Perguntar
Fechar

Ultrassom

Dá para ver vermes pelo ultrassom!
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Ultrassom não serve para ver vermes. Eventualmente em situações específicas até pode ser usado para avaliar possíveis complicações das parasitoses, contudo esse não parece ser o seu caso. Procure um médico de família ou um clínico geral para uma avaliação inicial do seu caso.

Esteja também atenta a possíveis sintomas das verminoses e parasitoses intestinais, que quando presentes também contribuem para a suspeita desse tipo de problema. Os principais sintomas são:

  • Dor abdominal;
  • Vômitos;
  • Alteração do hábito intestinal;
  • Diarreia;
  • Constipação;
  • Emagrecimento;
  • Fraqueza.
Como é feito o diagnóstico das parasitoses intestinais?

O diagnóstico das parasitoses intestinais é feito principalmente através do exame de fezes, que geralmente deve ser colhido em três amostra, o exame pode também ter que ser repetido mais de uma vez, isto porque pode ser difícil detectar o parasita. Por esse motivo, um exame negativo também não afasta totalmente a possibilidade de verminose, nessa situação o médico irá correlacionar o exame com os sintomas clínicos e avaliar a possibilidade de tratamento.

Com o exame de fezes pode-se detectar os principais parasitas como a Giardia lamblia, Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Entamoeba histolytica, Cryptosporidium, Ténias, entre outros.

Exame de sangue não são necessários para o diagnóstico das parasitoses, no entanto, em algumas situações a presença de eosinofilia, ou seja, aumento do número de eosinófilos pode sugerir a presença de parasitas se outros sintomas sugestivos também estiverem presentes. O hemograma pode ainda mostrar uma possível anemia também frequente em casos de parasitoses intestinais crônicas.

Exames de imagem raramente são necessários, mas podem ajudar na pesquisa de complicações, como obstrução intestinal.

Consulte o seu médico caso apresente sintomas sugestivos de parasitose.

Fiz um ultrassom, o diagnóstico foi Tireoidite de Hashimoto?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não há muito o que dizer, você está com uma doença auto-imune chamada Tireoidite de Hashimoto, é um tipo de inflamação da tireoide causada por anticorpos produzidos pelo seu próprio corpo.

É possível ecografia dar resultado com sexo do bebê errado?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, é possível errar o sexo do bebê com a ecografia (ultrassom). Exames de ecografia que são realizados muito precocemente tem maior chance de apresentar um resultado errado, isto porque a genitália do feto é muito semelhante nos dois sexos no início da gestação.

Além disso, a posição do feto durante o exame do ultrassom também pode dificultar a visualização do sexo do bebê e confundir o médico que está realizando o exame.

É ainda possível que o pênis do menino fique um pouco escondido e o profissional interpretar que portanto o bebê seja uma menina, também é possível ocorrer o oposto, quando o profissional confunde o clitóris da menina com um pênis.

Pesquisas mostram que a possibilidade de acerto do sexo do bebê através do ultrassom pode variar de 80 a 90%, a depender da época da gestação em que foi feito o exame.

Recomenda-se que o exame para visualização do sexo do bebê seja feito um pouco mais tarde, por volta da 16ª a 20ª semana, nesse período os genitais estão um pouco mais diferenciados e o pênis de bebês do sexo masculino já está um pouco maior, sendo mais fácil a diferenciação a partir da vigésima semana.

Converse com o médico que está acompanhando a gestação para esclarecer mais dúvidas sobre o exame de ultrassom e o sexo do bebê.

Além disso,

Leia também: Na ultrassonografia transvaginal dá para saber o sexo do bebê?

Exame transvaginal é doloroso?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

O ultrassom transvaginal geralmente não causa dor, mas pode gerar algum desconforto se não for realizado de maneira correta ou se a mulher não estiver suficientemente relaxada e tranquila no momento do exame. 

A dor e o desconforto são percepções muito individuais e dependem de vários fatores no momento do exame como: confiança no profissional que está realizando o exame, ambiente calmo e acolhedor, tranquilidade e relaxamento da mulher. 

O ultrassom transvaginal é realizado através da introdução de um transdutor que emite ondas sonoras na vagina, esse transdutor é coberto por um preservativo e com um pouco de gel de modo a facilitar a realização do exame, causar menos desconforto e proteger a vagina.

Leia mais sobre em:

Ultrassom transvaginal dói?

Dor na vagina após ultrassom transvaginal, o que pode ser?

