Perguntar
Fechar

Acne

Bolinhas no rosto parecidas com espinhas: o que pode ser?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Bolinhas no rosto semelhantes a espinhas podem ser milium, foliculite ou ainda ter outra causa. Apenas através de uma avaliação destas bolinhas é possível ter  a certeza de um diagnóstico. O milium é uma pequena lesão amarelada ou esbranquiçada que geralmente surge na face, sobretudo ao redor dos olhos. Já a foliculite é uma infecção do folículo piloso causada por bactérias. É semelhante a uma espinha e pode ou não conter pus.

O milium é muito frequente em bebês e normalmente desaparece naturalmente nesses casos. Mas também pode aparecer em adultos e causar incômodo estético, já que não causa nenhum dano a saúde.

Para evitar o aparecimento do milium é necessário fazer uma limpeza diária do rosto com um sabonete facial apropriado para o tipo de pele. Geralmente o milium desaparece espontaneamente com o decorrer do tempo, em alguns casos pode ser retirado ou tratado com pomada tópica.

Assim como as espinhas, essas bolinhas também não devem ser espremidas para não marcar a pele e não causar infecções no local.

Já a foliculite tem a aparência de uma pequena espinha vermelha de ponta branca que surge ao redor de um pelo. Nos homens pode acometer a região da barba. A pele pode ficar avermelhada e inflamada, podendo haver coceira, dor e aumento da sensibilidade local.

A infecção geralmente é superficial e desaparece espontaneamente na maioria dos casos. Porém, casos mais graves e frequentes de foliculite devem ser avaliados por um médico.

Saiba mais em: Existe algum tratamento para foliculite?

Norestin engorda e dá acne? Quais os efeitos secundários?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Norestin é uma medicação anticoncepcional que contém apenas progesterona. Como efeito colateral, é possível haver um aumento de peso e aparecimento de acne.

Toda medicação está propensa a apresentar efeitos secundários. No momento da escolha, eles devem ser ponderados com os efeitos benéficos para decidir se vale a pena ser utilizado.

O Norestin apresenta como efeitos secundários mais comuns ( ≥1%):

  • Aumento do fluxo menstrual;
  • Náusea e vômito;
  • Dor de cabeça;
  • Tontura;
  • Sensibilidade nas mamas;
  • Cansaço;
  • Ausência de menstruação (amenorreia).

Os efeitos secundários menos comuns são (<1%):

  • Acne;
  • Depressão;
  • Secreção vaginal;
  • Edema;
  • Nervosismo.

O Norestin pode ser usado por mulheres em aleitamento materno.

Caso você observe muitos efeitos colaterais indesejáveis com o uso desse anticoncepcional, converse com seu/sua médico/a para avaliar uma possível troca de medicação ou para lhe aconselhar formas de adaptação aos efeitos secundários.

Como evitar espinhas?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Para se evitar as espinhas é importante a manutenção dos poros limpos e desobstruídos. Alguns cuidados para se evitar o aparecimento das espinhas são: procurar usar produtos como cremes, bases e protetores solares adequados ao tipo de pele (gel aquoso, gel creme ou oil-free) de forma a evitar o aumento da oleosidade já presente nela e obstruir os seus poros, lavar o rosto duas vezes ao dia com água e sabonete próprio para o rosto e/ou solução adstringente, remover sempre a maquiagem antes de dormir, evitar exposição prolongada ao sol, lavar o rosto e as costas com sabonete após ter enxaguado o condicionador dos cabelos, evitar a ingestão exagerada de alimentos com alto valor glicêmico como os à base de carboidratos (massas, pães, batatas, doces) e lacticínios.

O aparecimento de cravos e espinhas ocorre devido ao entupimento dos poros (cravos) seguido de sua contaminação com a bactéria Propionibacterium acnes, que está presente normalmente na pele,  levando à uma inflamação local com presença de vermelhidão e secreção amarelada (espinha).​ Além disso, também podem ser causadas por fatores internos como uma predisposição genética ou pelas mudanças hormonais que ocorrem na adolescência e durante a menstruação, que provocam um estímulo no funcionamento das glândulas sebáceas levando-as à uma produção exagerada e causando o entupimento dos poros com gordura e queratina.

