (sarna), o eczema e o Zika vírus.

Outras doenças menos comuns, mas que podem causar esses sintomas são as doenças autoimunes como lúpus e psoríase.

Portanto, no seu caso o mais adequado é procurar um médico clínico geral ou dermatologista para reavaliação e confirmação diagnóstica, principalmente porque para cada uma das doenças citadas exige um tratamento específico.

Urticária

A urticária é uma reação alérgica originada de diferentes causas, como por exemplo o uso de medicamentos, picadas de insetos, produtos químicos, alimentos, estresse e infecções.

Apesar da coceira, as manchas vermelhas costumam desaparecer espontaneamente em alguns dias, a não ser que o agente alérgeno seja mantido.

A urticária pode evolui também com maior gravidade, causando inchaço significativo nas pálpebras, nos lábios, na língua e na garganta. Nesses casos é necessário que a pessoa seja levada imediatamente a um serviço de emergência.

Escabiose (sarna)

A escabiose é uma doença causada pelo ácaro Sarcoptes scabieium, caracterizada por coceira intensa e manchas vermelhas, principalmente nas regiões de abdômen, parte interna dos braços, áreas genitais e coxas.

Sua transmissão pode ocorrer pelas roupas de uso comum (roupas de cama e banho), além do contato sexual.

Eczema

O eczema, conhecido por dermatite, é uma inflamação na pele que causa manchas vermelhas no corpo e coceira intensa, que se assemelham muito com a reação alérgica, causados por alérgenos. Apresentam como caraterísticas marcante, a piora com o estresse, temperaturas frias ou quentes, ou ainda se a pele for exposta à água ou ao sol.

Zika

Zika é uma doença causada pelo Zika virus (ZIKV), transmitida pela picada do mosquito Aedes. Seus sintomas mais comuns são a febre baixa, as manchas com coceira, vermelhidão nos olhos, dores nas articulações, mal-estar e dores de cabeça.

O médico dermatologista é o especialista em lesões de pele. Agende uma consulta para dar inicio o quanto antes ao seu tratamento.

Pode lhe interessar também: O que pode causar manchas vermelhas na pele?