Perguntar
Fechar

Arrotos constantes, o que pode ser e o que fazer?

Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Arrotos constantes são um sinal de que o corpo está acumulando gases em excesso no estômago. A eructação frequente pode ser sinal de doenças e problemas digestivos, como refluxo gastroesofágico, gastrite, má digestão (dispepsia), síndrome de Magenblase, entre outros.

Porém, é importante lembrar que os arrotos podem ter diversas causas, sendo a principal delas a aerofagia, ou seja, engolir ar. As pessoas também engolem ar durante a refeição, por isso os arrotos depois de comer são frequentes e considerados normais.

A aerofagia também pode ocorrer ao mascar chicletes, fumar, chupar balas e engolir saliva constantemente. Ansiedade, estresse, comer depressa e falar quando se está comendo também fazem a pessoa engolir mais ar, causando arrotos constantes.

Os arrotos também pode ser causados pelo aumento da produção de gases no estômago. Isso pode ocorrer com o uso de bicarbonato de sódio para aliviar a acidez estomacal ou a ingestão de bebidas com gás e determinados alimentos.

Dentre os alimentos que aumentam a produção de gases estomacais estão o brócolis, couve-flor, couve, repolho, feijão, carne de porco, cebola, pimentão verde, entre outros.

Em caso de arrotos constantes, verifique os seus hábitos e procure mudar aqueles que podem estar fazendo você engolir ar. Se os sintomas persistirem, consulte o/a médico/a de família ou clínico/a geral.

Saiba mais em: Excesso de gases: o que pode ser e como tratar?