Queimadura de limão: o que fazer e como tratar?

Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Em caso de queimadura de limão, faça compressas com soro fisiológico e chá de camomila para aliviar o incômodo, aplique protetor solar a seguir para proteger a pele e procure um médico dermatologista para avaliar a lesão. Se a queimadura formar bolhas, o que pode acontecer nos casos mais graves, nunca as estoure.

O tratamento da queimadura de limão pode ser feito através de pomadas com corticoides, cremes hidratantes e filtros solares. Também podem ser indicados produtos clareadores para eliminar mais rápido a mancha escura da pele.

A fitofotodermatose, termo médico para a queimadura provocada por limão e outras frutas cítricas, ocorre porque o suco do limão provoca uma reação alérgica na pele ao entrar em contato com os raios ultravioletas do sol.

A reação alérgica provoca um processo inflamatório e surgem então manchas avermelhadas na pele que podem causar coceira ou ardência. Nos casos mais graves, pode haver inclusive formação de bolhas.

É importante lembrar que o protetor solar não evita a queimadura de limão. Para prevenir, lave abundantemente as mãos com água e sabão após manipular a fruta. Lave também o rosto, principalmente ao redor da boca, após beber sucos ou caipirinhas de limão.

Consulte um médico dermatologista se notar qualquer sinal de vermelhidão na pele após manipular limão ou outras frutas como caju e laranja. As queimaduras devem receber um tratamento adequado o quanto antes para evitar o agravamento do quadro.

Também podem lhe interessar:

Como tirar mancha de limão da pele?

Manchas escuras na pele: o que pode ser?

Como tratar queimadura de água-viva?