Perguntar
Fechar

Tendinite

Sinto dor no tendão de Aquiles. O que pode ser e o que devo fazer?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Dor no tendão de Aquiles é um sintoma de tendinite (inflamação no tendão). A tendinite de Aquiles causar dor na parte de trás da perna, na região próxima ao calcanhar. 

O tendão de Aquiles, também conhecido como tendão calcâneo, liga os músculos da panturrilha ao osso do calcanhar. É através dele que os músculos puxam o pé para baixo para nos impulsionar quando andamos, corremos ou pulamos.

Apesar de ser um tendão bastante forte e aguentar grandes tensões, o tendão de Aquiles também pode ficar inflamado quando é sobrecarregado pelo uso excessivo ou repetitivo.

Os principais sinais e sintomas da tendinite são dor e rigidez no tendão de Aquiles ao acordar, dor no tendão ou atrás do calcanhar que piora ao caminhar, correr ou subir escadas, dor intensa no dia seguinte aos exercícios, inchaço e aumento de volume do tendão.

No tendão de Aquiles, as principais causas de tendinite estão relacionadas com o esforço repetitivo, como andar, correr, saltar e subir escadas. Todos esses movimentos podem gerar tendinite e causar dor no tendão de Aquiles.

A tendinite também pode ser causada por um crescimento ósseo no local de inserção do tendão no osso (esporão calcâneo), traumas (pancadas), uso de calçados que apertam o tendão de Aquiles, infecções, além de outras doenças menos comuns.

Veja também: O que é a tendinite?

A tendinite de Aquiles pode ocorrer no meio do tendão ou na parte inferior do calcanhar, onde ele se insere no osso. No primeiro caso, mais comum em pessoas jovens e ativas, ocorrem pequenas rupturas no tendão, que fica inchado e mais grosso. No segundo, as partes danificadas do tendão podem calcificar e gerar esporões calcâneos.

Para aliviar a dor no tendão de Aquiles, a primeira coisa a fazer é diminuir ou interromper as atividades de impacto que pioram a dor, como correr ou saltar, por exemplo. A aplicação de gelo também ajuda a controlar a inflamação e aliviar a dor. A aplicação pode ser feita ao longo do dia, a cada 2 horas, durante 20 minutos.

O tratamento da tendinite também pode incluir medicamentos anti-inflamatórios e fisioterapia (eletroterapia, termoterapia, exercícios de alongamento e fortalecimento). A cirurgia pode ser indicada se a dor no tendão de Aquiles não melhorar após 6 meses de tratamento.

Se a dor persistir, consulte um médico clínico geral, médico de família ou ortopedista para receber um diagnóstico e tratamento adequado.

Saiba mais em: 

Quais são os sintomas da tendinite?

É possível curar uma tendinite? Qual é o tratamento?

Quais são os sintomas da tendinite?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Os principais sintomas da tendinite são: dor, inchaço, espessamento do tendão acometido, vermelhidão, calor local, dificuldade de movimentação e redução da força. Como complicação, também podem aparecer dificuldades em realizar determinados movimentos ou fraqueza muscular.

Quais são os sintomas de tendinite no ombro?

A tendinite no ombro provoca dor em toda a articulação, num local específico do ombro ou pode irradiar para o braço. A dor se agrava ao realizar movimentos que envolvem os ombros, sobretudo se a pessoa tiver que levantar os braços. Também pode haver diminuição da força muscular no braço.

Quais são os sintomas de tendinite no braço?

O cotovelo de tenista, como é chamada popularmente a epicondilite, é uma tendinite muito frequente no braço, mais especificamente no cotovelo.

O principal sintoma da epicondilite é a dor no cotovelo, que se agrava ao levantar o punho, levantar objetos pesados, pegar ou apertar algum objeto. A dor nesse tipo de tendinite pode irradiar do cotovelo para o braço ou para o antebraço.

Quais são os sintomas de tendinite no joelho?

No joelho, a tendinite caracteriza-se pela dor no tendão patelar, localizado logo abaixo da patela ou "rótula". A dor se agrava quando a pessoa salta, caminha, corre, flexiona ou estende o joelho.

Veja também: Joelho inchado: o que pode ser?

Esse tipo de tendinite afeta sobretudo pessoas que praticam esportes com saltos, corridas, caminhadas e ciclismo.

Quais são os sintomas de tendinite no pé?

No pé, mais especificamente no calcanhar, a tendinite acomete principalmente o tendão de Aquiles. Nesses casos, a dor no tendão de Aquiles piora depois do exercício físico, ao levantar os dedos do pé ou durante o alongamento dos músculos da panturrilha.

O tendão também pode ficar inchado e apresentar rigidez logo pela manhã, podendo causar limitação dos movimentos do tornozelo.

Esse tipo de tendinite tem como principal causa a prática excessiva de atividade física. Outras causas incluem ainda tensão da musculatura da panturrilha, corridas em subidas ou mudança do calçado usado na prática esportiva.

O que é tendinite e como é o tratamento?

A tendinite é uma inflamação dos tendões, que são as estruturas fibrosas responsáveis por ligar os músculos aos ossos. Esforços físicos excessivos ou repetitivos, pancadas, infecções e algumas doenças mais raras são as principais causas de tendinite.

