Perguntar
Fechar

Tem problema em tomar a injeção 2 dias após a data?

Tomei a primeira dose de mesigyna no dia 16/11 e por motivo de trabalho tomei a terceira dose no 14/01. Tem algum problema se eu tomar novamente no dia 16/04?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Deve evitar ao máximo postergar a tomada da injeção para um período superior a 7 dias, sob o risco de engravidar. Tomar a injeção 2 dias após a data prevista não interfere na sua eficácia. No entanto, se esse período for superior a 7 dias, o risco de gravidez aumenta, caso tenha tido relações sexuais desprotegidas.

A mulher pode aplicar a injeção anticoncepcional até 1 semana antes ou 1 semana depois da data prevista para a nova aplicação.

O que fazer caso atrase a injeção mais de 7 dias?

Caso atrase a tomada da próxima injeção por mais de 7 dias é recomendado que se utilize algum método complementar de barreira como camisinha, diafragma ou espermicida até conseguir tomar a próxima injeção. Nessa situação a mulher também pode fazer uso da pílula seguinte caso não tenha usado nenhum método complementar.

O uso do método contraceptivo complementar deve permanecer por mais uma semana após a tomada da injeção em atraso.

As mulheres que deixaram de tomar a injeção por mais de 7 dias da data prevista e mantiveram relação sexual desprotegida precisam certificar-se de que não estão grávidas antes de retornar o uso do injetável, através da realização de um teste de gravidez.

Caso ela não tenha tido relações sexuais ou caso tenha usado algum outro método contraceptivo nesse período ela pode tomar a nova injeção imediatamente.

Mesigyna é eficaz?

A mesigyna é um contraceptivo injetável mensal composto de enantato de noretisterona e valerato de estradiol, ou seja, por um progestágeno e um estrógeno. É um método eficaz se usado corretamente, apresenta um índice de falha de 1%, ou seja, a cada 100 mulheres que fazem uso do método durante um ano ocorre uma gestação.

Para maiores orientações consulte o seu médico de família ou ginecologista.

Também pode lhe interessar:

Quem toma anticoncepcional injetável pode tomar pílula do dia seguinte?