Azitromicina

Algum desses remédios corta o efeito do anticoncepcional?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não (em teoria). O uso por uns dias (tempo limitado ao tratamento) não interfere com a eficácia do anticoncepcional. Porém isto não é 100% garantido, em casos raros pode acontecer interferência a ponto de haver risco de gravidez.

Estou com cândida na boca, candidíase recorrente...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Minha única dica para você é: se não tem nenhuma doença grave que cause baixa imunidade (HIV, por exemplo), após a sua ida ao infectologista, procure um homeopata, remédios homeopáticos vão melhorar sua imunidade e vão livrar você dessa candidíase recorrente.

Azitromicina: o que é, para que serve, como tomar e efeitos colaterais
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A azitromicina (azitromicina di-hidratada) é um antibiótico usado para tratar infecções bacterianas.

Indicações
  • Infecções do sistema respiratório (sinusite, pneumonia, bronquite, faringite, amigdalite);
  • Otite (infecção de ouvido);
  • Infecções de pele e/ou tecidos moles;
  • Acne;
  • Infecções sexualmente transmissíveis (IST), como Clamídia e Cancro.
Como tomar Azitromicina?

O medicamento pode ser encontrado em comprimidos de 500 mg, 1g ou em suspensão oral.

As doses e tempo de uso, são determinadas pelo médico, de acordo com o problema, localização, gravidade do caso e ainda, de acordo com as características clínicas de cada paciente.

Assim pode otimizar o tratamento, fazendo menor dose e tempo de uso possíveis, além de evitar interação medicamentosa e efeitos indesejáveis.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns relatados são:

  • Dor de cabeça
  • Alterações gastrointestinais como (vômito, diarreia, dor de estômago, cólica abdominal, gases, prisão de ventre);
  • Inflamação do cólon (parte do intestino);
  • Vaginite;
  • Anorexia.

Outros sintomas que podem ocorrer, porém mais raramente são:

  • Coceira, sensibilidade à luz, manchas e inchaço na pele;
  • Comportamentos agressivos, agitação, irritabilidade;
  • Tontura;
  • Convulsões;
  • Sonolência;
  • Parestesia (sensações anormais na pele);
  • Hiperatividade;
  • Dores nas articulações;
  • Perda de audição, surdez ou surgimento de ruído auditivo;
  • Palpitações e arritmias cardíacas.
Contraindicações
  • Pessoas alérgicas aos componentes da fórmula de azitromicina;
  • Alergias a outros antibióticos da mesma classe.
Orientações
  • A combinação de azitromicina com álcool pode agravar alguns de seus efeitos colaterais como náuseas, vômitos, diarreia e dor no estômago;
  • Não utilizar na gravidez sem orientação médica;
  • Não corta o efeito de anticoncepcionais;
  • A medicação só pode ser comprada mediante receita médica.

Não utilize antibióticos sem prescrição médica!

Leia também: Estou tomando antibiótico: posso consumir bebida alcoólica?