Perguntar
Fechar

Ascite

Barriga d'água tem cura? Qual é o tratamento?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

A barriga d'água pode ter cura se a sua causa for tratada e resolvida. Isso porque a barriga d'água ou ascite, como é conhecida pelos médicos, não é uma doença em si, mas uma condição que pode estar associada a diversas doenças, como cirrose hepática, insuficiência renal, alguns tipos de câncer, além de doenças infecciosas, como a esquistossomose.

O tratamento da barriga d'água consiste no controle da doença de base, diminuição da ingestão de sal, abstinência total de bebidas alcoólicas, uso de medicamentos diuréticos, além de procedimentos específicos para drenar o excesso de líquido acumulado na cavidade abdominal. O objetivo do tratamento é diminuir o volume de líquido no abdômen e o inchaço no resto do corpo.

A punção do abdômen é uma forma de aliviar os sintomas em casos de ascites muito volumosas. O procedimento começa com uma avaliação da ascite e após definição do local onde se pode puncionar é feita uma anestesia local, o médico então faz um pequeno "furo" no abdômen, através do qual é introduzido um cateter na cavidade abdominal. A seguir, o líquido é retirado por meio desse cateter.

Em casos em que são retirados mais de 5 litros de líquido acumulado, é indicada a administração de albumina humana por via endovenosa durante ou logo a seguir ao procedimento.

Quando a barriga d´água não responde ao tratamento, é considerada uma ascite refratária, nesse caso pode ser necessário colocar um cateter especial que fica implantado durante um tempo prolongado. Através dele, a pessoa pode retirar na própria casa pequenas quantidades de líquido repetidas vezes, sem precisar ir ao hospital para realizar o procedimento.

Um complicação comum da barriga d´água resultante de doenças do fígado é a infecção da cavidade abdominal causada por bactérias, chamada de peritonite bacteriana espontânea ou PBE. Nesses caso, o tratamento deve incluir também medicamentos antibióticos para combater a infecção.

Muitas vezes é necessário o acompanhamento por um médico gastroenterologista ou hepatologista a depender da causa.

Saiba mais em: 

O que é barriga d'água?

Esquistossomose tem cura? Qual é o tratamento?

O que é barriga d'água?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Barriga d'água é uma condição caracterizada pelo acúmulo anormal, e excessivo, de líquido na cavidade abdominal. A ascite (termo médico para "barriga d'água") não é uma doença em si, mas sim uma condição ocasionada por algumas doenças, como a cirrose hepática, insuficiência renal e cardíaca, alguns tipos de câncer, além de infecções como a esquistossomose.

O líquido que se acumula dentro do abdômen tem origem no plasma sanguíneo. O desenvolvimento da barriga d'água é consequência de uma série de distúrbios anatômicos, fisiopatológicos e bioquímicos que podem ocorrer nas seguintes doenças: 

  • Cirrose hepática, hepatite fulminante, trombose de veia porta;
  • Pancreatite;
  • Desnutrição grave;
  • Hipoalbuminemia (proteínas baixas);
  • Insuficiência cardíaca, pericardite constritiva;
  • Insuficiência renal crônica;
  • Tuberculose, esquistossomose, infecções fúngicas e bacterianas;
  • Certos tipos de câncer, como mesotelioma, linfoma, pseudomixoma peritoneal, além de metástase peritoneal;
  • Obstrução linfática no mesentério;
  • Endometriose, Síndrome de Meigs, síndrome de hiperestimulação ovariana;
  • Doença de Whipple.

Também pode lhe interessar: O que é esquistossomose e quais os sintomas?

Veja também: O que é a doença de Whipple?

O diagnóstico é feito através do exame médico, por vezes complementado com exames de imagem, como ultrassonografia ou Tomografia computadorizada, no intuito de auxiliar  na definição da causa da barriga d'água.

O tratamento consiste principalmente no controle da doença de base, ainda, diminuição da ingestão de sal, abstinência total de bebidas alcoólicas, uso de medicamentos específicos, além de procedimentos para drenar esse excesso de líquido acumulado na cavidade abdominal, quando indicado. O objetivo do tratamento é reduzir o volume de líquido no abdômen e o inchaço no resto do corpo.

