Perguntar
Fechar

Medicamentos Emagrecer

Quais os remédios que engordam e emagrecem?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Vale lembrar que descreveremos alguns medicamentos que podem aumentar ou diminuir o peso, pelas evidências médicas e efeitos colaterais já descritos nas bulas, porém nem todos os pacientes apresentam os mesmos efeitos ou nem sempre com a mesma intensidade.

Dentre os remédios que podem fazer engordar estão:

  • Antidepressivos tricíclicos (Amitriptilina, Nortriptilina): Aumentam o apetite, levando ao ganho de peso.
  • Antidepressivos - Inibidores de recaptação de serotonina (Fluoxetina, Paroxetina): Principalmente após algum tempo de uso, podem aumentar o peso pelo aumento de apetite e retenção de líquido;
  • Anti-histamínicos (Cetirizina, Fexofenadina): São os medicamentos "antialérgicos", também aumentam o apetite;
  • Antipsicóticos (Olanzapina, Risperidona): Usados no tratamento da esquizofrenia, transtorno bipolar, psicose e transtorno obsessivo compulsivo, podem aumentar o apetite;
  • Anti-hipertensivos (Atenolol, Metoprolol): Podem fazer engordar porque aumentam a sensação de cansaço, contribuindo para a falta de atividade física;
  • Corticoides: Aumentam a retenção de água no corpo, provocam resistência à insulina, estimulam o apetite e podem deixar o metabolismo mais lento;
  • Medicamentos para diabetes:
    • Glibenclamida, Glicazida, Glimepirida: Elevam as taxas de insulina no sangue, provocando aumento de apetite e acúmulo de gordura;
    • Insulina: Também pode fazer engordar, pelos mesmos motivos citados no item acima;
    • Pioglitazona e Rosiglitazona: Provocam retenção de água e afetam as células responsáveis pelo armazenamento de gordura corporal;
  • Estabilizadores de humor (Ácido Valpróico, Lítio): Aumentam o apetite;
  • Anticoncepcionais hormonais: Provocam retenção de líquidos, levando ao aumento de peso. (Não são todas as classes).

Leia também:

Existe algum remédio para engordar?

Tomar antidepressivo engorda?

Complexo B engorda?

Quais são os remédios que fazem emagrecer?

Os remédios usados para emagrecer podem ser divididos em 3 grupos principais:

  • Sacietógenos (Sibutramina): Promovem sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa fique satisfeita com uma quantidade menor de alimento. No caso da sibutramina, ela também pode acelerar o metabolismo, aumentando assim o gasto energético;
  • Inibidores da absorção de gordura (Orlistat, Cetilistate): Inibem em até 30% a absorção de gorduras pelo intestino, auxiliando o processo de perda de peso;
  • Anorexígenos (Anfepramona, Femproporex, Mazindol): São inibidores do apetite e possuem anfetaminas em suas composições. Devido ao maior risco de efeitos colaterais, esses medicamentos geralmente só são usados quando os outros dois grupos não produziram os efeitos esperados.

Além desses medicamentos usados especificamente para emagrecer, os remédios para tireoide e os laxantes também podem provocar emagrecimento se forem usados de forma orientada para esse fim.

Porém todas as medicações que alteram o metabolismo, principalmente as que causam diminuição de peso, podem levar a efeitos colaterais graves com risco de morte, como arritmia cardíaca e morte súbita, portanto devem ser prescritos com receita médica controlada e devem ser utilizados de acordo com as orientações médicas, rigorosamente.

Também podem lhe interessar:

Sertralina emagrece ou engorda?

Clonazepan engorda?

Não quero engordar, qual pílula anticoncepcional tomar?

Acho que estou grávida e estava tomando sibutramina...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Suspenda o uso e procure um médico ginecologista/obstetra. Fique tranquila, o uso na gravidez deve ser suspenso, mas não existem evidências de teratogênese (malformações fetais), apenas não deve ser usado devido a falta de dados consistentes sobre esse medicamento.

Quais os remédios para emagrecer liberados pela Anvisa?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Orlistat (Xenical) ou Sibutramina, existem alguns novos que estão entrando no mercado agora nos últimos meses, mas não lembro o nome (ainda não tenho nenhum paciente usando esses novos).

