Perguntar
Fechar

O que é calcificação pélvica?

Uma calcificação pélvica significa que algo está calcificado (impregnado de cálcio e endurecido) na sua pelve. Geralmente são pequenas veias calcificadas ou calcificação de trombos venosos crônicos na pelve (flebólitos).

A calcificação é o depósito gradual de cálcio em algum tecido do corpo. A insuficiência renal crônica pode levar à calcificação pélvica, pois provoca retenção de fosfato, que por sua vez aumenta os níveis de cálcio circulante no corpo para equilibrar a relação cálcio-fósforo no sangue.

Esse aumento do cálcio sanguíneo pode ultrapassar o limite de solubilidade do cálcio e do fósforo no plasma, permitindo que ele se deposite nos tecidos.

Para ilustrar esse processo de calcificação, basta lembrar o que acontece quando se coloca sal ou açúcar a mais em um copo com água. Uma parte é dissolvida, mas o excesso se precipita no fundo do copo.

As calcificações podem ocorrer tanto em tecidos mortos ou degenerados como em tecidos vivos e saudáveis e as suas causas são bastante variadas.

A calcificação pode oferecer riscos à saúde quando interfere no funcionamento de um órgão, como endurecer ou bloquear os vasos sanguíneos do coração, rins e cérebro, por exemplo.

O médico que solicitou o raio-x poderá dar maiores esclarecimentos sobre a sua calcificação pélvica e orientar quanto ao tratamento, se for o caso.

Saiba mais sobre o assunto em:

Dor pélvica na gravidez, o que pode ser?

Como é feito o ultrassom pélvico e para que serve?