Pergunte ao Médico
Como Funciona

Busca por seio esquerdo

Caroço pequeno no meu seio esquerdo o que eu faço?

Vá ao médico, a maioria dos caroços são decorrentes de lesões benignas, mas todos os caroços em mamas devem ser examinados por um médico que solicitará exames conforme a necessidade e proporá um tratamento em conformidade com o diagnóstico (tipo de lesão).

Dr. Charles Schwambach
Apareceu um caroço no meu seio esquerdo...

Pela sua descrição parece um nódulo causado por algum tipo de infecção ou inflamação, pode ser até uma coleção de pus (abcesso), mas só há um jeito de ter certeza do que é, você precisa ser examinada por um médico, procure ajuda.

Dr. Charles Schwambach
Dor no seio esquerdo e estou amamentando...

Sim. Mulher que amamenta pode facilmente ser acometida de mastite que são inflamações na mama. A redução no número de mamadas pode interferir.

Dr. Charles Schwambach
Múltiplos folículos no ovários esquerdo o que é?

O uso do Contracep continuado por dois anos pode levar a mulher a não ter menstruação como o que está acontecendo com você; e o exame de Ecografia ou Ultrassonografia transvaginal revelou que você tem muitos cistos no ovário esquerdo. Só com esses dados não dá para fazer um diagnóstico. Qual o motivo de fazer o exame? Havia suspeita de alguma coisa? (gravidez, ovário policístico ou ...). Essa suspeita foi afastada ou comprovada?

Dr. Charles Schwambach
Perto de menstruar aparece caroço no meu seio...

Você tem um nódulo no seio e precisa procurar um médico para ser examinada e se necessário ele solicitará exames, pela sua descrição ele parece benigno, mas só a avaliação médica poderá definir o tipo de nódulo.

Dr. Charles Schwambach
Ontem senti dores fortes no lado esquerdo da barriga...

A dor da apendicite normalmente é sentida do lado direito e não do lado esquerdo. Dor abdominal do lado esquerdo normalmente está associado com problemas intestinais e é o que parece pela sua descrição, porém se você tomou os medicamentos e a dor não passou o ideal é procurar o médico.

Dr. Charles Schwambach
Tenho um cisto no ovário esquerdo: posso engravidar?

Sim. Mulheres com cisto no ovário podem engravidar.

A presença de cisto nos ovários, seja no esquerdo, seja no direito, seja em ambos, não impede a mulher de engravidar.

A presença de cisto no ovário é uma situação frequente entre as mulheres de todas as idades e isso não diminui a fertilidade da mulher e não causa infertilidade.

Leia mais em:

Cisto no ovário causa infertilidade?

Os ovários da mulher são responsáveis pela liberação do óvulo. A cada mês o ovário de um lado libera um óvulo que, ao ser fecundado, forma o zigoto resultando em gravidez ao ser implantado no útero.

Todos os óvulos da mulher são previamente formados no período da vida intra-útero. Com o início da menarca (primeira menstruação), a mulher começa a ovular e a cada ciclo libera um óvulo de um dos ovários. Os cistos presentes no ovário, na maioria das vezes, não influenciam a liberação desses óvulos, ficando a mulher susceptível à engravidar.

Portanto, quem tem cisto no ovário esquerdo pode engravidar.

Se você apresenta cisto no ovário, procure um/a ginecologista, médico/a de família ou clínico geral para tirar suas dúvidas e realizar a avaliação necessária.

Dra. Nicole Geovana
Caroço no seio que se movimenta e não dói o que pode ser?

A presença de caroço no seio é uma situação comum nas mulheres. Os cistos e fibroadenomas são as lesões mais comuns dentro das lesões benignas. E as lesões benignas são as mais comuns comparadas com as malignas.

Normalmente, as lesões malignas possuem as características de serem um caroço duro, que não se move, com bordas irregulares e único. Porém, cada pessoa pode haver uma manifestação diferente e não há um único padrão para identificar as lesões malignas.

Após identificar um caroço no seio, é importante procurar um/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para um exame detalhado das mamas. Após o exame físico, o/a médico/a pode solicitar algum exame complementar como a mamografia, ultrassonografia ou biópsia do caroço para caracterizar adequadamente o nódulo e saber a natureza dele enquanto benigno ou maligno.

