Perguntar
Fechar

Dentes do siso nascendo: principais dúvidas respondidas

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Os dentes do siso são os terceiros molares, ou seja, os dentes que estão mais ao fundo na boca, atrás de todos os outros. Temos quatro dentes do siso, dois em cima e dois embaixo.

São os últimos dentes a aparecer, por volta do fim da adolescência (entre os 17 e 21 anos), por isso também são apelidados popularmente de dentes do juízo, a uma alusão a idade em que supostamente se cria juízo. Também podem ser chamadas de dente queiro.

No entanto, nem todas as pessoas apresentam os quatro dentes do siso. Existem pessoas que tem apenas um, dois ou três dentes do siso, que não são formados, mas é também possível que os dentes estejam presentes, mas não sofrem uma erupção total, ficando abaixo da gengiva.

Dente do siso nascendo, causa dor?

Quando os dentes do siso estão nascendo é comum sentir um certo desconforto na região ou uma dor leve, que tende a desaparecer com a completa erupção do dente.

Se a erupção for incompleta, ou seja, o dente permanecer parcialmente coberto, a possibilidade de ocorrer inflamações ou mesmo infecções existe, causando assim dor intensa e inchaço na região.

Quais os sintomas de dente do siso inflamado?

Quando ocorre inflamação na região do dente do siso, a gengiva em torno pode ficar inchada e avermelhada. Em casos de infecção, pode ocorrer a formação de abcesso e pus.

É possível sentir sintomas fora da região da boca, como dor de cabeça, dor de ouvido e dores na mandíbula. Casos de infecção importante podem inclusive ocasionar febre.

Leia também:Estou com o dente do siso inflamado e amamentando

O que fazer para aliviar a dor no dente do siso?

Para aliviar a dor no dente do siso, algumas medidas simples podem ser tomadas, como:

  • Aplicar compressas frias de gelo na bochecha no lado onde sente dor por pelo menos vinte minutos e repetir conforme necessário;
  • Fazer bochechos com água morna e sal.

Caso a dor persista procure um médico dentista para uma avaliação, pode ser necessário o uso de medicamentos como antibióticos, anti-inflamatórios ou realização de procedimentos dentários.

O dente do siso precisa ser arrancado?

Não necessariamente. Se os dentes do siso não apresentarem problemas, como cáries, infecções ou inflamações, não é necessário extrai-los, eles podem ser mantidos. Mesmo os dentes que permanecem parcialmente impactados podem ser mantidos se não provocarem sintomas.

Quando se deve extrair o dente do siso?

Quando os dentes do siso causam sintomas e problemas recorrentes, o médico dentista irá avaliar a necessidade de removê-los. Alguns problemas que podem levar a extração dos dentes do siso são:

  • Cárie dentária;
  • Gengivite doença gengival (também chamada gengivite ou doença periodontal)
  • Pericoronite: é uma infecção do tecido que envolve o dente causados pela formação de placa bacteriana - quando a placa causa uma infecção do tecido mole que envolve o dente
  • Celulite: uma infecção bacteriana na bochecha, língua ou garganta
  • Abscesso: é a formação de uma coleção de pus nos dentes do siso ou no tecido em torno;
  • Cistos: um dente do siso que não emergiu pode levar a formação de um pequeno de cistos;
  • Desalinhamento dos dentes;
  • Danos nos dentes vizinhos, devido à pressão exercida pelo dente do siso.

Como é a extração do dente do siso?

Geralmente o procedimento se inicia através da aplicação de uma anestesia local, através de uma injeção. O dentista então faz uma incisão na gengiva expondo dente e osso.

O dente pode ser então cortado em pequenos pedaços para ser facilmente removido. O médico dentista limpa toda a área para evitar que fiquem restos de dente ou osso na área.

Pode ou não ser necessários a realização de pontos no local da incisão.

Quais os cuidados após a cirurgia de retirada do siso?

Siga sempre as recomendações do seu cirurgião dentista, alguns cuidados básico podem ser tomados para tornar o pós operatório mais simples, como:

  • Aplique gelo na bochecha ao lado do dente que foi retirado, esse procedimento ajuda a tirar o inchaço, que deve resolver-se em dois a três dias;
  • Beba muita água após a cirurgia. Evite líquidos cafeinados, gaseificados e quentes nas primeiras 24 horas. Não consuma álcool nesse período;
  • Coma alimentos macios ou semissólidos, evite alimentos duros nas primeiras 24 horas. Também evite alimentos muito quentes ou picantes;
  • Não fume até 72 horas após a cirurgia, fuma atrasa a cicatrização;
  • Tenha atenção a higiene oral, use escova macia e escove com muita delicadeza. Evite a região próxima à cirurgia nas primeiras 24 horas.

Para mais informações sobre os dentes do siso consulte sempre o seu médico dentista.

Também pode lhe interessar:

Como aliviar a dor de dente quando não posso ir ao dentista?