Perguntar
Fechar

Pedra na Vesícula

Qual o tempo de recuperação da cirurgia para retirar pedra da vesícula?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

O tempo de recuperação da cirurgia para retirar pedra da vesícula é de cerca de uma semana. O procedimento, feito geralmente por laparoscopia, leva aproximadamente uma hora e requer 1 dia de internamento se não houver complicações.

Em poucos dias, a pessoa já pode voltar às suas atividades normais, podendo até receber alta no mesmo dia, em alguns casos. A dor no pós-operatório é pouca, devido ao tamanho reduzido dos cortes (cerca de 1 cm) e ao tipo de procedimento utilizado, além de poder ser controlada com analgésicos.

O/a médico/a cirurgiã/o pode recomendar uma dieta leve nos primeiros dias de pós-operatório e sem alimentos gordurosos nas primeiras duas semanas após a cirurgia. Depois desse período, a pessoa pode ter uma alimentação normal, sem restrições.

A cirurgia para retirar pedra da vesícula geralmente remove toda a vesícula biliar (colecistectomia) para evitar complicações e novos episódios de cálculo biliar.

Como é feita a cirurgia para retirar a vesícula?Cirurgia aberta

A cirurgia aberta para retirar a vesícula é realizada sob anestesia geral. É feita uma incisão de 12 cm a 17 cm na parte superior direita do abdômen, logo abaixo das costelas. A área é aberta para que o cirurgião possa observar a vesícula biliar e separá-la dos outros órgãos.

A seguir, o ducto biliar e os vasos sanguíneos que irrigam a vesícula são cortados. A vesícula biliar sobe suavemente e é removida do corpo.

Durante a cirurgia, pode ser realizado um exame semelhante ao raio-x, chamado colangiografia. Para fazer o exame, é injetado corante no ducto biliar e é feita uma radiografia. O corante ajuda a encontrar pedras que podem estar fora da vesícula biliar. Se outras pedras forem encontradas, elas poderão ser removidas com um instrumento especial.

Essa forma de cirurgia de retirada da vesícula biliar dura cerca de uma hora.

Cirurgia por laparoscopia

A forma mais comum de retirar a vesícula é através de um instrumento chamado laparoscópio (colecistectomia laparoscópica). A cirurgia é feita por meio de pequenos cortes no abdômen, através dos quais são introduzidas pinças cirúrgicas para tirar a vesícula. A cirurgia é acompanhada através de uma microcâmera, que também é introduzida na cavidade abdominal e permite visualizar o procedimento.

Quando a cirurgia para retirar a vesícula é indicada?

A remoção cirúrgica da vesícula biliar é indicada em casos de cálculos biliares e mau funcionamento da vesícula. Os sintomas nesses casos podem incluir má digestão (inchaço, acidez, gases), náuseas, vômitos, dor depois de comer (geralmente na parte superior direita ou média do abdômen).

A cirurgia aberta da vesícula biliar é indicada quando a cirurgia por laparoscopia não pode ser realizada com segurança ou não pode ser concluída com sucesso. Outras razões para retirar a vesícula através de cirurgia aberta:

  • Sangramento inesperado durante a laparoscopia;
  • Obesidade;
  • Pancreatite (inflamação do pâncreas);
  • Gravidez (3º trimestre);
  • Problemas graves no fígado;
  • Cirurgias anteriores na mesma área do abdômen.
Quais os riscos da cirurgia para retirar a vesícula?

Os riscos gerais da anestesia e da cirurgia incluem reações medicamentosas, problemas respiratórios, sangramento, formação de coágulos sanguíneos e infecção. No caso da cirurgia da vesícula biliar, podem ocorrer ainda:

  • Danos aos vasos sanguíneos que irrigam o fígado;
  • Lesão no ducto biliar comum;
  • Lesão no intestino delgado ou intestino grosso;
  • Pancreatite (inflamação do pâncreas).

O/a médico/a cirurgiã/o é o/a especialista responsável pela realização da cirurgia para retirar a vesícula biliar.

Quais são os sintomas de pedra na vesícula?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Os sintomas da presença de pedra na vesícula ou de cálculos biliares surgem, geralmente, quando essa pedra desloca-se em direção ao canal que leva a bile para o intestino (duto biliar), dificultando a sua passagem ou obstruindo-a. Quando isso ocorre, é provocada uma cólica biliar, normalmente cerca de meia hora após a refeição, com dor intensa na região direita superior do abdômen, que se espalha para o tórax e/ou região das costelas e superior das costas. Em alguns casos, também podem ocorrer náuseas, vômitos, febre e icterícia (pele e mucosas amareladas).

Somente o fato de se ter pedras na vesícula biliar não leva à alterações das suas funções e por isso é comum não haver qualquer sintoma. Eles só surgem quando há o deslocamento da pedra para o duto biliar, comprometendo a passagem da bile. O tratamento para eliminar os cálculos da vesícula pode ser feito através de medicamentos, cirurgia por via laparoscópica ou litotripsia (método de destruição dos cálculos por meio de ondas de choque extracorpóreas).

O  clínico geral ou o gastrocirurgião são os médicos indicados para diagnosticar e tratar os problemas relacionados aos cálculos biliares. 

