Perguntar
Fechar

Hormônio da paratireoide (PTH) baixo: quais os sintomas e tratamento?

Os sintomas do hipoparatireoidismo, quando presentes, estão relacionados com os baixos níveis de cálcio na circulação. O hormônio da paratireoide, conhecido como paratormônio ou PTH, regula a quantidade de cálcio no sangue. Logo, a falta desse hormônio faz cair a concentração do mineral, prejudicando diversas funções importantes do organismo.

Assim, uma pessoa com hipoparatireoidismo poderá apresentar formigamentos, espasmos musculares, cãibras, cansaço, ansiedade, irritabilidade, quadros depressivos, doenças oculares, ressecamento e espessamento de cabelos e pele, queda de cabelo, unhas fracas e quebradiças.

O hipoparatireoidismo caracteriza-se pela baixa produção de hormônios pela glândula paratireoide. Trata-se de uma condição rara, diferente do hiperparatireoidismo (paratormônio alto), que é mais comum.

As principais causas do hipoparatireoidismo são as lesões causadas na glândula durante as cirurgias que envolvem o pescoço, a tireoide ou paratireoide. O tratamento cirúrgico para câncer na cabeça também pode afetar o funcionamento da glândula e diminuir os níveis de paratormônio (PTH).

Uma vez que o hormônio da paratireoide PTH regula a quantidade de cálcio no sangue, a sua falta requer medidas para aumentar a absorção desse mineral. Por isso, o tratamento para hipoparatireoidismo é feito com suplementos de cálcio e vitamina D.

O hipoparatireoidismo pode ser temporário ou permanente. Se a paratireoide não voltar a produzir paratormônio, a suplementação deve ser mantida por toda a vida.

O médico endocrinologista é o especialista responsável pelo diagnóstico e tratamento das alterações na paratireoide.

Saiba mais em:

Hormônio da paratireoide (PTH) alto: quais os sintomas e como tratar?

Quais são os sintomas de tireoide alterada?