Perguntar
Fechar

Ultrassom

Já fiz exames de Gravidez e todos negativos, devo repetir?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

De que te adianta fazer novo exame de sangue se o seu problema já foi encontrado, se é uma gravidez nas trompas o médico ginecologista vai conduzir o tratamento correto, provavelmente aguardando alguns dias e repetindo o Exame de Ultrassonografia Transvaginal, se for uma menstruação que está para vir espere um pouco que ela vai descer ou o médico ginecologista vai medicar com medicamentos para ela descer. Você precisa de tratamento e não de novos exames. Fique calma e tranquila e confie no seu médico que ele vai conduzir o seu tratamento, se não se sente segura mude de médico, mas de nada adianta querer fazer mais exames.

É possível fazer ultrassonografia transvaginal estando menstruada?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. A ultrassonografia transvaginal pode ser feita mesmo com a paciente menstruada.

O ultrassom transvaginal é solicitado para avaliar os órgãos pélvicos da mulher. Isso pode ser feito ao longo de todo o ciclo. Em alguns casos específicos, o/a médico/a poderá solicitar que o exame seja feito durante a menstruação. Se houver essa indicação, a mulher deve fazer o exame no período menstrual. Caso nenhuma indicação específica seja feita, a mulher é orientada a fazer a ultrassonografia em outro período do ciclo não estando menstruada.   

Aconselha-se, geralmente, que o exame seja feito fora do período menstrual para não gerar na mulher o desconforto com o sangramento durante o exame. Por isso, logo quando acabar o sangramento, a mulher já pode realizar o exame.

Fiz dois Beta-HCG e o segundo foi menor, estou com...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Redução no nível de Beta-HCG pode significar perda da gestação. Precisa centrar seu tratamento médico em apenas um profissional, a segunda opinião sempre é válida, mas precisa de um único médico para conduzir seu pré-natal, caso contrário as coisas vão ficar confusas e você vai se sentir perdida.

Cisto de ovário e mioma...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

1° Sim, o procedimento está correto. Mesmo que estivesse errado eu responderia que está correto, eu não sou juiz dos procedimentos dos colegas. Cistos simples de ovário geralmente se opta pela conduta espectante (esperar e controlar) se crescer dai sim operar e em relação ao mioma (esqueça ele).

2° Vai dizer se o cisto tem vascularização (veias e artérias que o alimentam), quanto mais vascularizado mais chance de ser um tumor não benigno.

3° O CA125 é um marcador tumoral e está aumentado em casos de tumores não benignos.

Estou com um carroço no pescoço, pode ser câncer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sim, poder ser câncer sim. Toda lesão nodular, resultante do aumento de um linfonodo do pescoço pode ser câncer (linfoma). Porém está é uma ocorrência rara, geralmente os "caroços" linfonodos do pescoço quando estão aumentados são em decorrência de algum tipo de inflamação, que algumas vezes encontramos as causas fazendo os exames que você fez e em boa parte das vezes não encontramos as causas. Fazer a biópsia realmente encerra o caso no que diz respeito ao diagnóstico, porque vai realmente dizer o que é.

É possível ver que está grávida num ultrassom pélvico?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. O ultrassom pélvico detecta a presença de gravidez.

O ultrassom pélvico serve para avaliar órgãos e estruturas pélvicas da mulher como útero, endométrio, ovários, trompas uterinas, etc. É um exame de imagem em que, através de um aparelho, o/a médico/a visualiza de imediato normalidades ou possíveis alterações nessa região.

Examinando com maior proximidade e nitidez, estruturas e órgãos pélvicos como o útero, os ovários, o colo do útero e as trompas, o exame pode ser indicado para avaliar a espessura do endométrio; sangramento uterino; presença de massa pélvica (mioma, câncer); anomalias no útero; localização do DIU; avaliação da gravidez e auxiliar as técnicas de reprodução assistida.

Leia também:

O que é ultrassom obstétrico e para que serve?

Na ultrassonografia transvaginal dá para saber o sexo do bebê?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. A ultrassonografia transvaginal permite visualizar o órgão genital do feto a depender da semana gestacional em que é feito e da posição em que o feto encontra-se no útero.

A ultrassonografia transvaginal é indicada para detectar precocemente a gravidez e avaliar aspectos da anatomia do feto, bem como a implantação da placenta.

