Pergunte ao Médico
Pergunte ao Médico
Como Funciona

Bebidas Alcoólicas

Usei a pílula do dia seguinte e tomei bebida alcoólica?

Essa situação não altera a eficácia da pílula do dia seguinte, a eficácia depende basicamente do tempo que se leva (em horas) para que seja iniciado a pílula do dia seguinte após a relação e varia entre 0 a 80% de eficácia.

Exame de sangue Gama-GT alterado o que pode ser?

O Gama-GT está geralmente aumentado nas doenças do fígado como as hepatites, principalmente, aquelas oriundas da ingestão de bebidas alcoólicas.

Bebida de álcool tira o efeito da pílula anticoncepcional?

Caso esteja querendo saber sobre a ingestão de bebida alcoólica e anticoncepcional, desde que não seja nada exagerado, não costuma alterar o efeito do anticoncepcional.

Posso tomar cerveja tomando remédios para pressão alta?

Se for uma pequena quantidade (1 lata de cerveja por exemplo), não tem problema nenhum em tomar esses medicamentos para hipertensão e no mesmo dia tomar bebida alcoólica, desde que não haja nenhuma restrição por parte do seu médico.

Estou tomando antibiótico posso consumir bebida alcoólica?

O ideal é que não ingerir nenhum tipo de bebida alcoólica, se for algo "social" um drink ou uma taça de vinho ou 1 lata de cerveja, não faria muito mal, mais do que isso nem pensar.

A bebida alcoólica corta o efeito dos antibióticos?

Sim, bebidas alcoólicas podem reduzir a efetividade de alguns antibióticos e provocar diversos efeitos colaterais. Quando chegam as duas demandas no fígado, principal órgão responsável pela metabolização de drogas do organismo, o órgão não sabe qual metabolizar primeiro, consequentemente acaba não exercendo seu papel por completo e uma das metabolizações é prejudicada. Como o álcool é geralmente consumido em maior quantidade, o fígado, ao invés de metabolizar o medicamento, tenta metabolizar o álcool primeiro, o que acaba reduzindo a eficiência da medicação. O fígado também não é capaz de absorver o álcool por completo e parte dele fica na corrente sanguínea por mais tempo, potencializando o estado de embriaguez. Alguns antibióticos que causam tais efeitos são: cetoconazol, itraconazol, fluconazol, nitrofurantoína, eritromicina, rifampicina e isoniazida - perigo de inibição do efeito e potencialização de toxicidade hepática.

Alguns antibióticos, por sua vez, podem gerar efeitos colaterais extremamente desagradáveis quando associados ao álcool. São:

  • Metronidazol (Flagyl®)
  • Trimetoprim-sulfametoxazol (Bactrim®)
  • Tinidazole (Tindamax®)
  • Griseofulvin (Grisactin®)

O álcool pode ser o vilão mais conhecido, mas não é o único. Certas drogas não devem ser ingeridas com alimentos, por diminuição na absorção e, consequentemente, no efeito. Também é comum a interação com outros medicamentos utilizados pelo paciente. Assim sendo, é importante que você pergunte ao médico se há interação com outros medicamentos e como deve ser utilizado o antibiótico. Outra opção é ler na bula do medicamento as orientações para o seu uso adequado.

Não há relatos de interação relacionados com outros antibióticos. Porém, deve-se lembrar que o álcool inibe o sistema imune e dificulta o combate contra agentes infecciosos, pelo que não é muito sensato beber quando se tem uma infecção.

Vou tomar Domperidona, posso tomar um chope?

Se vai tomar um remédio para o estômago, o ideal é não ingerir bebidas alcoólicas, porém a decisão é sua. Talvez pode até não fazer mal (1 Choop), porém deveria evitar.

Tomo losartana posso tomar cerveja ou outra bebida?

Cerveja uma lata no máximo, muito eventualmente (1 vez por semana) ou um cálice de vinho tinto seco 1 vez ao dia não teriam riscos, outras bebidas mais fortes nem pensar.

Tomo hidroclorotiazida tem problema tomar bebida alcoólica?

O ideal é não ingerir bebidas alcoólicas, porém a escolha é sua. Uma pequena quantidade usada eventualmente não vai lhe causar nenhum mal, mesmo tomando este remédio.

Como cuidar de pessoas que beberam demais e passam mal?

Oferecer líquidos ricos em carboidratos (açúcar) é a melhor opção, desde que eles fiquem no estômago, se estiver vomitando muito fica complicado tentar algo em casa. Aqueça a pessoa de modo confortável (sem exagero) e fique próximo.

Depois de consumir bebida alcoólica, quanto tempo demora a baixar o Gama-GT?

Depois de consumir bebida alcoólica, o Gama-GT normalmente demora entre 15 e 20 dias para baixar aos níveis normais, podendo elevar-se novamente em pouco tempo se a pessoa voltar a ingerir álcool.

Recomenda-se ficar, pelo menos, 72 horas sem consumir bebidas alcoólicas antes de fazer o exame de Gama-GT.

O Gama-GT é uma enzima que está presente em vários tecidos e órgãos do corpo, entre eles rins, cérebro, pâncreas e, principalmente, fígado (praticamente todo Gama-GT do corpo está presente nas células hepáticas). 

Devido à localização característica do Gama-GT nas células do fígado, a enzima aparece com níveis elevados em quase todas as desordens ligadas ao fígado e à bile, sendo por isso um dos exames mais sensíveis para diagnosticar tais condições, além de agressões hepáticas causadas por medicamentos e álcool.

Indivíduos que fazem uso crônico de bebida alcoólica apresentam um aumento de gama-GT, embora apenas 30 a 50% dos alcoólicos apresentam esta enzima elevada. 

No alcoolismo crônico, os níveis de Gama-GT baixam com a retirada do álcool e elevam-se com o consumo do mesmo. Baseando-se nisso, a dosagem de Gama-GT é usada pelos centros de tratamentos de alcoólatras para verificar o sucesso da terapia e identificar os indivíduos que retornaram ao alcoolismo depois da alta.

Benzetacil ou Amoxicilina pode-se ingerir bebida alcoólica?

Se for uma quantidade pequena de bebida alcoólica (socialmente), não há problemas graves, mas o ideal é nada de álcool.