Dependendo da gravidade das espinhas e da fase da vida da pessoa em que elas aparecem, elas podem ser tratadas com produtos tópicos (para passar no local) ou com medicamentos por via oral  à base de antibióticos, anti-infamatórios, ácido retinoico ou hormônios.

O dermatologista é o especialista indicado para orientar sobre os problemas da pele.

Anticoncepcional causa espinha, engorda e diminui o desejo?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Esses sangramentos são sangramentos de escape e podem acontecer com o uso de alguns anticoncepcionais. Não dá para saber se o anticoncepcional que você está usando diminui o desejo sexual (foi sua primeira vez), porém isso pode acontecer. Alguns anticoncepcionais causam espinhas e engordam.

Tenho ovários policísticos vou transmitir algo ao parceiro?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. A presença de cistos nos ovários não apresenta nenhum risco ao parceiro da mulher, uma vez que não é uma condição infecciosa.

Cistos nos ovários é uma situação frequente na maioria das mulheres. Esses cistos surgem porque o folículo que se desenvolve dentro do ovário não cresce o suficiente para se transformar em óvulo, ser expulso do ovário e desencadear a ovulação. Dessa forma, os folículos vão se acumulando no ovário na forma de cisto.

A presença de cistos nos ovários pode ser uma condição benigna que não apresenta riscos para a mulher. Isso dependerá de como o cisto se apresenta, se há ruptura ou torção e se, em consequência disso, há algum sintoma preocupante como dores em baixo ventre, sangramento vaginal intenso, febre, etc.

Quando os ovários com policistos são associados a um conjunto de outros sinais e sintomas, a mulher pode manifestar a Síndrome dos Ovários Policísticos. 

Sendo assim, quem tem ovários policísticos não transmite nada ao parceiro.

Leia mais em:

Ovários policísticos têm cura? Qual o tratamento?

Ultrassom transvaginal mostrou cistos nos ovários é grave?

Atraso menstrual e pequenas espinhas no meu ânus?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Dois bons motivos para ir ao médico; suas bolinhas no ânus só dá para saber o que é examinando, é um lugar "chato", mas não tem outro jeito. Com relação para sua menstruação estar atrasada existem vários motivos além de gravidez, e mesmo com o exame negativo ainda assim pode ser gravidez.

Se eu começar a tomar anticoncepcional, posso melhorar das espinhas?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pode sim, mas precisa consultar com um ginecologista para ele receitar um remédio especificamente que te ajude nesse sentido, nem todos os anticoncepcionais são bons para combater espinhas.

Dermaroller funciona? Para que serve o microagulhamento?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, o dermaroller funciona. O microagulhamento é uma técnica usada para aumentar e facilitar a penetração de substâncias ativas na pele, sobretudo no rosto. O dermaroller tem como principal benefício a brevidade do tratamento. O aparelho acelera os resultados, por isso reduz o tempo de tratamento e por vezes o número necessário de sessões.

A principal barreira para a penetração de compostos ativos na pele é a camada de queratina que fica na superfície da epiderme (camada mais superficial da pele), também conhecida como estrato córneo.

O dermaroller, através das microperfurações geradas pelo microagulhamento, serve para vencer essa barreira e garantir que o produto aplicado chegue às camadas mais profundas da pele e em maior quantidade. Por isso, a técnica funciona e é considerada eficaz.

Outro benefício do dermaroller é a estimulação da produção de células novas, além de colágeno e elastina, que dão firmeza e elasticidade à pele.

Devido aos seus benefícios, o dermaroller serve para potencializar o tratamento de manchas, cicatrizes, rugas, cicatrizes de acne, estrias, flacidez, poros abertos, rejuvenescimento, olheiras e queda de cabelo.

Como o dermaroller funciona?

O dermaroller é um equipamento composto por um pequeno rolo com cerca de 200 agulhas extremamente finas, com 0,25 mm a 1,5 mm de comprimento. Ao passar o dermaroller sobre a pele, com movimentos de vai-e-vem e leve pressão, são criados centenas ou milhares de microfuros, que servirão de canais para que o medicamento aplicado a seguir penetre de forma mais eficaz.