A depender da posição do feto e da implantação da placenta, é possível identificar o sexo a partir das 13ª ou 16ª semana de gestação pela ultrassonografia transvaginal.

Quero saber o que significa essas alterações no meu exame?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Assim como todos os outros exames que existem a ultrassonografia transvaginal é somente uma parte do todo (história clínica, exame físico, suposições diagnósticas, exames, resposta terapêutica...). No seu caso é um exame alterado, que diz muita coisa, vai ser de grande ajuda para seu médico, porém se quer saber o que é, é difícil dizer exatamente, são ovários que estão aumentados de tamanho a custas de cistos (mais preocupantes no lado direito), pode significar apenas cistos sem nenhuma importância como podem significar doenças mais sérias. Precisa voltar ao seu médico, assim que for possível e mostrar o exame.

Ultrassom transvaginal tem algum risco para o bebê?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não, ultrassom transvaginal não oferece nenhum risco para o bebê. A sonda introduzida para fazer o exame não irá machucar o bebê, que está bem protegido no útero. A ultrassonografia também não emite radiação, como o raio-X, e as ondas de alta frequência emitidas pelo aparelho não prejudicam o bebê.

Além de não trazer riscos para o bebê, o ultrassom transvaginal é fundamental para acompanhar o desenvolvimento e a saúde do feto, detectar malformações e identificar sinais de doenças genéticas, como a síndrome de Down. 

No 1º trimestre de gravidez, o principal objetivo do exame é o rastreamento de anomalias genéticas. O ultrassom transvaginal pode ser realizado entre a 11ª e a 14ª semana de gestação, de preferência entre a 12ª e a 13ª semana.

A sensibilidade da ultrassonografia transvaginal para detectar a síndrome de Down é de aproximadamente 90% e cerca de 60% das malformações fetais podem ser identificadas nesta fase através do exame.

O médico ginecologista poderá esclarecer as suas dúvidas sobre o ultrassom transvaginal e tranquilizá-la para a realização do exame.

Pode lhe interessar também:

É possível um exame de ultrassom não mostrar o feto?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Os sinais no ultrassom que indicam gravidez começam a aparecer somente a partir da quinta semana (ou um pouco mais em boa parte das vezes) existe a chance então de você estar grávida e não ter aparecido nada, como pode ser que não esteja grávida.

Cisto no ovário... resultado de ultrassom...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

No seu caso o ideal é:

1) Ficar calma e tranquila que pelo seu exame não é nada para você se preocupar;

2) Fazer um novo ultrassom após um ano (se você tiver muito ansiosa, então repita o ultrassom em 6 meses).

Quero saber sobre resultado de exame transvaginal...
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

O resultado do exame apresenta um volume uterino levemente aumentado e um provável mioma uterino.

O que é imagem uterina em AVF?

O termo AVF significa anteversoflexão. Trata-se da apresentaçaõ mais comum do útero nas mulheres. Existem outras variações de posição, que são a medioversão (útero mediovertido) e a retroversão (útero retrovertido).

O que é ecotextura miometrial heterogênea?

O miométrio é a camada mais grossa do útero, composta por músculo. É a camada do meio do útero, portanto fica entre o endométrio (camada interna) e o perimétrio (camada externa).

Na ultrassonografia, essa camada é vista de maneira regular e uniforme. Quando por algum motivo, seja presença de nódulos, cistos ou tumores, ela apresenta irregularidade, a imagem é descrita como heterogênea.

Leia também: O que é miométrio heterogêneo?

Nódulo sólido hipoecoico

A presença de um nódulo hipoecoico, ou hipoecográfico, significa que existe um nódulo de baixa densidade, por isso reflete pouco na imagem do ultrassom. O que sugere na prática médica, entre outras patologias, um caso de mioma.

Leia também: O que é um nódulo hipoecóico e hipoecogênico?

Volume uterino normal no exame de imagem (US)

No exame de ultrassom do útero existem medidas padrão, consideradas normais para a idade e peso, que variam entre 50 e 90 cm², podendo até chegar a 160 cm² para mulheres multíparas, sem que configure um problema de saúde.

Entretanto um exame de imagem não é capaz de determinar um diagnóstico. É fundamental que o exame seja levado para o/a médico/a que solicitou o exame para uma avaliação completa e devidas orientações.