Perguntar
Fechar

Transtorno de ansiedade social: Quais as causas e como tratar?

Dentre as possíveis causas para o desenvolvimento do transtorno de ansiedade social estão os fatores genéticos e neurológicos, eventos traumáticos, timidez durante a infância, violência física e psicológica, entre outras.

O transtorno de ansiedade social normalmente começa gradualmente durante a infância, trazendo posteriormente graves prejuízos nas relações profissionais, sociais e afetivas do indivíduo.

Indivíduos com transtorno de ansiedade social ou fobia social, como também é conhecido, apresentam um medo excessivo quando têm que desempenhar alguma tarefa em público, como falar, ou estar presentes em situações sociais.

O medo é decorrente do medo de serem humilhados ou serem vistos tendo comportamentos constrangedores em frente a outras pessoas.

Esses pacientes têm medo de serem avaliados de forma negativa pelos outros e sentem-se constrangidos, humilhados e envergonhados.

Leia também: Como identificar o transtorno de ansiedade social?

Tratamento

O tratamento do transtorno de ansiedade social é feito com psicoterapia e medicamentos. Contudo, o papel da psicoterapia é fundamental para o sucesso do tratamento, uma vez que o uso constante da medicação pode causar tolerância e dependência.

Dos métodos de psicoterapia utilizados para tratar o transtorno de ansiedade social, a terapia cognitivo-comportamental é a que tem se mostrado mais eficaz, com resultados rápidos e duradouros.

Saiba mais em:

Quais os sintomas dos transtornos de ansiedade?

Quais os tipos de transtorno de personalidade e suas características?