Procure um serviço de saúde para marcar uma consulta.

Leia também: O que é um nódulo isodenso?

Dra. Nicole Geovana
Está saindo um líquido tipo água do meu seio, o que pode ser?

Saída de líquido do seio é uma situação comum em mulheres na idade fértil e na maioria das vezes é algo benigno e não precisa de preocupação. As causas possíveis podem ser:

  • Fisiológica (normal, não patológica);
  • Aumento do hormônio prolactina;
  • Estresse;
  • Trauma;
  • Cirurgia;
  • Anestesias;
  • Câncer;
  • Tumor na hipófise;
  • Uso de medicações: antipsicóticos (ex: Clorpromazina, Haloperidol, Risperidona), antidepressivos (Clomipramina), antihipertensivos (Metildopa, Verapamil, Reserpina), opióides (Morfina, Codeína) e outros usados para evitar enjoo (Metoclopramida).

De qualquer forma é muito importante uma avaliação do/a ginecologista, médico/a de família ou clinico/a geral para detectar a possível causa e descartar situações malignas.

Dra. Nicole Geovana
Sai do seio um líquido azulado, o que pode ser?

A saída de um líquido azulado pelo seio poderá ser uma secreção causada pela toma de algum medicamento, por uma infecção, ou pelas mudanças hormonais normais do ciclo menstrual, que também podem causar dor, inchaço e aparecimento de nódulos nos seios. Esses sinais e sintomas ocorrem  principalmente no período pré-menstrual e melhoram durante a menstruação.

Também é comum sair um líquido do seio durante a gravidez, mas apenas isso não é sinal de gravidez. Embora menos comuns, o papiloma, que é uma lesão benigna, e o câncer de mama podem causar a saída de líquidos dos seios. Nesses casos, o líquido tem um aspecto sanguinolento ou cristalino como água, e sai apenas de um bico de seio (mamilo), de forma espontânea.

Algumas drogas que podem causar a saída de líquidos pelos seios: medicamentos para enjoos, medicamentos para úlcera, medicamentos para a hipertensão arterial, medicamentos para reposição hormonal na menopausa, anticoncepcional oral, medicamentos para ansiedade e depressão, analgésicos como opioides e codeína, drogas ilegais como cocaína e heroína.

O mastologista (especialista em mamas) deverá ser consultado para a realização de exames sempre que houver dúvidas em relação aos problemas nos seios.

Dr. Ivan Ferreira
Dor na barriga do lado esquerdo durante a gravidez, o que pode ser?

As dores na barriga durante a gravidez podem ter variadas causas,  principalmente à partir do 2º trimestre, e atingem a região inferior do abdômen, o lado esquerdo e o lado direito. Essas dores geralmente estão relacionadas com a compressão das estruturas internas do abdômen causadas pelo aumento do volume do útero e pelo estiramento dos ligamentos pélvicos.

No entanto, é importante observar se há a presença de outros sinais e sintomas que acompanhem essas dores, como sangramentos ou febre. Além disso, deve ser realizado um exame clínico a fim de avaliar outras causas de dores abdominais, como as dores devido à contrações uterinas, constipação intestinal, formação de gases, presença de vermes intestinais, pedras nas vias urinárias ou diverticulose 

O obstetra deve ser consultado nos casos de dúvidas em relação ao desenvolvimento normal da gravidez

Dr. Ivan Ferreira
É normal ter um seio maior do que o outro durante a amamentação?

Sim. Durante a amamentação é normal ter um seio maior que o outro.

Normalmente, as mulheres já apresentam um seio maior e isso fica mais evidente durante o processo da amamentação.

Certas mulheres têm mais facilidade de segurar o bebê de um lado e em consequência pode haver maior estímulo de sucção em uma das mamas o que resulta em um seio maior.

É importante oferecer os dois seios na mesma mamada, mesmo que eles estejam com tamanho diferentes. Essa diferença não prejudica a saúde do bebê nem a da mãe.

Converse com a enfermeira, pediatra ou médico/a de família sobre suas dúvidas de amamentação durante as consultas da puericultura.

Dra. Nicole Geovana