O tratamento geralmente inclui repouso, alongamentos e medicação analgésica ou anti-inflamatória. O acompanhamento pode ser feito pelo/a ortopedista, médico/a de família ou clínico/a geral.

É possível curar uma tendinite? Qual é o tratamento?
Dr. Gabriel Soledade
Dr. Gabriel Soledade
Médico

Dependendo da causa, é possível sim. A tendinite é uma inflamação dos tendões, que são as estruturas que unem os músculos aos ossos. Para a cura da tendinite, é necessário eliminar ou tratar as causas dessa inflamação.

Uma causa comum de tendinite são os esforços repetitivos, frequentemente associados ao trabalho. Nesse caso, o repouso associado ao uso de medicação pode resolver o problema.

Em outras situações, quanto a inflamação é provocada por algum trauma ou doenças reumáticas, tratamentos com medicações mais específicas e até mesmo cirurgias podem ser necessárias.

Medidas não medicamentosas como exercícios físicos leves, alongamento, acupuntura, homeopatia, lian gong, massoterapia entre outras também podem ser muito úteis, principalmente quando utilizadas em conjunto com o tratamento convencional.

De qualquer forma, é fundamental o paciente procurar um médico ortopedista, reumatologista ou médico do trabalho para realizar o acompanhamento mais adequado possível.

Também pode lhe interessar:

O que é lesão por esforço repetitivo (LER)?

Sinto dor no tendão de Aquiles. O que pode ser e o que devo fazer?

O que é a tendinite?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Tendinite é a inflamação dos tendões (estruturas responsáveis por unir os músculos aos ossos).

Essa inflamação pode ser causada por esforços excessivos ou repetitivos, traumas (pancadas), infecções e algumas outras doenças menos comuns.

Os sintomas incluem dor, inchaço, espessamento do tendão acometido, vermelhidão, calor local, dificuldade de movimentação e redução da força.

O diagnóstico é feito pela história contada pelo/a paciente, exame físico e alguns exames de imagem como ultrassom, tomografia e ressonância caso seja necessário. O raio-X em geral é pouco útil, já que os tendões não são visíveis nesse tipo de exame.

O tratamento inclui principalmente repouso, alongamentos e medicações analgésicas ou anti-inflamatórias. Compressas mornas são úteis e, em casos extremos, pode ser indicado algum tipo de cirurgia. Além disso, é fundamental encontrar qual foi o fator desencadeante, para que novos episódios possam ser evitados.

Para um tratamento adequado, é indicado uma consulta com o/a ortopedista, médico/a de família ou clínico/a geral para uma avaliação e orientação.

Também pode lhe interessar: Sinto dor no tendão de Aquiles. O que pode ser e o que devo fazer?

Posso curar de uma tendinite no joelho, usando Torsilax?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Talvez, o Torsilax é um remédio composto por diclofenaco, um anti-inflamatório, paracetamol, um analgésico, além de relaxante muscular, o carisoprodol. Pode assim aliviar as dores, inchaço e desconforto causados pela tendinite, que é considerada uma inflamação do tendão, sendo muitas vezes suficiente para o tratamento se usado adequadamente pelo período correto.

No entanto, há muitos casos de dores, edema associados ao tendão que não são causados por uma tendinite, ou seja, podem não estar associados a processos inflamatórios, mas estão mais relacionados ao processo de deterioração do tendão, nesse caso tem-se uma tendinopatia, que pode ou não cursar com a inflamação.

Em muitos casos além do uso de analgésicos, pode estar recomendado o tratamento com fisioterapia, que propicia através de diferentes técnicas, como ultrassom e exercícios de alongamento e força, recuperar a funcionalidade do tendão e diminuir o risco de novos episódios de dor.

Veja também: O que é tendinite?

Para mais informações consulte o seu médico de família ou clinico geral para uma avaliação, eventualmente pode ser necessário o acompanhamento por um médico ortopedista. Evite usar medicamentos que contenham anti-inflamatórios sem prescrição médica.

Leia mais sobre o assunto em:

É possível curar uma tendinite? Qual é o tratamento?

Estou com tendinite no joelho, é uma inflamação no tendão?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Tendinite é uma inflamação no tendão. Talvez remédios caseiros te ajudem, assim como também podem piorar, tudo depende do que pretende fazer.

Dor na mão pode ser tendinite?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Dor na mão pode ser tendinite.

Para determinar a causa específica de uma dor na mão, é necessário um exame físico detalhado realizado pelo/a médico/a juntamente com a história clínica do paciente e possíveis realizações de exames complementares como radiografia.

Certas questões devem ser investigadas como a presença de atividades laborais e recreacionais, a dominância da mão (destro/a ou canhoto/a) e o mecanismo do trauma quando presente.

A dor na mão pode ter causas diversas e não apenas tendinite. Para definir ao certo a causa, o/a médico/a fará uma avaliação detalhada de onde exatamente é a dor, quanto tempo ela dura, em quais situações que ela é mais frequentes e a associação com movimentação e realização de certas atividades.

Observe melhor essa dor e essas questões levantadas acima antes de consultar o/a médico/a.

Leia também:

Quais as causas de dor no punho e como tratar?