Perguntar
Fechar

Infertilidade Masculina

Como saber se meu namorado pode ter filhos?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Para saber sobre a fertilidade de um homem, precisa basicamente passar por uma consulta com médico urologista e realizar exames complementares.

A consulta médica possibilita coletar a história clínica do homem, identificando possíveis fatores de risco e condições que possam dificultar uma gravidez, além de solicitar os exames de rotina para avaliação de fertilidade masculina.

O espermograma continua sendo o principal exame para essa avaliação, entretanto outros exames têm sido utilizados com o objetivo de maior eficácia nessa investigação. São eles: o estudo de doppler dos testículos e exames hormonais.

Portanto, o médico urologista é o responsável por avaliar caso a caso e solicitar os exames complementares necessários.

Como saber se o homem pode ter filhos?

A fertilidade masculina deve ser avaliada, como descrito acima, pelos seguintes exames:

  • Exame clínico - coleta da história clínica e hábitos de vida do homem;
  • Exame físico - aonde avalia possíveis malformações, sinais de infecção ou inflamação local;
  • Doppler de testículos - exame de imagem, indolor, capaz de avaliar a vascularização local;
  • Exames de sangue hormonais - as taxas de hormônios, como testosterona, FSH, LH e prolactina, participam do estímulo à produção dos gametas masculinos, por isso, alterações hormonais são causas comuns de infertilidade masculina e o
  • Espermograma - exame que avalia as características dos gametas masculinos (os espermatozoides).

Leia também: Entendendo os Resultados do Espermograma

Fatores de risco para infertilidade masculina

Os fatores de risco e hábitos de vida que podem prejudicar a fertilidade do homem, são principalmente:

  • Tabagismo;
  • Alcoolismo;
  • Uso de drogas (maconha, cocaína, heroína, crack e haxixe);
  • Doenças crônicas (diabetes, câncer);
  • Radioterapia e quimioterapia;
  • Exposição ocupacional (pesticidas, chumbo e manganês);
  • Trabalhadores expostos ao calor intenso;
  • Uso frequente de saunas e banheiras com água quente.
Quais são as causas de infertilidade masculina?

As causas mais comuns de infertilidade masculina são:

  • Varicocele;
  • História prévia de trauma testicular;
  • Doenças sexualmente transmissíveis;
  • Criptorquidia (posição anormal dos testículos);
  • Orquite (inflamação testicular) pós caxumba;
  • Doenças endócrinos;
  • Cirurgia prévia;
  • Tumores e
  • Malformações congênitas.

Para maiores informações sobre fertilidade masculina, pode conversar com seu médico da família ou o urologista.

Pode lhe interessar também: Qual o exame que detecta se a mulher é estéril?

Um testículo não está no lugar correto, posso gerar filhos?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Alterações anatômicas nem sempre significam alterações funcionais, precisa consultar um urologista para conseguir essa resposta, porque somente fazendo-se um espermograma é que você vai conseguir essa resposta.

Maca Peruana funciona? Quais seus benefícios?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

A Maca Peruana é usada por homens e mulheres devido ao efeito de melhora na disposição física, e acreditar causar um aumento da libido. Embora esse último, não seja um benefício reconhecido por toda comunidade médica.

O alimento é uma planta originária do Peru, muito semelhante ao rabanete, que pode ser consumido como farinha ou em cápsulas. Considerado um fitoesteroide (esteroide natural presente nas plantas), rico em ferro, cálcio, ômega 3, zinco, magnésio e algumas outras substâncias necessárias para o bom funcionamento do organismo.

E devido a sua composição, auxilia os casos de anemia por carência de ferro, reduz os riscos de doenças cardiovasculares, regula os níveis de colesterol e diminui o risco de diabetes.

10 Prováveis benefícios da maca peruana1. Reduz o risco de doenças cardiovasculares

Nutrólogos e pesquisadores dessa suplementação, garantem o efeito do seu uso, na redução do colesterol ruim, e estabilização das frações de colesterol, o que reduz o risco de doenças cardiovasculares, como o infarto agudo do miocárdio.

2. Promove a libido

Alguns estudos apontam para uma relação entre o uso da maca peruana e o aumento da libido. Isto ocorre porque o consumo da planta estimula o hormônio luteinizante que ajuda na produção de testosterona. Estes mesmos estudos observaram que seu uso regular, durante 8 semanas, já possibilita observar sinais de melhora na libido.

3. Auxilia no tratamento da disfunção erétil

Pesquisas indicaram também, uma resposta no tratamento conjunto para disfunção erétil, uma vez que provoca a dilatação dos vasos sanguíneos da região genital. Este efeito depende das causas da disfunção, equilíbrio emocional e/ou relacionadas aos estilos de vida.