Um complicação comum e preocupante da ascite resultante de doenças do fígado, é a infecção generalizada da cavidade abdominal causada por bactérias, denominada peritonite bacteriana espontânea. Nesses caso, o tratamento deve incluir também medicamentos antibióticos para combater a infecção, que pode levar à morte.

Saiba mais em: Barriga d'água tem cura? Qual é o tratamento?

O médico especialistas responsável pelo correto diagnóstico e tratamento da barriga d'água é o gastroenterologista.

Ascite tem cura? Como é o tratamento?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A cura da ascite só é possível se a sua causa for curada ou eliminada.

A ascite não é uma doença, mas uma consequência resultante de outras doenças, como insuficiência cardíaca, renal ou hepática, certos tipos de câncer, infecções, entre outras. 

O tratamento da ascite consiste no controle da doença de base, diminuição da ingestão de sal, abstinência total de bebidas alcoólicas, uso de medicamentos diuréticos, além de procedimentos específicos para drenar o excesso de líquido acumulado na cavidade abdominal. O objetivo do tratamento é reduzir o volume de líquido no abdômen e o inchaço no resto do corpo.

A punção do abdômen é uma forma de aliviar os sintomas em casos de ascites muito volumosas. O procedimento começa com uma avaliação feita por ultrassom, que serve para definir o local mais seguro para se fazer o puncionamento.

Depois de aplicar uma anestesia local, o/a médico/a faz um pequeno "furo" no abdômen, através do qual é introduzido um cateter na cavidade abdominal. A seguir, o líquido é retirado por meio desse cateter.

Quando a ascite não responde ao tratamento (ascite refratária), pode ser necessário colocar um cateter especial que fica implantado durante um tempo prolongado. Através dele, a pessoa pode retirar na própria casa pequenas quantidades de líquido repetidas vezes, sem precisar ir ao hospital para realizar o procedimento.

Saiba mais em:

O que é ascite?

Quais os sintomas da ascite?

O que é ascite?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Ascite é o acúmulo anormal de líquido dentro do abdome. 

Pode ocorrer por diversas causas, como cirrose hepática (fibrose do fígado), esquistossomose (doença infecciosa conhecida popularmente como barriga d'água), tumores no ovário ou no peritônio (membrana que envolve o abdome) e insuficiência cardíaca e/ou renal.

O sintoma mais característico da ascite é o aumento anormal e progressivo do volume abdominal. Outro sintoma pode ser dor no abdome.

Além disso, outros sintomas como icterícia, perda de pelos, inchaço generalizado, aumento das veias do pescoço, antecedente de câncer, hepatite ou perda de peso devem ser pesquisados e podem ser pistas para se descobrir a causa da ascite.

Os tratamentos para a ascite podem ser diversos, e têm o objetivo de remover o líquido que se depositou na cavidade abdominal e controlar sua produção e extravasamento. Incluem o uso de diuréticos, a restrição de sal na dieta diária, a interrupção do consumo de bebidas alcoólicas e a administração de albumina.

Saiba mais em: Ascite tem cura? Como é o tratamento?

No caso de suspeita de ascite, deve-se procurar o/a médico/a clínico/a geral ou médico/a de família para investigação da causa e tratamento associado.

Quais os sintomas da ascite?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O sintoma da ascite é o aumento anormal e progressivo do volume abdominal. Outro sintoma pode ser dor no abdômen.

É necessário investigar a causa que levou à ascite, por vezes sendo necessário coletar uma pequena quantidade do líquido de dentro do abdômen para análise. Além disso, outros sintomas como icterícia, perda de pelos, inchaço generalizado, aumento das veias do pescoço, antecedente de câncer, hepatite ou perda de peso devem ser pesquisados e podem ser pistas para se descobrir a causa da ascite.

No caso de suspeita de ascite, deve-se procurar o/a médico/a clínico/a geral ou médico/a de família para investigação da causa e tratamento associado.

Saiba mais em: Ascite tem cura? Como é o tratamento?