Caroço no céu da boca: o que pode ser?

Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Caroço no céu da boca pode ser sinal de câncer bucal ou doenças benignas, como fibroma, hiperplasia fibrosa, além de outras lesões, como o papiloma (HPV), por exemplo.

Além do céu da boca, os tumores que acometem a boca e a garganta podem se desenvolver nos lábios, língua, gengiva, amígdala e glândulas salivares.

Os sinais e sintomas do câncer de boca incluem feridas na boca ou no lábio que não cicatrizam, caroços, inchaços, áreas de dormência, sangramentos sem causa conhecida, dor na garganta que não melhora, manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na parte interna da boca ou do lábio, mau hálito, dificuldade para falar e engolir, caroço no pescoço e perda de peso (fase mais avançada).

Dentre os fatores de risco para o desenvolvimento do câncer bucal estão principalmente o tabagismo e o consumo de álcool. Além disso excesso de exposição solar sem proteção adequada está associado a uma maior risco de câncer nos lábios. Já o HPV também aumenta o risco de câncer na orofaringe.

Desde que seja diagnosticado e tratado no início, o câncer bucal tem uma taxa de cura que varia entre 85% e 100%.

caroço no céu da boca
Caroços no céu da boca causados por infecção viral

Outras causas de caroço no céu da boca

Fibroma

O fibroma é um nódulo revestido por uma cápsula de tecido fibroso, que surge devido à multiplicação das células de determinado órgão ou tecido.

Contudo, os fibromas são tumores benignos, o que significa que não invadem tecidos e órgãos vizinhos, nem existe o risco do tumor aparecer em outras partes do corpo (metástase), como ocorre com os tumores malignos.

Leia também: Qual a diferença entre maligno e benigno?

Na maioria dos casos, a remoção cirúrgica garante a retirada total do tumor, a pessoa fica curada e o fibroma não volta a aparecer, o que nem sempre acontece nos casos de câncer.

Hiperplasia fibrosa

A hiperplasia fibrosa inflamatória é uma lesão benigna que caracteriza-se pela presença de um caroço de coloração rosa ou vermelha, que pode surgir no fundo do céu da boca e no sulco entre a gengiva e os lábios. Sua principal causa são as próteses mal ajustadas.

O caroço pode evoluir para uma ferida bastante dolorosa, que pode regredir se for pequena e a prótese receber os ajustes necessários. Contudo, as lesões grandes precisam ser removidas cirurgicamente, mesmo depois da prótese ser reajustada. Em casos raros, a hiperplasia fibrosa pode evoluir para câncer.

Veja também: Quais são os sintomas de câncer de boca?

O tratamento da hiperplasia fibrosa inflamatória é feito através de cirurgia, muitas vezes com laser. O prognóstico é bom, mas dependendo do tamanho do nódulo, pode haver uma grande retração dos tecidos da boca após a operação.

Papiloma

A infecção pelo vírus do HPV pode provocar diversas doenças, entre elas o papiloma, uma lesão nodular em aspecto de couve-flor. Portanto, o caroço no céu da boca também pode ser um sinal de que a pessoa está infectada pelo HPV. O papiloma também pode se manifestar na boca, bochecha, língua e nos lábios.

Também pode lhe interessar: Quais são os sintomas do HPV?

A transmissão do vírus HPV ocorre pelo contato principalmente sexual com uma pessoa infectada. O HPV também pode ser transmitido da mãe para o bebê no momento do parto.

O tratamento consiste na retirada ou destruição das lesões. Não existe um medicamento capaz de eliminar completamente o HPV do organismo, por isso a pessoa pode continuar infectada e as lesões podem voltar a aparecer.

Toda alteração observada na boca deve ser examinada por um dentista, ou médico de família, ou clínico geral, em alguns casos pode ser necessário o encaminhamento para o profissional especialista em lesões na boca, o estomatologista.

Saiba mais em: Tenho feridas na boca, o que pode ser?