Perguntar
Fechar
Reumatismo tem cura? Qual o tratamento?
Dra. Ângela Cassol
Dra. Ângela Cassol
Médico

Reumatismo é um termo genérico, leigo, que pode "englobar" mais de duzentas doenças que acometem as articulações, músculos, ligamentos, tendões e órgãos internos.

O reumatismo de partes moles (das estruturas periarticulares: tendinites e bursites) é o mais frequente, assim como a osteoartrite (artrose), mas também são doenças reumatológicas: Artrite reumatóide; Artrites por cristais (gota); Artrites infecciosas; Espondiloartropatias (Artrites reativas, espondilite anquilosante, artrite psoriásica); Artrites crônicas da infância (artrite reumatóide juvenil); Febre reumática e Osteoporose.

Todas estas doenças listadas tem tratamento e algumas delas podem ser curadas, como bursites, tendinites e febre reumática. As demais doenças podem ter controle satisfatório dos sintomas com o tratamento adequado.

Usualmente são usados anti-inflamatórios não esteroidais e corticoesteroides, associados a analgésicos e outras drogas específicas, como imunossupressores, a depender da doença.

Por englobar grupo tão grande de enfermidades, é muito importante caracterizar o tipo de reumatismo a fim de propor tratamento efetivo e adequado. O diagnóstico do tipo de reumatismo e o tratamento devem ser orientados pelo médico reumatologista.

Benzetacil pode ser tomada para o tratamento de reumatismo?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Na verdade o tratamento contínuo com a Benzetacil é para "febre reumática", não exatamente "reumatismo" da forma que você usa essa palavra. Pode ser usado na gravidez e na amamentação. Salvo alguma outra contra-indicação do seu médico.

O que é o reumatismo? Quais os sintomas?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Reumatismo é o nome dado a um grande grupo de doenças reumáticas, conhecidas também como problemas nas "juntas" (articulações).

No entanto, além das articulações, as doenças reumáticas podem causar danos a muitos outros sistemas, como os músculos, ossos, tendões, pele, pulmões, rim, sistema gastrointestinal, coração e até o sistema nervoso.

Quais são sintomas do reumatismo?

Como quase todas as doenças têm algum acometimento inflamatório das articulações, podemos dizer que os sintomas mais comuns são:

  • Dor nas articulações;
  • Inchaço, calor e vermelhidão nas articulações;
  • Piora da dor pela manhã ou com repouso prolongado
  • Rigidez e/ou limitação dos movimentos;
  • Cansaço freqeunte, mal-estar;
  • Febre (baixa);
  • Perda de peso;
  • Fenômeno de Raynaud.

O fenômeno de Raynaud é um sinal comum nas doenças reumáticas, caracterizado pela mudança de cor nas extremidades dos dedos, quando exposto a temperaturas frias. Geralmente se inicia com palidez, depois a pele se torna azulada e por fim, com o retorno da circulação, apresenta uma vermelhidão, edema (inchaço), dor e calor local.

Principais tipos de reumatismo1. Artrite reumatoide

A artrite reumatoide (AR) é uma doença autoimune, inflamatória crônica, que acomete ambos os sexos e idade, embora seja mais encontrada em mulheres acima dos 40 anos. A doença causa dor, calor, edema, rigidez matinal e deformidades, principalmente as articulações das mãos, punhos e joelhos.

2. Lúpus

O lúpus é uma doença inflamatória crônica, autoimune, sem causa definida, que também é mais comum nas mulheres do que os homens, com sintomas variados, porque pode atingir qualquer sistema do corpo. Os sintomas principais incluem as manchas na pele, febre, mal-estar, dores articulares, distúrbios respiratórios, feridas na boca e presença de nódulos ou caroços pelo corpo.

Cerca de metade das pessoas com lúpus apresenta um tipo de mancha no rosto, em forma de "borboleta", localizada nas bochechas e no nariz, que piora com a exposição ao sol.

Outros sintomas encontrados na doença lúpica, são o cansaço frequente, indisposição, queda de cabelo, perda de peso, sensibilidade à luz solar e insuficiência renal.

3. Fibromialgia

A fibromialgia é uma condição clínica caracterizada por dor muscular generalizada, que dura mais de 3 meses, associada a alteração de humor, distúrbios de sono, concentração e memória.

Apesar de todos os sintomas descritos, não existem evidências de inflamação local, o que atrasa o correto diagnóstico e início do tratamento.

4. Esclerodermia

A esclerodermia é caracterizada por uma inflamação crônica do tecido conjuntivo, com aumento de fibrose em todo o corpo, tornando a pele mais endurecida, escura e brilhosa. A doença pode ser localizada, atingindo apenas os membros e rosto, ou sistêmica, acometendo todo o corpo, além dos órgãos internos.

Os sintomas típicos são, portanto, o enrijecimento da pele, fenômeno de Raynaud (coloração azulada nas extremidades), além de dor nas juntas, rigidez e deformidades, com limitação dos movimentos. Pode haver também comprometimento pulmonar, gástrico, intestinal, renal ou do sistema neurológico.

5. Síndrome de Sjogren

A síndrome de Sjogren é uma doença autoimune onde o sistema imunológico ataca as glândulas responsáveis por produzir saliva e lágrimas. Portanto, tem como principais sintomas a boca seca e os olhos secos. A síndrome de Sjogren também pode afetar outras partes do corpo, incluindo articulações, pele e nervos. Quando isso acontece, pode haver dor nas articulações ou nos músculos, pele seca, manchas na pele, feridas crônicas e doenças nos nervos periféricos.

6. Gota

Gota é um tipo de reumatismo, causado pelo acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações, especialmente no hálux (dedo maior do pé). Esse tipo de reumatismo é mais comum em homens e pessoas que consomem muita carne vermelha. O quadro é caracterizado pelo inchaço agudo do dedão, com dor intensa, vermelhidão e calor local.

7. Espondilite anquilosante

Espondilite anquilosante é uma doença inflamatória crônica, de origem genética, que afeta as articulações da coluna vertebral e as grandes articulações do corpo, como quadril e ombro, sobretudo homens com menos de 40 anos.

Trata-se de um tipo de reumatismo que causa importante dor e rigidez na coluna, especialmente pela manhã, levando a imobilidade com o passar dos anos. O repouso piora os sintomas e a prática de exercícios ajuda no alívio da dor e retarda a evolução da doença.

Qual o tratamento para o reumatismo?

O tratamento das doenças reumáticas varia de acordo com a causa e o estágio da doença. No entanto, as opções mais utilizadas são:

  • Anti-inflamatórios
  • Corticoides
  • Imunossupressores
  • Fisioterapia
  • Terapia ocupacional
  • Psicologia e
  • Cirurgia (mais raramente).

As artrites, espondiloartrites, febre reumática, tendinites, osteoporose, artroses, LER (lesão por esforço repetitivo), entre outras, também são consideradas tipos de reumatismo, cada um com as suas próprias características.

Sendo assim, na suspeita de um problema reumático, e para maiores esclarecimentos sobre as doenças reumatológicas, procure o seu médico de família ou reumatologista.

Referência:

Sociedade Brasileira de Reumatologia.