Além disso, o microagulhamento gera microlesões, que estimulam a regeneração da pele. Como resultado, uma grande quantidade de colágeno e elastina é produzida na área por onde foi passado o dermaroller, para promover a cicatrização dos microfuros. A pele tratada fica assim mais firme e uniformemente regenerada.

Quinze minutos antes de passar o dermaroller sobre a pele, é aplicado um creme anestésico, já que o microagulhamento pode causar dor e incômodo. Vale lembrar que a área tratada está sendo toda microperfurada com agulhas minúsculas.

Em quanto tempo posso ver os resultados do dermaroller?

Cada sessão de dermaroller dura cerca de 15 a 20 minutos. Em média, são necessárias 3 sessões de microagulhamento, com intervalos de 4 a 6 semanas entre as sessões, para obter um resultado significativo com o tratamento. Contudo, é possível observar uma melhora da área tratada logo após a 1ª sessão.

No entanto, é importante ressaltar que o tempo necessário para ver os resultados do tratamento com dermaroller varia de acordo com a área do corpo, o tipo de tratamento em questão e a resposta individual ao procedimento.

Que cuidados devo ter com o uso do dermaroller?

Cada caso tem uma indicação e orientação específica, porém na maioria das vezes a orientação é de evitar usar maquiagem e filtro solar nas primeiras 24 horas após a sessão, e a partir do terceiro dia ou quando a pele estiver completamente recuperada, é indicada a aplicação de cremes específicos, pelo/a dermatologista.

Também é essencial aplicar protetor solar na área tratada nessa fase.

É importante ressaltar que o uso de dermaroller deve ser feito em consultório médico, com as devidas condições de higiene e assepsia. É necessário usar um novo rolinho em cada sessão e o aparelho não deve ser reutilizado, mesmo que seja pela mesma pessoa.

Usar o dermaroller em casa raramente é recomendado, devido aos riscos em utilizá-lo de forma incorreta ou em casos em que é contraindicado. Se não for usado corretamente, o dermaroller pode causar inflamação, infecção, reação alérgica e formação de queloide na pele.

O/A médico/a dermatologista é o especialista responsável pelo tratamento com dermaroller.

Saiba mais em: Quais os benefícios do microagulhamento para a saúde da pele?

Creatina pode ocasionar aumento de espinhas?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não existe relato de aumento de espinhas ou lesões de pele pelo uso de creatina.

A creatina é um suplemento alimentar atualmente muito utilizado e estudado, com pesquisas que comprovam sua eficácia e segurança sempre que seja feita de forma apropriada, e com acompanhamento adequado, ou seja, prescrito por profissional capacitado, principalmente médico nutrólogo, endocrinologista ou por nutricionista.

O suplemento deve ser instituído em pessoas previamente saudáveis, seguindo os protocolos descritos pelos profissionais da área.

Os benefícios oferecidos pela suplementação são principalmente:

  • Melhor desempenho no treino para esportistas
  • Aumento de massa muscular e adaptações de força durante treino
  • Modificações no organismo que aumentam limiar anaeróbico
  • Maior tolerância ao treinamento

Estudos recentes vem observando ainda mais benefícios ao organismo, contemplando outros sistemas, como o sistema neurológico e imunológico, embora necessite de mais comprovações.

Destacando que o uso inadequado do suplemento, com doses em excesso, ou o não acompanhamento regular, além de não aumentar o resultado, pode causar doenças renais e hepáticas graves, estando contra-indicado .

Como efeitos colaterais, mais uma vez relacionados ao uso inadequado podemos citar, a retenção hídrica, diminuição do volume urinário, o que pode resultar em ganho de peso temporário. Também, apesar de menos frequente, cãibras e sinais de desidratação, até comprometimento renal e hepático.

Por fim, a segurança da suplementação de creatina é desconhecida em crianças e adolescentes, devendo ser avaliado com mais critérios o uso nessa população.

Saiba mais sobre o assunto nos links:

Contracep causa acne?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Para alguns pacientes sim, a Contracep pode causar acne.

Estou usando o Epiduo gel e Isotrexin gel para acne...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Deve continuar o tratamento e cuidar com exposição excessiva ao sol, se a reação for muito intensa pare e volte ao dermatologista.