Qual a frequência que se deve fazer ultrassom para ovário policístico?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A frequência que se deve fazer o exame de ultrassom em caso de ovário policístico depende do tratamento que está sendo feito, do objetivo final do tratamento, entre outros fatores.

Cabe ao/à médico/a ginecologista definir a regularidade das consultas e dos exames de ultrassom que devem ser feitos, de acordo com o seu caso.

De qualquer maneira, você não deve ficar mais de um ano sem ir ao/à ginecologista.

Independentemente de ter ovários policísticos ou não, toda mulher deve ir ao ginecologista pelo menos uma vez por ano, para que sejam feitos exames nas mamas e órgãos pélvicos, além de exames de sangue, ultrassom e urina.

Saiba mais sobre o tratamento do ovário policístico em: Ovários policísticos têm cura? Qual o tratamento?

Como calculo minha idade gestacional: ultrassom ou atraso?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Você não precisa calcular nada, deixe isso para seu médico fazer, ele estudo para fazer isso e também recebe pagamento justamente para fazer isso.

Qual é a possibilidade do médico ter errado o sexo do bebê?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sempre existe a possibilidade de errar o sexo do bebê, pode fazer um novo ultrassom a hora que quiser.

É possível errar o sexo do bebê com a ultrassonografia. Os exames de ecografia nem sempre permitem visualizar as estruturas fetais com nitidez. Quanto mais cedo são realizados, maiores as chances de apresentar um resultado errado, isto porque a genitália do feto é muito semelhante nos dois sexos no início da gestação.

Além disso, a posição do feto durante o exame do ultrassom também pode dificultar a visualização do sexo do bebê e confundir o/a médico/a que está realizando o exame.

É ainda possível que o pênis do menino fique um pouco escondido e o/a profissional interpretar que portanto o bebê seja uma menina, também é possível ocorrer o oposto, quando o profissional confunde o clitóris da menina com um pênis.

Pesquisas mostram que a possibilidade de acerto do sexo do bebê através do ultrassom pode variar de 80 a 90%, a depender da época da gestação em que foi feito o exame.

Recomenda-se que o exame para visualização do sexo do bebê seja feito um pouco mais tarde, por volta da 16ª a 20ª semana, nesse período os genitais estão um pouco mais diferenciados e o pênis de bebês do sexo masculino já está um pouco maior, sendo mais fácil a diferenciação a partir da vigésima semana.

Como você está com 24 semanas, é possível que o/a médico/a tenha detectado o sexo do bebê, porém, você pode realizar um novo ultrassom a qualquer momento para tirar essa dúvida.

Converse com o/a médico/a que está acompanhando a gestação para esclarecer mais dúvidas sobre o exame de ultrassom e o sexo do bebê.

Leia também:

Na ultrassonografia transvaginal dá para saber o sexo do bebe?

Preciso fazer exames para saber se sou fértil?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Somente se não está conseguindo engravidar (se já tiver tentando a mais de 1 ano e ainda não engravidou), porém quem primeiro deve fazer exame é seu marido.

Se o bebê tivesse algum problema constaria na ultrassom?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Alguns problemas podem aparecer no ultrassom, não todos, mas um ultrassom normal é um bom indicador de ausência de problemas (somente um indicador, certeza só depois que o bebê nascer).

Se estivesse grávida deveria aparecer no ultrassom?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A partir de 1 mês e meio o ultrassom já mostra gravidez. Se estivesse grávida de 2 meses já deveria aparecer.

Há 3 anos fiz um ultrassom que resultou em ovários micropolicísticos....
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Um exame de ultrassonografia transvaginal que não evidencia conteúdo anômalo na cavidade endometrial significa que dentro do útero não há presença de estruturas como miomas, pólipos, etc. Em outras palavras isso quer dizer que a cavidade do útero encontra-se normal

Para avaliar a presença de cistos nos ovários, é necessário haver uma descrição específica desse órgão no resultado do exame. 

É fundamental que todo exame seja mostrado para o/a profissional de saúde que o solicitou para fazer uma análise completa do caso e correlacionar com os aspectos clínicos do/a paciente. 

A síndrome dos ovários policístico é diagnosticada a partir do conjunto da história clínica, sintomas, sinais, exames de sangue e exames de imagem (como a ultrassonografia).  

Estou grávida de 22 semanas fiz ultrassom: é uma menina!
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sim pode acertar como também pode errar, claro que a maior chance é que seja uma menina mesmo; os aparelhos de ultrassom modernos permitem uma boa visualização e os profissionais experientes garantem a segurança no diagnóstico.