Bebê com remela e lacrimejando, o que fazer?

Se o bebê tem os olhinhos com remela e lacrimejando deve-se limpá-los suavemente com um pano macio e água filtrada morna. Quando a secreção for amarelada poderá ser uma conjuntivite, que é uma inflamação na parte branca dos olhos, contagiosa, que pode ser causada por vírus ou bactéria, e que deverá ser tratada por medicamentos receitados pelo médico.

Alguns bebês ao nascer não tem o seu canal lacrimal totalmente aberto, o que provoca lacrimejamentos e acúmulo de remela (secreção). Essa situação geralmente se resolve sozinha durante o primeiro ano de vida. Nesse período deverá ser feita a limpeza dos olhos sempre que preciso e o médico poderá orientar a realização de massagens nos olhos para tentar desentupir o canal lacrimal.

Caso o lacrimejamento e acúmulo de secreção seja muito frequente ou não melhore até que o bebê complete um ano de idade é provável que seja necessária uma pequena cirurgia para abrir o canal lacrimal. O pediatra é o médico que deve ser consultado nos casos de problemas com os olhos do bebê. Ele dará as orientações necessárias para o tratamento e encaminhamento ao oftalmologista, se for necessário.