Perguntar
Fechar

Tabagismo

Fumar narguilé faz mal?

Sim, fumar narguilé faz mal à saúde. A ideia de que o narguilé não faz mal porque inala-se vapor ao invés de fumaça não é verdadeira. Durante uma sessão de uma hora de narguilé, a quantidade de fumaça inalada equivale a fumar entre 100 e 200 cigarros.

Isso porque, ao fumar narguilé, a pessoa fica exposta por muito mais tempo à fumaça do tabaco, já que o tempo de duração de um cigarro é de apenas alguns minutos. 

Portanto, assim como o cigarro, o narguilé traz diversos malefícios para a saúde, pois reduz a capacidade respiratória, aumenta o risco de câncer de pulmão, insuficiência respiratória aguda (nos casos mais graves), transmissão de doenças infectocontagiosas, como a tuberculose, uma vez que a mesma piteira é usada por todos, doenças cardiovasculares (infarto, acidente vascular cerebral), câncer de boca e bexiga, além de poder criar dependência.

Também pode lhe interessar: 

Narguilé é mais prejudicial que cigarro?

É importante lembrar que o narguilé possui muitas das substâncias tóxicas do cigarro, como monóxido de carbono, hidrocarbonetos, nicotina, formaldeído, entre outros, o que pode causar bronquite e diminuir a capacidade respiratória após um ano de uso.

Além disso, o tabaco do narguilé possui uma concentração muito maior de nicotina, monóxido de carbono e alcatrão do que o cigarro.

Veja também: Quais são os efeitos da nicotina no organismo?Fumar pode causar ejaculação precoce?

Os malefícios do narguilé podem ser ainda maiores, já que ao fumar narguilé a pessoa inala as toxinas do tabaco e as do carvão, que estão associadas ao desenvolvimento de câncer de pulmão e outras doenças.

Fumar narguilé eletrônico faz mal?

Existem raras evidências científicas sobre os malefícios do narguilé eletrônico. Quando não há nicotina, pode haver uma menor possibilidade de causar dependência.

Também não existe a queima do tabaco, que é um dos principais fatores prejudiciais do fumo devido à alta temperatura da fumaça e das substâncias tóxicas que ela contém.

Leia também: Fumante passivo é pior do que ativo?

Contudo, é preciso saber ao certo quais as substâncias que estão sendo inaladas no narguilé eletrônico e não há ainda análises químicas e estudos sobre os seus efeitos no organismo. Há ainda o risco do próprio fumo em si, que pode causar danos para o corpo.

Porém, já se sabe que o narguilé eletrônico pode afetar a saúde da pessoa que o utiliza.

Para maiores esclarecimentos sobre o uso de narguilé convencional ou eletrônico, fale com o seu médico de família ou consulte um clínico geral ou pneumologista.

Também podem lhe interessar;

Como funciona o adesivo de nicotina para parar de fumar?

6 Dicas para Parar de Fumar

Fumar durante a gravidez faz mal para o bebê?

Fumar e tomar anticoncepcional faz mal?

Fumar corta o efeito de alguns remédios?

Fumante passivo é pior do que ativo?

Ser fumante passivo pode ser ainda pior do que fumante ativo, dependendo da frequência com que o fumante passivo se expõe à fumaça do cigarro e da concentração da mesma no ambiente.

Os prejuízos do fumo passivo estão muito próximos aos do fumo ativo, porém, em menor grau, uma vez que a exposição é geralmente menor. Para não ser prejudicado, um não-fumante deveria ficar a pelo menos 15 metros de um fumante, num ambiente aberto. 

Sabe-se que a fumaça que sai da ponta do cigarro contém as mesmas substâncias tóxicas inaladas pelo fumante ativo, só que numa concentração muito maior, uma vez que não é filtrada. Além disso, o fumante passivo também inala a fumaça expelida por quem está fumando.

Sabe-se que pelo menos 43 substâncias presentes na fumaça do cigarro são cancerígenas e que o fumo passivo é a terceira maior causa de morte evitável, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ficando atrás apenas do tabagismo ativo e do consumo excessivo de álcool. 

Pessoas que trabalham em bares e restaurantes têm uma exposição maior e mais frequente ao fumo passivo, o que consequentemente aumenta os riscos de doenças provocadas pelo cigarro.

Os locais em que o fumante passivo está mais exposto aos riscos do fumo são os ambientes fechados, como bares, restaurantes, ambientes de trabalho e a própria casa.

Também pode lhe interessar: 

Quais são os efeitos da nicotina no organismo?

Como funciona o adesivo de nicotina para parar de fumar?

Fumar narguilé faz mal?

Quais os riscos para fumante passivo?

Os riscos para o fumante passivo são:

  • Agravamento dos sintomas de doenças e problemas respiratórios, como asma, rinite e sinusite;
  • Maiores chances de desenvolver doenças cardiovasculares, podendo ser até duas vezes maior em fumantes passivos do que em não-fumantes que não se expõem à fumaça do cigarro;
  • Aumento dos riscos de acidente vascular cerebral (AVC) devido a uma chance maior de formação de coágulos na corrente sanguínea, provocados pelos componentes do cigarro;
  • Maiores riscos de desenvolver câncer de pulmão.

Os fumantes passivos com maiores riscos de serem prejudicados são indivíduos com problemas respiratórios, cardiovasculares, de hipercoagulabilidade do sangue ou com histórico dessas doenças na família. 

No caso das crianças, o risco de infecções como rinite, otite e sinusite é dobrado quando a mãe é fumante, chegando a ser 75% maior quando o pai também fuma. 

Durante a gravidez, o fumo passivo irá afetar o desenvolvimento neurocomportamental do feto, como resultado da exposição à nicotina, uma substância presente no cigarro e que está 3 vezes mais concentrada na fumaça que sai da ponta do cigarro, uma vez que esta não é filtrada.

A nicotina reduz a oxigenação dos tecidos, podendo levar a uma pré-disposição para a criança desenvolver problemas neurológicos, como déficit de atenção, comportamento agressivo e complicações neuromotoras.

Além disso, uma grávida que é fumante passiva pode ter outras complicações, como baixo peso do recém-nascido, partos prematuros, comprometimento da troca de nutrientes e oxigênio entre mãe e feto, além de interrupção da gravidez.

Também pode lhe interessar: 

Quais são os efeitos da nicotina no organismo?

Como funciona o adesivo de nicotina para parar de fumar?

Deixei de fumar e agora meus intestinos não funcionam...

Primeiro deve realmente parar de fumar e segundo deve procurar ajuda ou de um médico para te receitar medicamentos ou um psicólogo para fazer psicoterapia e tentar "organizar" essas suas ansiedades. dieta rica em fibras e exercícios físicos regulares vão fazer seu intestino funcionar bem depois que resolver o restante.

Parei de fumar, ainda tenho riscos de doenças pulmonares?

Seu pulmão vai limpar em parte, mas nunca será igual ao pulmão de um não fumante e sempre ficará com um risco maior para doenças pulmonares (incluindo o câncer), claro que como você parou de fumar esse risco será bem menor do que o risco de alguém que continua fumando.