Qual o tratamento para pedra na vesícula?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

O tratamento definitivo para a presença de pedra na vesícula (colelitíase) é cirúrgico. Geralmente é realizado para as pessoas que apresentam sintomas ou em presença de pedras menores que 0,5 cm e maiores  que 2 cm. Preferencialmente, a cirurgia é feita através da laparoscopia, sendo a vesícula retirada com o auxílio de um aparelho dotado de pinças especiais e câmera (videolaparoscópio), que é introduzido no abdômen por meio de pequenos cortes. Esse método permite uma recuperação e alta hospitalar mais rápida e com menos dor.

Quando os sintomas são leves ou não há a possibilidade de realizar a cirurgia devido à outros problemas, como más condições clínicas do paciente, pode-se fazer o tratamento com o uso de anti-inflamatórios, medicamentos para dor (analgésicos e antiespasmódicos) e medicamentos que de acordo com  a composição do cálculo, podem diluí-lo. Dependendo da localização da pedra pode-se, também, fazer a remoção do cálculo por via laparoscópica ou endoscópica. A litotripsia é um método de destruição dos cálculos por meio de ondas de choque extracorpóreas utilizado em alguns casos de pedra na vesícula.

O gastrocirurgião é o especialista indicado para diagnosticar e definir o melhor tratamento para o problema de pedras na vesícula, de acordo com as condições físicas do paciente, a localização das pedras e a gravidade do caso.

Leia também: O que não pode comer quem tem problemas na vesícula?

Qual é o medicamento para pedra na vesícula?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Os medicamentos indicados para o tratamento de pedra na vesícula (colelitíase) tem o objetivo de aliviar as dores durante uma crise. Entretanto, para um tratamento definitivo, sempre que possível, é necessário procedimento cirúrgico, com a retirada da vesícula.

Leia também: Qual o tratamento para pedra na vesícula?

Os medicamentos indicados na crise de dor da colelitíase são:

  • Analgésicos
  • Anti-inflamatórios
  • Antiespasmódicos
  • Antibióticos (no caso de sinais de infecção)
O que é colelitíase?

A colelitíase significa presença de cálculos sólidos dentro da vesícula biliar, conhecidos popularmente por "pedras" na vesícula. São classificados em cálculos de colesterol, cálcio ou mistos. Trata-se de uma doença comum na população, chegando a 30%, embora a maioria das pessoas não apresentem qualquer sintoma.

Contudo, quando esses cálculos migram da vesícula para os ductos, causando obstrução, originam uma reação inflamatória intensa com crise de dor e risco de complicações, como ruptura da vesícula, infecção e sepse. Da mesma forma, podem causar quadro de pancreatite aguda, uma doença potencialmente fatal.

Portanto, é muito importante que após o diagnóstico de pedras na vesícula, mesmo sem queixas, procure o quanto antes um médico gastroenterologista ou cirurgião geral, para uma avaliação e conduta. Principalmente para pacientes diabéticos, os quais apresentam um alto risco de complicações.

Saiba mais em: Quais são os sintomas de pedra na vesícula?

Vale ressaltar também, a importância de uma alimentação adequada, evitando crises de dor e possíveis complicações, até o tratamento definitivo.

Saiba mais sobre o assunto no link: O que não pode comer quem tem problemas na vesícula?

Fiz um ultrassom e tenho pedra na vesícula e também...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Duplicidade significa dois (duplicado), renal é referente aos rins, bilateral é dos dois lados (direito e esquerdo) e pélvica é a sua pelve uma região do corpo, é seu abdômen inferior.

"Rowachol" é eficaz para eliminar pedra na vesícula?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Não. A medicação ROWACHOL não tem registro na ANVISA, órgão regulador das medicações no Brasil e, portanto, sua comercialização no país é PROIBIDA.

O seu uso de forma irregular pode trazer prejuízos a sua saúde.

Quanto a sua eficácia, os estudos publicados e apresentados datam de muitos anos atrás, a maioria antes do ano 2000, e nenhum deles foram cientificamente comprovados como benéficos ou sem riscos.

Provavelmente por isso não houve interesse em mais pesquisas nesse tema, e os órgãos não puderam aprovar o seu uso.

Alguns estudos avaliaram sua resposta na eliminação dos cálculos de vesícula, outro avaliou ação analgésica após cirurgia de ressecção de vesícula, porém os resultados não foram impactantes.

Sendo assim, não recomendamos o uso da medicação e alertamos que existem formas comprovadas e seguras de tratar e acompanhar os cálculos de vesícula biliar.

Para maiores informações converse com seu médico de família ou gastroenterologista.

Saiba mais sobre o assunto: Qual o tratamento para pedra na vesícula?

Recebi um resultado de ultrassom... o que significa?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Provavelmente deve se tratar de uma pedra na vesícula.

No ultrassom saiu que tenho múltiplas pedras na vesícula...
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Vá a um médico, qualquer um, procure um serviço de pronto atendimento.

ROWACHOL tem eficácia no tratamento de cálculo biliar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não tenho experiência com esse medicamento. Na verdade nunca ouvi falar sobre esse medicamento.