Perguntar
Fechar

Tabagismo

Fumar narguilé faz mal?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim, fumar narguilé faz mal à saúde. A ideia de que o narguilé não faz mal porque inala-se vapor ao invés de fumaça não é verdadeira. Durante uma sessão de uma hora de narguilé, a quantidade de fumaça inalada equivale a fumar entre 100 e 200 cigarros.

Isso porque, ao fumar narguilé, a pessoa fica exposta por muito mais tempo à fumaça do tabaco, já que o tempo de duração de um cigarro é de apenas alguns minutos. 

Portanto, assim como o cigarro, o narguilé traz diversos malefícios para a saúde, pois reduz a capacidade respiratória, aumenta o risco de câncer de pulmão, insuficiência respiratória aguda (nos casos mais graves), transmissão de doenças infectocontagiosas, como a tuberculose, uma vez que a mesma piteira é usada por todos, doenças cardiovasculares (infarto, acidente vascular cerebral), câncer de boca e bexiga, além de poder criar dependência.

Também pode lhe interessar: 

Narguilé é mais prejudicial que cigarro?

É importante lembrar que o narguilé possui muitas das substâncias tóxicas do cigarro, como monóxido de carbono, hidrocarbonetos, nicotina, formaldeído, entre outros, o que pode causar bronquite e diminuir a capacidade respiratória após um ano de uso.

Além disso, o tabaco do narguilé possui uma concentração muito maior de nicotina, monóxido de carbono e alcatrão do que o cigarro.

Veja também: Quais são os efeitos da nicotina no organismo?Fumar pode causar ejaculação precoce?

Os malefícios do narguilé podem ser ainda maiores, já que ao fumar narguilé a pessoa inala as toxinas do tabaco e as do carvão, que estão associadas ao desenvolvimento de câncer de pulmão e outras doenças.

Fumar narguilé eletrônico faz mal?

Existem raras evidências científicas sobre os malefícios do narguilé eletrônico. Quando não há nicotina, pode haver uma menor possibilidade de causar dependência.

Também não existe a queima do tabaco, que é um dos principais fatores prejudiciais do fumo devido à alta temperatura da fumaça e das substâncias tóxicas que ela contém.

Leia também: Fumante passivo é pior do que ativo?

Contudo, é preciso saber ao certo quais as substâncias que estão sendo inaladas no narguilé eletrônico e não há ainda análises químicas e estudos sobre os seus efeitos no organismo. Há ainda o risco do próprio fumo em si, que pode causar danos para o corpo.

Porém, já se sabe que o narguilé eletrônico pode afetar a saúde da pessoa que o utiliza.

Para maiores esclarecimentos sobre o uso de narguilé convencional ou eletrônico, fale com o seu médico de família ou consulte um clínico geral ou pneumologista.

Também podem lhe interessar;

Como funciona o adesivo de nicotina para parar de fumar?

6 Dicas para Parar de Fumar

Fumar durante a gravidez faz mal para o bebê?

Fumar e tomar anticoncepcional faz mal?

Fumar corta o efeito de alguns remédios?

Tomografia: pulmões com estrias densas situadas em ambos...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pelo que você citou parecem sequelas pulmonares decorrentes de algo que já aconteceu no passado. Pode ser por infecções pulmonares, cigarro (talvez). Geralmente essas lesões cicatriciais já estão definidas e não há muito o que fazer. A única forma de tratamento é a retirada cirúrgica (raramente é feita, somente em situações muito específicas).

Tomo uma cartela de anticoncepcional seguida da outra...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Em relação a tomar o anticoncepcional continuadamente, não existe uma contra-indicação forte, apesar de não ser muito indicado fazer isso por muitos meses. Algumas mulheres emendam uma cartela na outra para muitas vezes não menstruarem em dias que seria inconveniente menstruar.

Cigarro não combina com nada que seja saudável e muito menos com anticoncepcional, o uso concomitante dos dois pode aumentar as chances de muitas doenças relacionadas a circulação sanguínea.

Quais são os efeitos da nicotina no organismo?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Os efeitos da nicotina incluem melhora leve do humor, diminuição do apetite, relaxamento muscular, aumento dos batimentos cardíacos, pressão arterial, frequência respiratória e atividade motora. A nicotina também tem ação vasoconstritora, ou seja, reduz o calibre dos vasos sanguíneos e ainda favorece a formação de coágulos.

A nicotina é um estimulante do sistema nervoso central. Trata-se de uma substância que provoca dependência química, física e psicológica, cujos efeitos interferem no organismo e no comportamento de quem fuma. 

A intensidade da dependência da nicotina aumenta com o número de cigarros consumidos por dia e o tempo de tabagismo.

Além de ser a responsável pelo vício de fumar, a nicotina potencializa a ação da fumaça do cigarro, aumentando o risco de derrame, infarto, doenças pulmonares e vários tipos de câncer.

Com o passar do tempo, a pessoa fica cada vez mais tolerante aos efeitos da nicotina no organismo. Isso significa que para sentir os mesmos efeitos do início do vício, é preciso consumir doses cada vez maiores.

Ao parar de fumar abruptamente ou diminuir o número de cigarros consumidos por dia, o indivíduo pode apresentar uma série de sintomas, que caracterizam a síndrome de abstinência de nicotina.