Estou tomando remédio para emagrecer e continuo com fome?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não posso opinar porque não sei qual remédio você está tomando e caso queira mudar precisa voltar para seu médico para poder ter a receita do medicamento.

Leia também: Sinto muita fome: o que pode ser?

Posso tomar óleo de cártamo amamentando?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não. É um produto extraído de uma planta e não há estudos que dão segurança para seu uso durante a gravidez ou amamentação, portanto deve ser evitado, não sabemos os possíveis efeitos colaterais.

Qual remédio posso usar para emagrecer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Existem vários medicamentos e remédios para emagrecer, apesar de medicação não é a primeira escolha no tratamento da obesidade, existem outras opções que devem ser tentadas antes.

Link útil:

Estou precisando perder 10kg, qual remédio está liberado?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Medicação não é a primeira escolha no tratamento para emagrecer, existem outras opções que devem ser tentadas antes.

Link útil:

Meu pai tem 59 anos e começou tratamento para emagrecer...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

A medicação pode sim ter haver com o estado mental do seu pai, precisa voltar ao médico e contar toda essa situação, para que ele tome as medidas necessárias para o caso do seu pai.

Tive trombose, posso tomar remédio para emagrecer?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Emagrecer é parte do tratamento para quem tem trombose e está acima do peso, mas se pode ou não tomar remédio para emagrecer vai depender do medicamento em questão e do que o seu médico vai fazer (porque é ele quem vai ter que te dar a receita) e vai depender dos riscos que vocês dois querem correr.

Beta-HCG pode alterar devido remédios de emagrecimento?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Provavelmente não, mas essa interferência depende da composição do medicamento que foi tomado para emagrecer, caso esse medicamento seja um fórmula composta por diuréticos a diluição da urina pode levar a um resultado falso-negativo.

Uma outra causa que pode levar a um resultado de teste falsamente negativo é a realização desse teste muito precoce, com poucos dias de atraso menstrual, nesse tipo de situação é possível que a quantidade de hormônio esteja ainda muito baixa para ser detectada no exame. O ideal para sanar a dúvida é repetir o teste de gravidez após duas semanas de atraso menstrual.

São poucos os medicamentos capazes de interferir no resultado do Beta-HCG, e quando interferem geralmente causam um resultado falso-positivo e não o falso-negativo. Isso ocorre com alguns medicamentos que podem aumentar os níveis de beta-HCG no organismo, como fármacos usados em tratamento de fertilidade.

Medicamentos como analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos não interferem no resultado do teste de gravidez, da mesma forma nenhum anticoncepcional altera o resultado do beta-HCG. 

É válido lembrar também que o teste de farmácia que é realizado através de uma amostra de urina pode ter o seu resultado alterado por conta de alterações urinárias como presença de sangue na urina, aumento da concentração de proteínas e diluição. 

Leia mais sobre o assunto em:

Que medicamentos ou situações podem interferir no resultado do teste de gravidez?

Óleo de Cártamo corta efeito da pílula anticoncepcional?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não. O óleo de cártamo não interfere na ação dos anticoncepcionais.

O óleo de cártamo vem sendo estudado mais recentemente como substrato para auxiliar no emagrecimento e como suplemento na alimentação, porém sem benefícios cientificamente comprovados.

Os anticoncepcionais quando utilizados de forma adequada, sem esquecimento e sempre que possível no mesmo horário conferem uma proteção contra gravidez acima de 95%, e poucos medicamentos interferem nessa ação.

Veja nesse link quais são as medicações que cortam o efeito dos anticoncepcionais:

Interação dos Anticoncepcionais com outros Remédios

Outras situações como vômitos e diarreia também podem reduzir o efeito dos anticoncepcionais caso tenha sido feito uso menos de 2h antes. Saiba mais sobre esse assunto em:

Em caso de dúvidas sobre anticoncepcional e gestação, agenda uma consulta com médico/a da família, clínico geral ou ginecologista.

Quais consequências ingestão diária diuréticos e laxantes?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Diuréticos em excesso podem levar a uma série de desordens, principalmente renais. Laxantes diariamente vão levar você a ter problemas crônicos nos seus intestinos. Precisa para imediatamente com essas práticas, se continuar um dia terá pagar o preço de suas decisões atuais, esse preço as vezes é bastante alto.