Perguntar
Fechar

Quais os efeitos da ocitocina, hormônio do amor, no homem?

Dra. Juliana Guimarães
Dra. Juliana Guimarães
Enfermeira doutorada em Saúde Pública

Produzida pelo cérebro, em uma glândula chamada hipófise, a ocitocina é um hormônio que melhora as relações sociais, cria e fortalece os vínculos afetivos, melhora o humor e reduz os níveis de estresse. No homem, este hormônio é capaz de reduzir a agressividade tornando-o mais generoso e amável.

Efeitos da ocitocina no organismo masculino

Igualmente à mulher, o homem produz naturalmente a ocitocina. Entretanto, na medida em aumenta a produção de testosterona, a ocitocina é gradualmente bloqueada o que interfere em suas funções no organismo masculino. No homem a ocitocina estimula também a produção do hormônio de crescimento e da testosterona, além de:

  • Reduzir a agressividade e produzir um comportamento social mais adequado;
  • Provocar o relaxamento muscular;
  • Ampliar a produção de hormônios do crescimento e de outros hormônios anabolizantes naturais;
  • Tornar os genitais ainda mais sensíveis;
  • Promover a lubrificação no contato íntimo;
  • Aumentar a frequência das ereções e a qualidade das ejaculações.

Como aumentar a produção natural de ocitocina?

É possível aumentar a produção de ocitocina pelo organismo por meio de ações simples:

  • Praticar atividade física;
  • Estar com as pessoas que você gosta;
  • Estabelecer contato físico por meio de carinho, abraços massagem;
  • Efetuar o contato íntimo com seu parceiro ou parceira;
  • Praticar a generosidade e as boas ações.

Quanto mais relaxado/a e livre de tensões você estiver, mais ocitocina o seu corpo produzirá sem precisar de remédios. O uso de ocitocina sintética somente deverá ser realizado mediante orientação médica.

Leia também

Para que serve a ocitocina, o hormônio do amor?