Esses sinais e sintomas podem incluir insônia, perturbações físicas e psicológicas, humor deprimido, irritabilidade, ansiedade, agitação, dificuldade de concentração, prisão de ventre, diminuição da frequência cardíaca, aumento do apetite, ganho de peso, entre outros.

Contudo, a síndrome da abstinência da nicotina normalmente desaparece depois de uma ou duas semanas que a pessoa deixou de fumar.

Uma forma de reduzir os efeitos de abstinência é através do uso do adesivo de nicotina, que permite que o corpo absorva nicotina através da pele, diminuindo os sintomas.

Saiba mais em: Como funciona o adesivo de nicotina para parar de fumar?

Em alguns casos para diminuir a ansiedade decorrente da cessação do uso também podem ser administrados medicamentos antidepressivos como a bupropiona.

Os adesivos de nicotina e a bupropiona são distribuídos gratuitamente pelo SUS. Para ter acesso ao tratamento para parar de fumar, procure uma Unidade Básica de Saúde.

Também pode lhe interessar:

Fumar corta o efeito de alguns remédios?

6 Dicas para Parar de Fumar

Fumar narguilé faz mal?

O que é enfisema pulmonar, quais os sintomas, causas?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Enfisema pulmonar é uma doença caracterizada pela destruição progressiva dos alvéolos pulmonares, com formação de "grandes bolhas de ar" no lugar do tecido pulmonar normal.

A principal causa do enfisema pulmonar é o tabagismo.

Os sintomas são tosse seca e falta de ar, o tratamento e sintomático e paliativo (ou seja não há tratamento).

Deve procurar um pneumologista. Enfisema pulmonar não tem cura, só tratamento.

Saiba mais em:

Qual é o tratamento para enfisema pulmonar?

Enfisema pulmonar é câncer?

Como funciona o adesivo de nicotina para parar de fumar?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O adesivo de nicotina é um medicamento indicado para quem quer parar de fumar. O adesivo transdérmico permite que o corpo absorva nicotina através da pele, diminuindo os efeitos de abstinência da nicotina.

O uso do adesivo de nicotina deve começar no dia seguinte ao que a pessoa parou de fumar. A aplicação deve ser feita de manhã, em locais do corpo livres de pelos. Os adesivos devem ser trocados a cada 24 horas.

Em geral, são utilizados adesivos com 30 mg de nicotina, que correspondem a 20 cigarros. A dose deve ser calculada de acordo com o consumo médio de cigarros por dia. Portanto, pessoas que fumam 2 maços por dia precisam de 2 adesivos de 30 mg.

O tempo de tratamento para parar de fumar é de cerca de 12 semanas (4 semanas com adesivos de 30 mg + 4 semanas com adesivos de 20 mg + 4 semanas com adesivos de 10 mg). Porém, alguns indivíduos podem precisar de menos tempo, enquanto outros necessitam usar os adesivos por mais de 1 ano.

O tratamento para parar de fumar é mais eficaz se combinar o adesivo de nicotina com as gomas ou chicletes de nicotina, já que o uso combinado dos dois métodos promove um maior alívio dos sintomas de abstinência do cigarro.

Também pode lhe interessar: 6 Dicas para Parar de Fumar

Os adesivos de nicotina são contraindicados em casos de gravidez, amamentação, doenças de pele que impedem a aplicação, como psoríase e dermatite de contato, bem como nos primeiros 15 dias após um infarto.

Dentre os efeitos colaterais mais comuns do adesivo estão a coceira, a vermelhidão e o inchaço no local da aplicação. Recomenda-se variar as áreas de aplicação para evitar a irritação na pele. Em caso de reação alérgica à cola do adesivo, é necessário suspender o tratamento.

Os adesivos de nicotina são distribuídos gratuitamente pelo SUS. Para ter acesso ao tratamento para parar de fumar, procure uma Unidade Básica de Saúde.

Saiba mais em: 

Quais são os efeitos da nicotina no organismo?

Fumar narguilé faz mal?

Cigarro pode causar tonturas?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não acredito que cigarro cause tonturas (somente ser for muitos por dia). Os efeitos do Bup você só vai descobrir depois que começar a tomar (eles são diferentes para cada pessoa: alguns pacientes não tem nenhum e outros tem tantos efeitos colaterais que precisam parar de tomar).

Meu marido está com enfisema pulmonar...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A escolha é do seu marido, ele deve parar de fumar se não parar e não fizer o tratamento terá que pagar o preço de suas escolhas. E o preço muitas vezes é bem caro.

37 anos, sedentária, fumante, dores na boca e dor no peito?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pode começar com um clínico geral mesmo ele iniciará o seu tratamento e investigação, caso haja necessidade te encaminhará para outras especialidades.

Deixei de fumar e agora meus intestinos não funcionam...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Primeiro deve realmente parar de fumar e segundo deve procurar ajuda ou de um médico para te receitar medicamentos ou um psicólogo para fazer psicoterapia e tentar "organizar" essas suas ansiedades. dieta rica em fibras e exercícios físicos regulares vão fazer seu intestino funcionar bem depois que resolver o restante.

Parei de fumar, ainda tenho riscos de doenças pulmonares?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Seu pulmão vai limpar em parte, mas nunca será igual ao pulmão de um não fumante e sempre ficará com um risco maior para doenças pulmonares (incluindo o câncer), claro que como você parou de fumar esse risco será bem menor do que o risco de alguém que continua fumando.