4. Aumenta a fertilidade masculina

Da mesma forma, devido ao estímulo aumentado de testosterona, alguns estudos sugerem que o consumo diário de maca peruana provoca o aumento da contagem de espermatozoides no sêmen e melhora a sua motilidade, o que confere aumento da fertilidade.

5. Ajuda no equilíbrio hormonal

Adrenal, tireoide, pâncreas, ovários e testículos são glândulas que secretam hormônios distintos e importantes ao funcionamento do organismo. A maca peruana ajuda, indiretamente, a equilibrar o sistema hormonal uma vez que atua na estimulação desses hormônios.

6. Ameniza os efeitos da menopausa

Para as mulheres em período de menopausa, a maca peruana ajuda a melhorar sintomas como as ondas de calor, episódios de ansiedade e depressão, tensão e mal estar. Esta planta atua na estabilização hormonal e faz com que os sintomas da menopausa se tornem mais amenos.

7. Auxilia no tratamento da osteoporose

Alguns estudos mencionam que a maca peruana tem efeito semelhante ao estradiol para a melhora da osteoporose. Este hormônio (estradiol) ajuda a fixar o cálcio nos ossos, o que promove o seu crescimento e melhora a densidade óssea. Portanto, a maca desempenha estas funções, sem os efeitos negativos do consumo do estradiol produzido sinteticamente.

8. Estabiliza o humor

A maca peruana pode ajudar a reduzir o estresse, ansiedade, depressão ao provocar a estabilização do humor. A planta foi testada em alguns homens saudáveis sem diagnóstico de depressão e se observou que a suplementação com esta planta reduz os escores de depressão e ansiedade.

9. Reduz o risco de diabetes

Médicos da área da nutrologia, acreditam no efeito de redução do risco de diabetes, porque a maca peruana possui um alto teor de fibras, o que promove uma redução na absorção de glicose para o sangue. Sabendo que para adquirir esse benefício, é fundamental a associação a um estilo de vida saudável.

10. Provoca o ganho de massa muscular

Por estimular a produção de testosterona, alguns estudos apresentam indícios de que a maca peruana pode potencializar o ganho de massa e força muscular. Para se obter este ganho, é necessário que o seu consumo seja aliado à atividade física e alimentação saudável. Esta ação ainda está sendo estudada com mais profundidade para fins de comprovação científica.

Outros benefícios são sugeridos na literatura, como melhora da atenção, do humor entre outros, porém assim todos os relatados, é preciso que sejam replicados e avaliados pelos órgãos reguladores, para que seja reconhecido seus benefícios, perante a comunidade médica científica.

Tipos de maca peruana

Há vários tipos diferentes de maca peruana com funções distintas. Dentre eles são mais comuns:

Maca peruana amarela

É a mais comum e difundida no Brasil. Mais indicada para mulheres na menopausa e para a tensão pré-menstrual. Especialmente nas mulheres, parece ajudar a equilibrar o sistema hormonal. Além disso, melhora o humor em homens e mulheres.

Maca peruana negra

Tem efeitos potenciais no aumento da libido. Para os homens aumenta a contagem e motilidade dos espermatozoides e é conhecida como viagra natural. Tem importante função no combate ao estresse e fortalecimento do sistema imunológico.

Maca peruana vermelha

É a mais rica em polifenóis (substância antioxidantes). Desempenha maior função estimulante e termogênica, o que promove força e resistência. É excelente para auxiliar no tratamento da depressão. Há estudos promissores com maca peruana vermelha em relação ao combate de câncer de próstata e perda de densidade óssea.

Formas de Consumir

Os efeitos da maca peruana são observados algumas semanas após a início do seu consumo. A dose varia de acordo com a necessidade e pode ser consumida na forma de farinha ou manipulada para uso em cápsulas.

Quando consumida em pó, ou farinha, recomenda-se adicionar aos alimentos sem aquecer a maca peruana. Algumas sugestões de consumo:

  • Adicionar em sucos
  • Utilizar como molho para saladas de frutas, verduras e legumes
  • Polvilhar sobre os alimentos
  • Comer com pitaya
Efeitos colaterais e Contraindicações

Se a dose for adequadamente ajustada, não há efeitos colaterais e a única contraindicação é para pessoas alérgicas à maca peruana.

Entretanto, alguns casos merecem atenção:

  • Pessoas que têm alguma disfunção hormonal como problemas de tireoide, câncer de mama, útero, ovários e fibrose uterina não é indicado o consumo da maca peruana sem orientação médica.
  • Em mulheres grávidas e mulheres que estão amamentando, a segurança do consumo da maca ainda não é comprovada, deste modo o melhor é não consumir.
  • Não é interessante o uso em crianças, pois podem promover alterações hormonais.

Não utilize maca peruana sem a orientação de um médico ou nutricionista.